Publicidade:

6 Passos para ensinar o cão a fazer as necessidades no local certo

Ensinar o cão a fazer as necessidades no local certo nem sempre é fácil. Saiba como ensinar o seu cachorro e melhore a qualidade de vida do seu animal.

6 Passos para ensinar o cão a fazer as necessidades no local certo
Perceber qual o local certo para fazer necessidades requer tempo e treino.

Ensinar o cão a fazer as necessidades no local certo é sempre uma tarefa complicada. Ainda mais quando não sabe que tipo de treino deve utilizar e como deve proceder.

Veja o nosso artigo e saiba como conseguir criar rotinas no seu animal.

Ensinar o cão a fazer as necessidades no local certo – 5 aspetos a ter em consideração


 

Ensinar o cao a fazer as necessidades no local certo xixi no chao

Para ensinar o cão a fazer as necessidades no local certo, deve ter em consideração os seguintes pontos:

  1. Antes de começar qualquer tipo de treino deve estipular qual o local que deseja que o seu cão faça as necessidades. Depois de escolher o local adequado, o treino deverá sempre ser focado para o local sem exceções.
  2. Se, por vezes permitir que faça num local e outras vezes noutro, o seu cão não irá entender qual o local em que lhe é permitido fazer necessidades, e dessa forma não irá aprender o que lhe pretende ensinar.
  3. Outro aspeto a ter em consideração é que o cão irá aprender este comportamento com base na associação, e, portanto, a aprendizagem requer algum tempo. Desta forma, não deve esperar que o seu cachorro comece a fazer as necessidades no local certo de um dia para o outro.
  4. O ideal será começar a ensinar o cão a fazer necessidades no local certo quando este ainda é cachorro, o mais cedo possível.
  5. Por último, deve compreender que os cães não vêem da mesma forma que nós a vontade de fazer necessidades fisiológicas.

As pessoas são educadas de forma a perceberem as necessidades fisiológicas como algo íntimo e privado. Assim, as pessoas aguentam até chegar a uma casa de banho. Os cães não precisam dessa privacidade e se não forem educados para esperar pelo local e hora certa, simplesmente vão fazer quando o seu organismo pedir.

Se ainda assim sentir dificuldade em ensinar o seu cão a fazer as necessidades no local certo, não tenha problemas em pedir a ajuda de um profissional de treino que o pode ajudar a treinar o seu cachorro desde tenra idade.

Além disso, podem ajudá-lo a desenvolver técnicas importantes para a educação futura do cão. Saiba que, com o Plano de Saúde animal Vetecare, por apenas 13€ por mês tem acesso a uma vasta rede de profissionais de treino e adestramento animal que o podem ajudar a educar o seu melhor amigo.

6 Passos para ensinar o cão a fazer as necessidades no local certo


1. Crie rotinas

É importante para o cão perceber quando é a hora de fazer as necessidades. Especialmente se definiu o local certo como a rua.

Se quer que o seu cão aprenda rápido e não quer andar sempre a correr para a rua cada vez que lhe parece que tem vontade de fazer necessidades, é importante que defina horários para o passear.

Por norma, fazem as suas necessidades de manhã e 20 minutos após as refeições.

Desta forma, é essencial que o passeie mal se levante. Antes de se deitar também é uma boa opção, assim o seu cão aguentará a noite toda sem vontade de ir à rua.

Depois deverá definir um horário de passeio conforme os seus horários, tentando que seja sempre à mesma hora. Assim o organismo do seu cão vai-se formatando para ter vontade de fazer necessidades a determinadas horas.

2. Reforce quando o seu cão fizer as necessidades no local certo

Para ensinar o cão a fazer necessidades no local certo, deve utilizar as premissas do treino com reforço positivo. Sempre que ele as fizer no local desejado recompense-o.

A recompensa pode ser através de palavras como “muito bem”, “lindo menino”, snacks ou biscoitos para cão. O importante é que quando tiver um comportamento desejado pelo seu tutor seja recompensado de uma forma que é atrativa para ele.

3. Nunca o repreenda ou castigue

Enquanto o seu cachorro não aprender a fazer necessidades no local certo poderá ter algum descuido e fazê-las em locais em que não era suposto. Pode, inclusive, fazê-las em locais que causam bastante transtorno aos seus tutores.

