Publicidade:

7 Formas eficazes para desinchar as pernas e sentir-se melhor

Mostramos-lhe 7 maneiras para desinchar as pernas e, assim, aliviar o desconforto que afeta a sua qualidade de vida. Melhore o seu bem-estar.

 
7 Formas eficazes para desinchar as pernas e sentir-se melhor
Volte a sentir-se confortável e leve.

Sentir as pernas inchadas pode provocar dor, dificuldade em caminhar e até danificar a pele. Por isso, é importante perceber se os motivos se devem à retenção de líquidos – a causa mais habitual, ou se há outro problema mais grave.

Se a retenção de líquidos for a principal causa, então saiba que existem vários tratamentos e medidas que pode adotar para desinchar as pernas e sentir-se melhor.

Possíveis causas para pernas inchadas


A retenção de líquidos que provoca o inchaço nas pernas pode ser sinal de várias doenças, síndromes ou estados:

  • Insuficiência renal aguda;
  • Doença renal crónica;
  • Cardiomiopatia;
  • Insuficiência cardíaca;
  • Cirrose;
  • Trombose venosa profunda;
  • Tromboflebite;
  • Insuficiência venosa crónica;
  • Terapia hormonal;
  • Linfedema;
  • Síndrome nefrótica;
  • Pericardite;
  • Gravidez;
  • Tomar determinados medicamentos, como anti-inflamatórios, diabetes e controlo de pressão arterial;
  • Ficar sentado durante muitas horas seguidas.

O inchaço nas pernas pode também ser provocado por processos inflamatórios, relacionados com:

  • Rutura do tendão de Aquiles;
  • Lesão do ligamento cruzado anterior no joelho;
  • Bursite do joelho;
  • Osteoartrite;
  • Artrite reumatoide;
  • Cisto de Baker;
  • Pé partido;
  • Perna partida;
  • Tornozelo torcido;
  • Celulite;
  • Gota;
  • Infeção ou ferida na perna.

Em qualquer situação, lembramos que é essencial contactar o seu médico caso sinta que este problema se agrava, de forma a poder despistar um possível problema de saúde.

3 tratamentos para desinchar as pernas


desinchar as pernas pressoterapia

Descobrir o que melhor resulta para desinchar as pernas pode não ser uma tarefa simples. E, em casos mais graves, os truques tradicionais poderão não ser suficientes para resolver o problema, pelo que, nesses casos existem tratamentos para desinchar as pernas aos quais pode recorrer.

Estão disponíveis nas Clínicas BodyScience, por isso, marque já a sua primeira consulta gratuita, sem compromisso, para que lhe possa ser proposto um plano de ação individualizado.

1. Bodywave

O tratamento Bodywave funciona através de um método vibro magnético inovador, tornando possível ajudar a eliminar a celulite, a melhorar em momentos de retenção de líquidos ou no caso de deficiente circulação sanguínea.

O Bodywave congrega também uma forte componente terapêutica, uma ação anti inchaço, com redução considerável das dores e sensação de peso nas pernas, promovendo a eliminação de líquidos e a diminuição de centímetros nas áreas tratadas.

Saiba mais sobre este tratamento para desinchar as pernas aqui >>

2. Endermologia LPG

Este tratamento permite fazer uma drenagem linfática eficaz e sem riscos, o que ajuda a eliminar vários problemas como celulite, retenção de líquidos e melhorar o aspeto e tonicidade do seu corpo após a gravidez.

A Endermologia LPG realiza uma massagem mecanizada de ação profunda, natural, indolor, não invasiva e até relaxante, que desencadeia um processo de drenagem das sobrecargas adiposas.

Com a sua aplicação, irá usufruir de uma sensação corporal relaxante que proporciona bem-estar geral, e a resolução de problemas localizados, como desinchar os pés.

Saiba mais sobre este tratamento para desinchar as pernas aqui >>

3. Pressoterapia

Para resolver problemas como celulite, gordura localizada, retenção de líquidos e promover uma desintoxicação geral do organismo, a pressoterapia é um tratamento apropriado, com resultados comprovados.

Este tratamento consegue incorporar três processos distintos num só tratamento:

  • Terapias de infravermelhos para tratamento da gordura corporal;
  • Pressoterapia para drenagem linfática;
  • Electroestimulação de baixa frequência para remodelar a silhueta, promover o emagrecimento, acelerar o metabolismo e a linfodrenagem.

Saiba mais sobre este tratamento para desinchar as pernas aqui >>

4 cuidados a ter diariamente para desinchar as pernas


desinchar as pernas gelo no joelho

Quando sentir as pernas inchadas e pesadas e todo o cansaço proveniente dessa sensação, há quatro coisas que pode fazer e que garantem um bem-estar imediato:

  • Descansar e apoiar as pernas, evitando caminhar;
  • Colocar gelo nas zonas inchadas durante 15 a 20 minutos;
  • Fazer compressão na zona, enrolando ligaduras de forma firme, mas que permite a correta circulação sanguínea;
  • Deitar-se com as pernas ao alto.

 

Desinchar as pernas: 4 meios de prevenção


desinchar as pernas correr na rua

A título preventivo, há algumas dicas a seguir para evitar as pernas inchadas e todo o desconforto associado. Descubra quais são:

1. Praticar exercício físico

Isso inclui uma caminhada ou corrida leve ao invés da prática de atividade física vigorosa, logo não tem desculpas para continuar dedicado ao sedentarismo. Se optar por exercícios mais intensos, é extremamente importante que faça alongamentos antes e depois de terminar o treino.

2. Usar calçado de apoio

Os sapatos adequados podem ajudar a corrigir problemas de marcha e evitar lesões. Para tal, deve escolher sapatos que correspondam à sua atividade e às suas necessidades específicas, logo não tenha apenas em conta a vertente estética na escolha do modelo.

3. Usar meias de compressão

Este produto aplica pressão na parte inferior da perna, o que pode ajudar a prevenir e aliviar o inchaço do pé e tornozelo causado por certas condições, como:

  • Trombose venosa profunda;
  • Linfedema;
  • Varizes;
  • Insuficiência venosa.

As meias devem ser usadas durante o dia e são mais adequadas para quem passar muitas horas na mesma posição, principalmente de pé.

4. Fazer uma dieta adequada

O sódio leva à retenção de líquidos, logo ao inchaço das pernas, pelo que deve evitar o seu consumo e deixar a fast food e comidas pré-embaladas apenas para momentos pontuais.

Veja também:

Mónica Carvalho Mónica Carvalho

Mónica Carvalho é licenciada em Jornalismo e Ciências da Comunicação, com Pós-Graduação em Comunicação, Assessoria e Marketing. Vê na produção de conteúdos uma forma de tornar o mundo um lugar mais interessante, curioso e acessível. Os livros, filmes, séries, música, desporto e, acima de tudo, as histórias das pessoas inspiram-na a querer sempre fazer mais e melhor.

O Vida Ativa disponibiliza e atualiza informação, não presta serviços de aconselhamento nutricional, de saúde ou de treino. O Vida Ativa não é proprietário nem responsável pelos produtos e serviços de terceiros apresentados, por conseguinte não será responsável por quaisquer perdas ou danos que possam resultar de quaisquer imprecisões ou omissões. A informação está atualizada até à data apresentada na página e é prestada de forma geral, tratando-se de textos meramente informativos, pelo que não constitui nem dispensa a assistência profissional qualificada e individualizada. Caso pretenda sugerir uma atualização, por favor, envie-nos a sua sugestão para: [email protected].