Exemplos de lanches que não deve levar para a praia

Sabia há lanches que não deve levar para a praia? Saiba quais, porquê e alternativas viáveis para que não deixe de comer o que gosta.

Exemplos de lanches que não deve levar para a praia
Saiba o que não deve levar para a praia e algumas alternativas possíveis.

Exemplos de lanches que não deve levar para a praia: saiba porquê e algumas alternativas viáveis para que possa alimentar-se de forma saudável, com base na segurança alimentar, sem se privar demasiado do que gosta.

Na praia e com elevadas temperaturas, deve manter-se hidratado, alimentar-se de forma saudável e ter alguns cuidados com o tipo de alimentos que transporta: tenho o cuidado de levar sempre uma geleira ou arca refrigerada e coloque sempre à somba, evitando estar exposto ao calor.

Deve evitar alimentos como carnes, alimentos com ovos, natas e leite e deve ter cuidado com as frutas e legumes, devendo consumi-los o mais depressa possível.

Mantenha um bom nível de hidratação: transporte sempre água ou chá gelado e proteja as garrafas do calor, de preferência numa mala térmica ou refrigerada.

7 Exemplos de lanches que não deve levar para a praia


1. Bolos com creme

bolos com creme

Por terem ovos e natas, são facilmente deteriorados pela ação do calor, a gordura é um fator condicionante. Opte por bolos secos, de preferência feitos em casa, adoçados com fruta, baixo teor de gordura e farinhas integrais.

2. Sandes com produtos de charcutaria e pastas

Sandes com produtos de charcutaria e pastas

Se costuma levar este tipo de sandes, tenha em atenção que as mesmas devem ser refrigeradas até 1h30.

As pastas feitas a partir de maionese devem ser evitadas e fiambres, mortadela e chouriços ou outros produtos de charcutaria também, além de se estragarem facilmente pela ação do calor, têm elevado teor de sal.

3. Batatas fritas

batatas fritas

O seu elevado teor de sal favorecem a sua desidratação pelo que deve evitar o seu consumo. Ainda que possa ser um snack prático, não é saudável.

Opte por palitos de cenoura ou palitos de batata no forno com especiarias e e ervas aromáticas. A fruta desidratada também pode ser uma boa opção.

4. Ovos

ovos

Se costuma levar ovos mexidos nas sandes, opte antes por cozer uma vez que o seu consumo se torna mais seguro. Evite bolos com creme de ovos também e molhos que contenham o ovo cru, nomeadamente com maionese. Quiches, empadas e folhados também devem ser evitados.

5. Frutos do mar, carne e peixes mal cozinhados

Frutos do mar carne e peixes mal cozinhados

Evite levar frutos do mar e, se escolher carnes e peixes para as sandes, opte por cozidos ou enlatados em água.

6. Iogurte, leite e queijo fresco

Iogurte leite e queijo fresco

São alimentos facilmente deterioráveis com o calor, pelo que deve evitar transportar para a praia. Opte por frutos secos ou fruta fresca lavada para os seus lanches.

7. Gelatinas

gelatina

As gelatinas fazem parte dos lanches que não deve levar para a praia: além de derreterem com o calor, o mesmo pode deteriorar o seu conteúdo.

Veja também:

Nutricionista Margarida Beja Nutricionista Margarida Beja

Margarida Beja é Nutricionista (1859NE) e trabalha atualmente no Reino Unido na área da gestão de peso. Anteriormente, trabalhou também no âmbito da nutrição comunitária e nutrição clínica e esteve envolvida em projetos ligados à prevenção da obesidade infantil, coaching e marketing nutricional. É licenciada em Dietética e Nutrição pela Escola Superior de Tecnologia da Saúde de Lisboa.