Dieta low carb high fat: tudo o que precisa de saber

A dieta low carb high fat está a fazer cada vez mais sucesso. Relaciona-se com uma baixa ingestão de alimentos fornecedores de hidratos de carbono e uma elevada ingestão de alimentos ricos em gordura. Quanto ao teor de proteína, é moderado. Tal como qualquer dieta, apresenta os seus prós e contras e nem todas as pessoas a devem seguir.

Dieta low carb high fat: tudo o que precisa de saber
Uma dieta com um número crescente de adeptos.

A dieta low carb high fat trata-se de uma dieta em que existe uma menor ingestão hidratos de carbono e uma ingestão mais elevada de gordura.

É uma dieta onde se privilegia o consumo de vegetais, alimentos com gordura e proteínas em detrimento de hidratos de carbono, como massas, pães e alimentos açucarados.

Apesar de ser uma dieta cada vez mais falada, ainda surgem algumas dúvidas. Por esse motivo, hoje vamos apresentar-lhe as principais vantagens e desvantagens, assim como alguns benefícios e contra-indicações.

Continue e ler para saber mais sobre a dieta low carb high fat.

O que é a dieta Low Carb High Fat?


dieta low carb high fat

A dieta Low Carb High Fat (LCHF) é um termo que se utiliza para denominar dietas que são pobres em hidratos de carbono, ricos em gorduras e apresentam teor de proteínas moderado.

Já sabemos que nem todas as gorduras são prejudiciais para a saúde, e é por isso que não faz sentido excluí-las da nossa alimentação.

O plano alimentar de quem segue esta dieta baseia-se em alimentos integrais e não processados, como peixe, ovos, legumes e frutos secos com baixo teor de hidratos de carbono, e exclui alimentos altamente processados ​​e embalados.

A dieta LCHF não possui padrões claros para as percentagens de macronutrientes, mas as recomendações diárias de hidratos de carbono variam entre 20g e 100g.

No entanto, mesmo quem consome mais de 100g de hidratos de carbono por dia, pode seguir esta dieta e inspirar-se nos seus princípios pois, podem ser personalizados para corresponder às necessidades de cada um.

Benefícios da dieta LCHF


A dieta LCHF pode ser benéfica para a saúde de quem a adota. Cortar nos hidratos de carbono e aumentar as gorduras na dieta pode melhorar a saúde de várias formas, incluindo a promoção da perda de peso e a diminuição da gordura corporal, entre outros:

1. Diabetes

diabetica a medir glicemia

Dietas com os hidratos de carbono reduzidos podem trazer benefícios aos diabéticos, nomeadamente no controlo da glicemia.

Um estudo com adultos obesos com diabetes tipo 2 descobriu que uma dieta muito pobre em hidratos de carbono e rica em gorduras levou a uma melhora no controlo do açúcar no sangue e uma redução substancial na medicação para a diabetes.

2. Doenças neurológicas

homem com doenca de alzheimer

A dieta cetogénica, ou seja, rica em gorduras, tem sido usada há muito tempo como um tratamento natural para a epilepsia, um distúrbio neurológico caracterizado por convulsões recorrentes.

Estudos mostram que as dietas LCHF podem desempenhar um papel terapêutico noutras doenças neurológicas, incluindo a doença de Alzheimer.

Além disso, as dietas ricas em açúcares têm sido associadas a um aumento do risco de declínio cognitivo, enquanto dietas LCHF parecem melhorar a função cognitiva.

3. Doenças cardiovasculares

doencas cardiovasculares

As dietas low carb high fat podem ajudar a reduzir a gordura corporal, diminuir a inflamação e melhorar os marcadores sanguíneos relacionados a doenças cardiovasculares.

As dietas LCHF também demonstraram reduzir a pressão arterial, baixar o açúcar no sangue, diminuir o colesterol LDL e promover a perda de peso, o que pode ajudar a reduzir o risco de doença cardíaca.

Vantagens da dieta LCHF


saciedade

Tal como qualquer dieta, traz as suas vantagens e desvantagens. Cabe a cada um estar informado sobre as mesmas e ser acompanhado por um profissional de saúde competente para o efeito, caso prossiga com esta dieta.

Entre as vantagens, encontra-se:

1. Perda de peso

O corpo entra em modo de queima de gordura, o que é um auxilio para a perda de peso. O corte nos hidratos de carbono também faz com que o corpo retenha menos água.

2. Suprime o apetite / aumenta a saciedade

Uma das melhores coisas desta dieta é que não se sente fome. A quantidade de gorduras ingeridas nesta dieta ajuda a minimizar os desejos de “açúcar” e hidratos de carbono, fornece energia e suprime o apetite.

3. Diminui o colesterol

Estudos mostram que a dieta cetogénica pode melhorar o colesterol “bom” (HDL) e o colesterol “mau” (LDL). Comer gordura aumenta os níveis sanguíneos de HDL. Quanto mais altos forem os níveis de HDL, menor será o risco de doença cardíaca.

4. Diminui a pressão sanguínea

Pesquisas mostram que fazer uma dieta pobre em hidratos pode ter um impacto positivo na pressão sanguínea. A hipertensão é um fator de risco para muitas doenças, incluindo doença cardiovascular, acidente vascular cerebral e insuficiência renal.

Desvantagens da dieta LCHF


problemas gastrointestinais

Por outro lado as desvantagens são:

1. Requer um processo de adaptação

A adaptação a este género de dieta pode levar vários dias e a transição pode ser desconfortável para algumas pessoas, levando a sintomas como dores de cabeça, fadiga e náuseas.

2. Pode causar problemas gastrointestinais

Aumentar drasticamente a ingestão de gordura enquanto se reduz a ingestão de hidratos de carbono pode causar problemas gastrointestinais, que vão desde a obstipação até à diarreia, podendo causar desconforto na zona abdominal.

3. Restringe ou limita certos grupos de alimentos

A dieta low carb high fat limita a ingestão de hidratos de carbono e nem todas as pessoas estarão dispostas a fazer essa mudança radical na alimentação. Alimentos como massas, cereais, pães, tubérculos, algumas frutas e legumes, entre outros.

4. Pode aumentar o colesterol

Para aquelas pessoas que são predispostas geneticamente a ter colesterol elevado, adotar esta dieta pode ser particularmente prejudicial.

Quem não deve seguir esta dieta?


mulher gravida

Embora esteja relacionada com alguns benefícios para a saúde, nem todas as pessoas a devem seguir.

A dieta low carb high fat não é adequada para crianças, adolescentes e mulheres grávidas ou que estão a amamentar.

Pessoas que têm diabetes ou outros problemas de saúde como doenças renais, do fígado ou pâncreas devem falar com o médico antes de iniciar uma dieta LCHF.

Além disso, uma dieta LCHF pode não ser adequada para indivíduos hipersensíveis ao colesterol proveniente da alimentação.

Efeitos colaterais que podem surgir


forte dor de cabeca

A dieta LCHF é geralmente bem tolerada, mas pode causar efeitos colaterais desagradáveis ​​em algumas pessoas.

Os efeitos colaterais podem incluir: náuseas, prisão de ventre, diarreia, fraqueza, dores de cabeça, fadiga, cãibras musculares e tonturas.

Veja também: