Publicidade:

Exames de sangue em jejum: cuidados a ter antes de os realizar

Sabe porque é que deve fazer exames de sangue em jejum? O tempo de jejum em horas depende do exame de sangue que será realizado.

 
Exames de sangue em jejum: cuidados a ter antes de os realizar
Saiba quando é e quando não é necessário o jejum

As análises clínicas são um meio complementar de diagnóstico, ou seja, são exames solicitados pelo médico após avaliação do utente, no sentido de ajudar a esclarecer o diagnóstico, monitorizar o tratamento ou estabelecer prognósticos. Podem ser solicitados exames ao sangue, urina e/ou fezes, dependendo do tipo de análises clínicas a realizar e da informação que se pretende.

Os exames sanguíneos são realizados a partir da colheita da amostra de sangue. A sua análise é importante, pois o sangue percorre todo o corpo executando várias tarefas, sendo uma delas o transporte de substâncias.

O jejum para o exame de sangue é importante e deve ser respeitado quando necessário, pois a ingestão de alimentos e/ou de água pode interferir nos resultados de alguns exames, especialmente quando é necessário avaliar a quantidade de alguma substância que pode ser alterada pela alimentação. No caso de ter de fazer exames de sangue em jejum, saiba que o tempo de jejum em horas depende do exame de sangue que será realizado e também depende do laboratório onde vai realizar a colheita de sangue.

Exames de sangue em jejum: para que serve o jejum?


exames de sangue em jejum

Quando as pessoas ingerem alimentos ou bebidas, estes são digeridos no estômago e absorvidos pela corrente sanguínea, influenciando os níveis de determinadas substâncias presentes no nosso sangue, como o açúcar, minerais, como o ferro, o colesterol e outras gorduras e algumas enzimas.

Para realizar um correto diagnóstico ou detetar alterações e/ou problemas de saúde como por exemplo a diabetes, anemia, colesterol elevado, é importante que estes valores não tenham sido alterados por alimentos e/ou líquidos, que foram ingeridos antes da realização do exame. Por isso, o jejum é obrigatório e essencial, a fim de obter resultados fidedignos.

Quando é que o jejum é obrigatório?

Há casos em que o jejum é obrigatório e essencial antes da colheita de uma amostra de sangue. Alguns dos exemplos mais comuns incluem:

1. Glicose: usado, por exemplo para verificar a presença da diabetes, deve estar em jejum 8 a 10 horas antes da colheita, para assegurar que os valores de glicose são fidedignos. Em situações em que a pessoa com diabetes precisa de fazer medidas da glicemia várias vezes ao dia, os horários e o tempo após alimentação devem ser orientados pelo médico durante a consulta.

2. Níveis de Ferro: usado para diagnosticar problemas, como a anemia, requer jejum de 12 horas, pois este elemento está presente em vários alimentos e é rapidamente absorvido pelo sangue.

3. Colesterol: a gordura presente no sangue, também conhecido por perfil lipídico, mede os níveis de colesterol HDL e LDL e de triglicéridos. Estes valores são mais altos após a ingestão de alimentos, pelo que não deve comer 9 a 12 horas antes da colheita de sangue.

4. Função renal: usada para verificar o funcionamento dos rins, é necessário, normalmente um jejum de 8 a 12 horas.

5. Níveis de Vitamina B12, o jejum deve ser de 6 a 8 horas.

6. Níveis de TSH, é recomendado realizar jejum de pelo menos 4 horas.

 7. Níveis de PSA, é indicado ficar em jejum de pelo menos 4 horas;

Que cuidados ter antes de realizar análises de sangue em jejum?


exames de sangue em jejum

Em todos os casos, no dia anterior ao exame de sangue, deve-se evitar fumar e beber bebidas alcoólicas, pois influenciam os resultados da análise, principalmente na dosagem da glicemia e dos triglicerídeos. Deve evitar mastigar pastilha elástica ou rebuçados, ainda que sejam sem açúcar, pois pode acelerar a digestão. Durante o período de jejum, não pratique exercício físico.

Para além disso, alguns remédios, como antibióticos, anti-inflamatórios podem influenciar os resultados do exame de sangue, sendo importante indicar ao médico quais os remédios utilizados para que seja feita orientação quanto à sua suspensão, caso necessário, e para que sejam levados em consideração na hora da avaliação. Além disso, o tempo de jejum pode variar de acordo com o laboratório em que será realizado o exame.

Quais os exames de sangue em que não é necessário o jejum?


Nem sempre é necessário estar em jejum antes de realizar análises. O hemograma, é um tipo de exame ao sangue que não é necessário fazer jejum, pois apenas são avaliados componentes que não são alterados pela alimentação como o número de hemácias, leucócitos ou plaquetas. A função da tiroide, a análises de coagulação, são outros exemplos cujo os resultados não são afetados pelo jejum.

Nestes casos pode ser feita a colheita de sangue logo após a consulta, ou sem necessidade de jejum.

Quando o médico prescreve os exames deve esclarecer na consulta qual o seu caso e se tem de fazer algum tipo de preparação.

Veja também:

Fontes

Guia Prático de Saúde. Novembro (2009). Disponível em: http://www.labtondela.com/Guia_Pratico_de_Saude.pdf
CUF (2019). Disponível em: https://www.saudecuf.pt/mais-saude/artigo/sabia-que-algumas-analises-nao-precisam-de-jejum
Hospital Lusíadas de Lisboa. Disponível em:https://rotasaude.lusiadas.pt/prevencao-e-estilo-de-vida/saude-da-familia/analises-clinicas-glossario/

Enfermeira Filipa Pinto Enfermeira Filipa Pinto

Licenciada na Escola de Enfermagem do IPB (Instituto Politécnico de Bragança), tem formação em feridas na APTF (Associação Portuguesa de Feridas); Curso de Hemodiálise, certificado pela SIGO (Sistema de Informação e Gestão da Oferta Educativa), na Foramplus; Pós Graduação em Cuidados Paliativos no Instituto Português de Psicologia. Atualmente trabalha na Santa Casa Misericórdia de Vizela, como responsável pela área de Enfermagem no Lar Torres Soares e é formadora convidada na Universidade Senior de Vizela.

O Vida Ativa disponibiliza e atualiza informação, não presta serviços de aconselhamento nutricional, de saúde ou de treino. O Vida Ativa não é proprietário nem responsável pelos produtos e serviços de terceiros apresentados, por conseguinte não será responsável por quaisquer perdas ou danos que possam resultar de quaisquer imprecisões ou omissões. A informação está atualizada até à data apresentada na página e é prestada de forma geral, tratando-se de textos meramente informativos, pelo que não constitui nem dispensa a assistência profissional qualificada e individualizada. Caso pretenda sugerir uma atualização, por favor, envie-nos a sua sugestão para: [email protected].