Como desenvolver a fala do bebé em 20 passos

As crianças comunicam desde que nascem, através do choro, dos sons, dos gestos, dos sorrisos e, mais tarde, das palavras. Desenvolver a fala do bebé é uma das grandes metas, expectativas e preocupações dos pais. Neste artigo vamos explicar como pode estimular a linguagem do seu bebé em 20 simples passos, sem preocupações.

Como desenvolver a fala do bebé em 20 passos
Não há duas crianças iguais!

Quando é que o meu bebé vai começar a falar? Como posso desenvolver a fala do bebé? São questões que todos os pais fazem quando esperam ansiosamente a primeira palavra do seu filho.

Desenvolver a fala do bebé e ajudá-lo a descobrir o prazer de comunicar é de extrema importância e pode ser feito de diferentes formas, recorrendo à linguagem verbal e à linguagem não-verbal.

O contexto favorece a aprendizagem


desenvolver a fala do bebe

A linguagem adquire-se através do prazer e da relação com outros, pelo que para aprender a comunicar as crianças necessitam que as condições seguintes estejam garantidas:

  • Ter um ambiente estimulante e rico em experiências;
  • Trocas verbais e não-verbais: ouvir os outros a falar e ter oportunidades para repetir ou imitar palavras e pequenas frases que ouvem;
  • Sentir necessidade ou desejo de comunicar.

 

Como desenvolver a fala do bebé em 20 passos


bebe a comecar a falar

1 – Tente que o bebé faça o contacto com o olhar enquanto conversam com ele: é importante mesmo que seja apenas por segundos; a expressão facial e os movimentos da boca e língua são essenciais;
2 – Faça com que o seu filho olhe para si e faça-o sentir os seus lábios e a sua face enquanto fala;
3 – Fale com o seu filho sempre que possível;
4 – Fale pausadamente;
5 – Utilize palavras simples;
6 – Faça frases curtas e com uma construção correta;
7 – Fale normalmente, não infantilizando o discurso;
8 – Narre o mundo: converse com o bebé sobre aquilo que o rodeia; por exemplo, na hora de trocar a fralda vá narrando as suas ações;
9 – Cante para o seu bebé: a repetição do refrão prende a atenção dos bebés; dê oportunidade ao seu filho de conviver com diferentes sons e melodias;
10 – Leia para o seu bebé: as histórias, para além do estímulo que representam à imaginação, aumentam o vocabulário e a curiosidade sobre a linguagem; aponte para as gravuras e nomeie-as;
11 – Estimule a convivência com outras crianças: a troca de experiências enriquece; as crianças tendem a observar-se e a imitar-se umas às outras;
12 – Encoraje o seu filho a escutar os sons que ouve: em casa, na rua, música;
13 – Chame pelo seu bebé, ajude-o a reconhecer o seu nome e das pessoas que o rodeiam, pelo uso frequente dos mesmos;
14 – Use gestos para o ajudar a compreender o que está a dizer: vai ajudar o seu filho a perceber melhor o que se lhe diz, a descobrir as possibilidades que o seu corpo lhe oferece e a integrar mais facilmente a linguagem que lhe transmite;
15 – Enriqueça pouco a pouco o seu vocabulário, nomeando os objetos frequentemente: nomeie as peças de roupa à medida que as tira ou mete dentro do armário; nomeie as partes do corpo enquanto o veste ou lhe dá banho; nomeie frutos, vegetais e outros alimentos enquanto faz as suas compras;
16 – Exponha o seu filho a uma grande variedade de experiências: a criança aprende experimentando;
17 – Reforce todas as verbalizações espontâneas e todas as produções de sons que o seu filho faz: dando-lhe atenção e respondendo-lhe positivamente;
18 – Faça jogos de imitação nos quais o seu filho tem que repetir um som ou uma palavra, reforçando-o sempre;
19 – É importante esperar pela resposta da criança, não importa o tempo que tiver que esperar, pois algumas crianças necessitam de mais tempo para organizar a resposta: lembre-se que comunicar não passa apenas pelo falar, mas também por aspetos não-verbais da comunicação;
20 – Não fale pela criança: dê tempo para que seja a criança a iniciar uma conversa.

Em conclusão…


Muitas mais dicas e estratégias poderiam ser escritas sobre como desenvolver a fala do bebé. O importante é que vocês, pais, sãos os modelos dos vosso filho e é graças a vocês, que o vosso filho aprenderá a usar a linguagem adequadamente. É com vocês que o bebé conta para escutarem os seus primeiros sons e desde logo conversarem com ele.

Lembrem-se que, felizmente, todos os bebés são diferentes e cada bebé tem o seu ritmo próprio. Respeite o ritmo do seu filho, contudo, se estiver preocupado com o desenvolvimento da linguagem do seu bebé não hesite em recorrer ao pediatra que o acompanha de forma a tirar todas as suas dúvidas.

Veja também:

Psicóloga Ana Graça Psicóloga Ana Graça

Mestre em Psicologia, pela Universidade do Minho, com a dissertação “A experiência de cuidar, estratégias de coping e autorrelato de saúde”. Especialização (Pós-Graduada) em Neuropsicologia Clínica, Intervenção Neuropsicológica e Neuropsicologia Geriátrica. Membro efetivo da Ordem dos Psicólogos Portugueses, com especialidade em Psicologia Clínica e da Saúde e Neuropsicologia. Para além da Psicologia é apaixonada por viagens, leitura, boa música, caminhadas ao ar livre e tudo o que proporcione felicidade!

O Vida Ativa disponibiliza e atualiza informação, não presta serviços de aconselhamento nutricional, de saúde ou de treino. O Vida Ativa não é proprietário nem responsável pelos produtos e serviços de terceiros apresentados, por conseguinte não será responsável por quaisquer perdas ou danos que possam resultar de quaisquer imprecisões ou omissões. A informação está atualizada até à data apresentada na página e é prestada de forma geral, tratando-se de textos meramente informativos, pelo que não constitui nem dispensa a assistência profissional qualificada e individualizada. Caso pretenda sugerir uma atualização, por favor, envie-nos a sua sugestão para: [email protected].