11 Estratégias mentais para potenciar o treino

Não precisa ser um atleta profissional ou um campeão olímpico para ser um atleta de sucesso. Use estas 11 estratégias mentais para potenciar o treino!

11 Estratégias mentais para potenciar o treino
Atletas de sucesso resistem e persistem perante tarefas difíceis.

Cada vez que observa o desempenho dos atletas que mais admira, questiona-se acerca de como é possível serem tão motivados, consistentes e mentalmente fortalecidos? Pensa igualmente que desejava ser assim tão motivado e dedicado? Então estas estratégias mentais para potenciar o treino são mesmo para si!

Dificilmente conseguiremos igualar as capacidades físicas dos grandes atletas, mas podemos aprender a pensar da mesma forma que eles, maximizando as habilidades físicas que possuímos e alcançando os nossos objetivos desportivos. Ora veja como!

A psicologia e o desporto: que relação?


estrategias mentais para potenciar o treino desportista a meditar

Podemos definir a psicologia do desporto como o estudo científico da mente, das emoções e do comportamento no que ao desempenho atlético e à atividade física diz respeito. As exigências mentais de uma competição desportiva rigorosa podem ser enormes, levando a que a psicologia do desporto se torne numa parte crucial do plano de treino de qualquer atleta.

A utilização adequada de determinadas estratégias mentais pode melhorar significativamente o desempenho de qualquer atleta. Os atletas que diligentemente treinam as suas mentes conseguem alcançar desempenhos mais bem-sucedidos e mais consistentes, experimentam maior prazer na prática desportiva e aumentam as hipóteses de vitória.

Assim sendo, qualquer atleta que queira melhorar o seu desempenho desportivo, beneficia da intervenção de um profissional da área da psicologia do desporto. Desenvolver estratégias mentais para potenciar o treino é importante desde cedo e pode trazer muitas vantagens competitivas, mas estas habilidades psicológicas devem ser desenvolvidas ao longo de toda a carreira desportiva.

Em suma, o psicólogo do desporto trabalha em colaboração com os atletas, e demais agentes desportivos, de forma a identificar os desafios que enfrentam, as melhores formas de abordar esses desafios e de forma a dotar os atletas de competências psicológicas que lhes permitam assumir e cumprir as suas metas desportivas.

11 estratégias mentais para potenciar o treino


estrategias mentais para potenciar o treino desportista a subir escadas

Atletas bem-sucedidos habitualmente possuem importantes habilidades mentais que contribuem para a sua excelência. Algumas dessas habilidades são:

  • Confiança absoluta e inabalável nas suas habilidades;
  • Capacidade de manter o foco mesmo quando se encontram cercados de distrações;
  • Capacidade de manter um alto nível de motivação ao longo de toda a competição;
  • Força de vontade para enfrentar e vencer toda a ansiedade, frustração e desânimo que podem surgir.

Como vimos, determinadas habilidades mentais são importantes para atingir a excelência atlética. Para as alcançar há estratégias psicológicas a desenvolver.

Fique a conhecer estas 11 estratégias mentais para potenciar o treino:

1. Definir metas claras e desafiadoras a curto e a longo prazo;

2. Visualizar mentalmente grandes desempenhos e grandes sucessos. É importante manter uma atitude positiva, uma conversa interna positiva e recorrer a imagens mentais positivas;

3. Empregar uma linguagem positiva e energética, de forma a potenciar um estado de espírito motivado e vitorioso;

4. Controlar a respiração. Empregar uma respiração consistente durante todos os momentos de ação é importante;

5. Adotar uma linguagem corporal confiante e otimista vai ajudar a potenciar a sensação de sucesso;

6. Deixar as desculpas de lado. É importante encontrar um caminho, uma solução e não uma desculpa. Assuma a responsabilidade pelo seu desempenho e tente novamente sempre que falha. Seja persistente e não se deixe derrotar pelos pequenos fracassos;

7. Procurar diariamente novas formas de se desafiar. Os esforços feitos ontem contribuíram para as habilidades desportivas que tem hoje, mas há que preparar o amanhã e, para isso, há que desafiar todos os limites;

8. Concentrar-se apenas naquilo que está ao seu alcance mudar ou melhorar. Não gaste energia desnecessária com questões que estão fora do seu alcance. Concentre-se apenas naquilo que está dentro do seu alcance realizar e abstraia-se das distrações desnecessárias. Mantenha o foco nos treinos e na competição;

9. Compreender que o medo do fracasso e a ansiedade comprometem o seu desempenho desportivo. Saia da sua zona de conforto e enfrente os desafios desportivos com entusiasmo, deixando a ansiedade de lado;

10. Procurar a excelência e não a perfeição. Defina um objetivo para o seu treino e mantenha o foco nas etapas que precisa alcançar para atingir esse objetivo. Não procure ser perfeito. Ao invés disso, procure alcançar melhorias diárias e aceite que os pequenos erros são comuns e fazem parte do caminho a percorrer até alcançar a excelência desportiva;

11. Concentrar-se em si e nas suas habilidades. Não procure agradar aos outros, nem inveje os feitos desportivos das outras pessoas.

Em suma…


Se quer potenciar o seu treino e o seu desempenho desportivo, lembre-se de que a atitude é uma escolha. Escolha uma atitude predominantemente positiva e veja o desporto como uma forma de competir consigo mesmo, aprendendo através dos sucessos e dos fracassos.

Prossiga a excelência, deixe a perfeição de lado e tente alcançar o equilíbrio possível entre a prática desportiva e todos os restantes domínios da sua vida. Defina metas realistas, mensuráveis e orientadas no tempo e esteja ciente do seu nível de desempenho desportivo atual.

Veja também:

Psicóloga Ana Graça Psicóloga Ana Graça

Mestre em Psicologia, pela Universidade do Minho, com a dissertação “A experiência de cuidar, estratégias de coping e autorrelato de saúde”. Especialização (Pós-Graduada) em Neuropsicologia Clínica, Intervenção Neuropsicológica e Neuropsicologia Geriátrica. Membro efetivo da Ordem dos Psicólogos Portugueses, com especialidade em Psicologia Clínica e da Saúde e Neuropsicologia. Para além da Psicologia é apaixonada por viagens, leitura, boa música, caminhadas ao ar livre e tudo o que proporcione felicidade!

O Vida Ativa disponibiliza e atualiza informação, não presta serviços de aconselhamento nutricional, de saúde ou de treino. O Vida Ativa não é proprietário nem responsável pelos produtos e serviços de terceiros apresentados, por conseguinte não será responsável por quaisquer perdas ou danos que possam resultar de quaisquer imprecisões ou omissões. A informação está atualizada até à data apresentada na página e é prestada de forma geral, tratando-se de textos meramente informativos, pelo que não constitui nem dispensa a assistência profissional qualificada e individualizada. Caso pretenda sugerir uma atualização, por favor, envie-nos a sua sugestão para: [email protected].