A influência do exercício nas suas emoções diárias: cuide de si!

A atividade física é benéfica para a saúde e bem-estar físico, mas qual será a influência do exercício nas suas emoções diárias? Vamos descobrir!

A influência do exercício nas suas emoções diárias: cuide de si!
Exercício físico e bem-estar emocional: qual a relação?

Todos sabemos que a prática de atividade física é um comportamento promotor de saúde, mas será que para além de influenciar o nosso bem-estar físico, tem influência nas suas emoções e no bem-estar psicológico? Vamos descobrir o que dizem os especialistas nesta matéria!

7 Benefícios da atividade física para o bem-estar geral


nfluencia do exercicio nas suas emocoes

A prática de atividade física adequada é determinante para uma boa saúde e para o bem-estar e, constitui um dos pilares essenciais para um estilo de vida saudável. As investigações científicas realizadas no âmbito da influência do exercício físico no bem-estar geral comprovam que este atua não só ao nível da saúde física, mas também ao nível da saúde mental e do bem-estar social.

Alguns dos principais benefícios apontados à prática adequada e regular de atividade física são:

1 – Constitui um forte meio de prevenção de doenças (por exemplo, doenças cardiovasculares, cancro, diabetes e doenças respiratórias crónicas);

2 – Contribui para a promoção da saúde da população, reduzindo os custos com a saúde;

3 – Contribui para o controlo do peso;

4 – Reduz o risco de morte prematura;

5 – Ajuda a prevenir/reduzir a osteoporose, reduzindo o risco de fratura do colo do fémur nas mulheres;

6 – Reduz o risco de desenvolver dores lombares e pode ajudar no tratamento de situações dolorosas, nomeadamente dores lombares e dores nos joelhos;

7 – Ajuda no crescimento e manutenção de ossos, músculos e articulações saudáveis.

Qual a influência do exercício nas emoções diárias?


yoga e meditacao

Para além dos benefícios acima descritos, as investigações têm vindo a comprovar a influência do exercício físico no bem-estar psicológico e emocional. Os estudos mostram que a prática de atividade física adequada e regular ajuda a promover o bem-estar psicológico, reduzindo o stress, a ansiedade e a depressão.

Existe um padrão químico cerebral associados aos estados de bem-estar e felicidade, já identificado pela ciência. Nestes estados emocionais verifica-se a prevalência de determinados neurotransmissores e determinadas hormonas, tais como a serotonina e a dopamina. Assim sendo, a química do nosso cérebro e os nossos estados emocionais estão realmente interligados, mas qual o papel da atividade física?

Quando estamos felizes, sorrimos e descontraímos os músculos. Quando estamos preocupados e zangados tendemos a enrugar a testa e estamos tensos. Apesar destes movimentos musculares não serem escolhas conscientes que fazemos, mostram a ligação entre os músculos e as nossas emoções.

Partindo desta ligação, a ciência tem vindo a estudar de que forma podemos recorrer aos nossos músculos para modelar os nossos estados emocionais. Algumas conclusões são bastante interessantes e reforçam a grande influência do exercício nas emoções diárias:

1 – Exercícios como correr, andar de bicicleta, fazer burpees, skipings, jampings jacks ou outros exercícios semelhantes, promovem estados emocionais de alegria e euforia, na medida em que atuam ao nível dos nossos neurotransmissores (endorfinas, dopamina e serotonina);

2 – A prática de atividade física tem, de facto, um efeito revigorante, aumentando os níveis de energia, ajudando-nos a enfrentar os desafios diários;

3 – Por outro lado, a prática de exercícios respiratórios e alongamentos parece contribuir para uma maior sensação de bem-estar, segurança, humor, calma e confiança;

4 – Mais ainda, para além de influenciar as nossas emoções diárias, a prática de exercício físico parece ser benéfica ao nível da função cognitiva, potenciando a atenção, a concentração, a motivação e a criatividade.

Em suma…


Importa pensar no nosso corpo como um todo e ter em conta que as mudanças do corpo afetam a mente, bem como as mudanças da mente afetam o corpo. Assim sendo, se busca um maior equilíbrio emocional, melhor autoestima e mais energia, pode ser importante começar a praticar exercício físico adequado de forma regular. Do que é que está a espera? Mexa-se pela sua saúde física e mental!

Veja também:

Psicóloga Ana Graça Psicóloga Ana Graça

Mestre em Psicologia, pela Universidade do Minho, com a dissertação “A experiência de cuidar, estratégias de coping e autorrelato de saúde”. Especialização (Pós-Graduada) em Neuropsicologia Clínica, Intervenção Neuropsicológica e Neuropsicologia Geriátrica. Membro efetivo da Ordem dos Psicólogos Portugueses, com especialidade em Psicologia Clínica e da Saúde e Neuropsicologia. Para além da Psicologia é apaixonada por viagens, leitura, boa música, caminhadas ao ar livre e tudo o que proporcione felicidade!