6 Dicas eficazes para escapar à gripe: proteja-se!

Com a descida da temperatura e a chuva, vem também a preocupação com a temida gripe. Mas vejamos estas 6 dicas eficazes para escapar à gripe. Proteja-se.

6 Dicas eficazes para escapar à gripe: proteja-se!
Como escapar à gripe?

Febre, dores no corpo, dores de garganta, espirros, tosse, perda de apetite, … Estes são alguns dos sintomas que a maioria das pessoas já está à espera de sentir nesta época do ano. No entanto, existem formas de prevenção que não devem ser esquecidas e que são essenciais para escapar à gripe.

Antes de mais, verifiquemos as diferenças entre gripes e constipações. Apesar de, às vezes, se confundirem, os sintomas da gripe são muito mais fortes do que os da constipação comum. A grande diferença entre estas duas patologias encontra-se na velocidade e agressividade do vírus. A gripe transmite-se a uma velocidade maior e o vírus é mais agressivo do que na constipação.

6 DICAS EFICAZES PARA ESCAPAR À GRIPE


1. O CONTRIBUTO DA ALIMENTAÇÃO

escapar a gripe e alimentos ricos em vitaminas

A realidade é que o Inverno apela ao conforto do lar, à diminuição da atividade física e ao aumento do apetite. Nos dias mais frios, o organismo sente necessidade de produzir calor, e existe uma tendência para o consumo de alimentos energéticos, ricos em gordura e açúcar.

Alerta-se para o facto dos alimentos associados ao tempo frio, como por exemplo o chocolate (rico em açúcar e gorduras), ou as bebidas alcoólicas (que se ingerem mais no Inverno, com a ideia errada de que aquecem), deverem ser consumidos com moderação.

Salienta-se a sopa, preparada com legumes, hortaliças e leguminosas, que é uma ótima opção para combater as baixas temperaturas, saciar a fome e ainda enriquecer-nos com fibra, vitaminas e minerais.

A alimentação pode assim ter um papel preventivo e auxiliar na resposta corporal, às mudanças do sistema imunitário decorrentes da gripe.

É crucial que o sistema imunitário esteja fortalecido para escapar à gripe, para isso, é necessário ingerir alimentos ricos em antioxidantes como a vitamina E, vitamina C, betacaroteno, selénio e zinco.

2. INVESTIR EM VITAMINA C

vitamina C

Como o organismo humano não tem a capacidade de sintetizar por si próprio vitamina C, é essencial adquirir este nutriente de forma continuada através da ingestão de alimentos, de suplementos ou de medicamentos à base de vitamina C.

3. BEBER MUITA ÁGUA

cha quente

A hidratação no Inverno é tão importante como no resto do ano, apesar da sensação de sede diminuir, não significa que não seja necessário ingerir água de igual forma.

A água é extremamente importante para evitar vários problemas de saúde. Há que estar em alerta para com os idosos e crianças que desidratam com mais facilidade. Outras boas opções de alimentos ricos em água são o leite, a fruta e hortícolas, os sumos de fruta naturais. Chás quentes são uma ótima alternativa para manter a hidratação e, ao mesmo tempo, aquecer.

4. VACINA CONTRA A GRIPE

vacina no braco

A época de vacinação já começou no dia 15 de outubro. Para muitas pessoas é esta a melhor forma de escapar à gripe.

A vacinação contra a gripe é fortemente recomendada para alguns grupos prioritários, descritos, entre eles:

  • Pessoas com idade igual ou superior a 65 anos;
  • Doentes crónicos e imunodeprimidos, com 6 ou mais meses de idade;
  • Grávidas;
  • Profissionais de saúde e outros prestadores de cuidados.

5. LAVAR AS MÃOS COM FREQUÊNCIA

lavar as maos

As mãos são um veículo de contacto com todo o tipo de microrganismos. Lavá-las com sabonete ou solução de base alcoólica, de forma frequente, ajuda a eliminar os vírus responsáveis por esta patologia.

6. EVITAR O CONTACTO COM PESSOAS INFETADAS

mulher constipada

Evitar o contacto muito próximo com pessoas que apresentem sintomas. O vírus é transmitido através de partículas de saliva de uma pessoa infetada, expelidas sobretudo através da tosse e dos espirros, mas também por contacto direto com partes do corpo ou superfícies contaminadas (por exemplo, através das mãos).

Veja também:

Farmacêutica Cátia Rocha Farmacêutica Cátia Rocha

Cátia Rocha é farmacêutica. Como apaixonada pela profissão, acredita na importância da educação para a saúde e num papel interventivo dos profissionais de modo a transmitir conhecimentos que considera importantes e fundamentais para o bem-estar da população. É Mestre em Ciências Farmacêuticas pelo Instituto Superior de Ciências da Saúde do Norte e exerce atualmente o cargo de farmacêutica na Farmácia Agra.