Publicidade:

10 Sintomas de infeção urinária em gatos: descubra quais são

A infeção urinária em gatos é um problema muito recorrente que afeta felinos de todas as idade. Conheça melhor esta doença e saiba reconhecê-la.

10 Sintomas de infeção urinária em gatos: descubra quais são
O stress pode favorecer o desenvolvimento de infeções

A infeção urinária em gatos é muito comum, devido às caraterísticas dos felinos que proporcionam o desenvolvimento desta doença.

Estar atento a alguns sinais do seu felino no dia-a-dia podem ajudar a detetar uma infeção numa fase precoce sem o problema evoluir e de se tornar mais grave.

10 Sintomas de infeção urinária em gatos


infecao urinaria em gatos urina fora da caixa

1. Dificuldade em urinar

A disúria, ou dificuldade em urinar, é associada a um dos primeiros sinais de uma infeção urinária em gatos.  A dificuldade em urinar pode ser causada por dor ou obstrução, que consequentemente também provoca dor.

Se o gato se esforça demasiado para urinar e não consegue ou do seu esforço resultam apenas umas pingas é caso para o levar ao médico veterinário. O gato pode também parecer “estranho” dando muitas voltas antes de urinar, ou parece mesmo até que não consegue arranjar posição para o fazer.

2. Vocalização durante a micção

Se o seu gato tem uma infeção urinária pode acontecer ouvi-lo a vocalizar enquanto está na caixa de areia, devido à dor e ardência que a urina lhe causa ao passar pela zona inflamada.

3. Sangue na urina

Hematúria, presença de sangue na urina, pode ser um sinal de alarme. Este sintoma pode ser causado por uma infeção ou por outras patologias mais severas, portanto é um sinal de alerta para uma consulta.

4. Urinar fora da caixa

Micção inapropriada, ou urinar em locais que não é suposto, pode significar stress ou sinal de infeção. Acontece que muitas vezes os gatos com infeção urinária começam a associar a caixa de areia à dor que sentem quando lá urinam e portanto evitam utilizá-la, passando a urinar noutros locais.

Urinar fora da caixa pode também ser um sinal de stress, falta de caixas de areia quando existe mais do que um gato, dores articulares, entre muitas outras coisas.

5. Lamber a zona genital

Sabemos que os gatos são animais muito limpos e passam grade parte do seu dia a lamberem-se de forma a fazer a sua higiene. No entanto, quando lambem em demasia determinada parte do corpo, pode ser um sinal de que algo está errado.

Em situações de infeção, tal como nas pessoas, a ardência nos genitais aquando da micção pode ser grande. O gato irá lamber-se bastante nessa zona podendo as vezes chegar a ficar vermelha, inflamada e com feridas.

6. Urinar em pouca quantidade

Devido à dor ou a alguma obstrução pode urinar “às pingas”. Muitas vezes a ardência durante a micção é tanta que o gato retrai-se ao urinar resultando em urina às pingas.

7. Vomitar

Vómitos podem ser um sinal de variadas patologias entre as quais uma infeção urinária. Neste caso a infeção já poderá estar numa fase mais avançada e ter afetado os rins.

8. Odor forte da urina

É possível identificar um odor forte, anormal em alguns casos de infeção urinária em gatos.

9. Poliúria

Poliúria é o termo médico que se refere a urinar muitas vezes. Este é um sinal que pode estar presente noutras patologias como diabetes e insuficiência renal, mas também em casos de infeção urinária em gatos.

10. Anorexia

Perda de apetite, anorexia, ou diminuição do apetite pode ser um sinal de infeção urinária. No entanto, numa fase inicial da doença o animal irá comer normalmente sem sinais muito alarmantes, daí que seja importante estar atento a outros sinais mais precoces de forma a evitar chegar a este ponto.

Como diagnosticar infeção urinária em gatos?


infecao urinaria em gatos medica a observar gato

Se o seu gato demonstrar algum dos sinais referidos deve levá-lo de imediato ao seu médico veterinário para que seja avaliado. Podem ser realizados exames ao sangue e à urina para fazer este diagnóstico.

Também pode ser necessário a realização de ecografia e radiografia.

Como prevenir uma infeção urinária em gatos?


É muito comum os gatos sofrerem de problemas no sistema urinário, por beberem pouca água e da própria conformação do trato urinário. No entanto, algumas medidas preventivas podem ser tomadas pelos tutores.

1. Incentivar o gato a beber água

infecao urinaria em gatos gato a beber agua da torneira

A água ajuda a limpar o organismo e a por o aparelho urinário a funcionar, tal como nas pessoas. O primeiro passo para evitar infeções e recaídas e que o gato beba muita água.

No entanto, o gatos por norma, não gostam muito de beber água, especialmente se for água parada.

Pode incentivar o gato a beber colocando água corrente com fontes pela casa.

2. Evitar o stress

infecao urinaria em gatos gato a descansar

O stress está relacionado ao desenvolvimento de várias doenças nos gatos, incluindo estas infeções. Desta forma reduzir o stress ajuda a evitar que o animal desenvolva este tipo de problemas.

3. Alimentação

infecao urinaria em gatos comida seca

A alimentação e o desenvolvimento de infeções estão relacionados entre si, uma vez que o tipo de alimentação irá alterar o pH.

A obesidade também está relacionada com o aparecimento de infeções urinários. Desta forma, a alimentação equilibrada e adequada é um fator importante a ter em conta para prevenir infeções.

Veja também:

Dra. Patrícia Azevedo Dra. Patrícia Azevedo

Patrícia Azevedo é médica veterinária natural de Braga. Desde a sua infância que é apaixonada por animais e sempre teve a ambição de ser médica veterinária. Trabalhou como voluntária em associações de proteção e ajuda a animais errantes desde os 11 anos de idade . Iniciou o seu percurso como estudante desta área na Universidade de Trás-os-Montes e Alto Douro e concluiu os seus estudos no Instituto de Ciências Biomédicas Abel Salazar. Tem três gatos e uma cadela retirados da rua. Trabalha atualmente na sua cidade natal, em medicina e cirurgia de pequenos animais.

O Vida Ativa disponibiliza e atualiza informação, não presta serviços de aconselhamento nutricional, de saúde ou de treino. O Vida Ativa não é proprietário nem responsável pelos produtos e serviços de terceiros apresentados, por conseguinte não será responsável por quaisquer perdas ou danos que possam resultar de quaisquer imprecisões ou omissões. A informação está atualizada até à data apresentada na página e é prestada de forma geral, tratando-se de textos meramente informativos, pelo que não constitui nem dispensa a assistência profissional qualificada e individualizada. Caso pretenda sugerir uma atualização, por favor, envie-nos a sua sugestão para: [email protected].