Se o seu cachorro tiver um descuido é importante que não lhe bata, não o castigue nem demonstre que está chateado. Sabe-se que os métodos antigos como bater e esfregar o focinho do seu cão nas fezes e urina são completamente inapropriados.

Estes métodos acabam ainda mais por atrasar a aprendizagem e podem causar problemas comportamentais como agressividade. Lembre-se que o seu cachorro sabe interpretar melhor do que ninguém as suas expressões corporais, no entanto não consegue entender o porquê de reagir dessa forma com ele, pois para o seu cão, fazer necessidades no tapete da sala não é errado.

Deve sempre ensinar o seu cão a fazer necessidades no local certo através de reforço positivo, de forma a este associar que se fizer no local desejado vai ter uma prenda, e não ao contrário, que se fizer num local que não é o pretendido vai sentir dor ficar confuso e com medo. Este tipo comportamento dos tutores, pode gerar medo de tal forma ao cachorro que ele pode, em certas situações, interpretar que o seu tutor não quer que ele simplesmente faça as suas necessidades.

Desta forma, começará a fazer as necessidades em locais escondidos sem que se aperceba. E quando o passear na rua com a esperança de que faça nessa altura as suas necessidades ele não irá fazê-las.

4. Seja consistente

A partir do momento em que decide qual é o local adequado para o seu cão fazer necessidades terá que manter o pensamento até ao fim.

Deve sempre recompensar o seu cão quando fizer no local pretendido  numa fase inicial para que perceba que sempre que vai ao sitio certo é recompensado.

Se fizer no local errado deve ignora-lo e pedir a todas as pessoas que convivam com ele para ter o mesmo comportamento.

Se definir um determinado horário de passeio, mesmo que o seu cachorro já tenha feito as necessidades deve levá-lo na mesma para que crie a rotina dos passeios higiénicos a determinadas horas.

5. Seja paciente

Como qualquer aprendizagem, ensinar o cão a fazer necessidades no local certo pode levar algum tempo.

Numa fase inicial, o seu cachorro pode até aprender mas ainda assim ter alguns deslizes. Seja paciente com ele e compreenda que qualquer aprendizagem leva o seu tempo e prática.

Por norma, só a partir dos 4 meses é que os cães conseguem ter mais controlo do seu intestino e bexiga.

6. Associe uma palavra

Os cães conseguem entender algumas palavras e associá-las a determinadas situações. Desta forma, pode utilizar uma palavra para ensinar o seu cão a fazer necessidades no local certo.

Por exemplo “faz xixi” pode ser utilizado quando ensina o seu cão a fazer necessidades no jornal. Ele irá associar esta palavra a uma permissão para fazer necessidades.

Esta mesma palavra pode também ser utilizada posteriormente quando o ensinar a ir à rua. Uma vez que o cachorro já associou as palavras “faz xixi” à permissão para fazer necessidades, ao ouvi-las saberá então que nesse local lhe é permitido fazer.

Veja também:

Dra. Patrícia Azevedo Dra. Patrícia Azevedo

Patrícia Azevedo é médica veterinária natural de Braga. Desde a sua infância que é apaixonada por animais e sempre teve a ambição de ser médica veterinária. Trabalhou como voluntária em associações de proteção e ajuda a animais errantes desde os 11 anos de idade . Iniciou o seu percurso como estudante desta área na Universidade de Trás-os-Montes e Alto Douro e concluiu os seus estudos no Instituto de Ciências Biomédicas Abel Salazar. Tem três gatos e uma cadela retirados da rua. Trabalha atualmente na sua cidade natal, em medicina e cirurgia de pequenos animais.

O Vida Ativa disponibiliza e atualiza informação, não presta serviços de aconselhamento nutricional, de saúde ou de treino. O Vida Ativa não é proprietário nem responsável pelos produtos e serviços de terceiros apresentados, por conseguinte não será responsável por quaisquer perdas ou danos que possam resultar de quaisquer imprecisões ou omissões. A informação está atualizada até à data apresentada na página e é prestada de forma geral, tratando-se de textos meramente informativos, pelo que não constitui nem dispensa a assistência profissional qualificada e individualizada. Caso pretenda sugerir uma atualização, por favor, envie-nos a sua sugestão para: [email protected].