Quer fazer dieta? Desconfie das que forem assim!

As dietas podem ter mil e uma variações e cada uma promete a sua eficácia, nem sempre comprovada. Se a dieta que escolher seguir estes pontos, passe para outra!

Quer fazer dieta? Desconfie das que forem assim!
Pontos chave que precisa de saber sobre a adopção de determinadas dietas.

Algumas regras alusivas a determinados regimes alimentares devem fazê-lo desconfiar de uma dieta. Atualmente existe uma série de dietas conhecidas, muitas delas famosas nas redes sociais.

Ainda que muitas estejam associadas ao sucesso ao nível da perda de peso, as consequências para a saúde são uma realidade e, por essa razão, deverá consultar sempre um nutricionista e evitar as dietas da moda ou dietas standard que em nada têm em conta a individualidade, condições de saúde e necessidades de cada um.

As dietas da moda caracterizam-se por determinadas restrições alimentares, resultados certos e em específico espaço de tempo, com outros tipo de regras que deve seguir. Muitas apresentam resultados, no entanto, regra geral não são duradouros, não promovem a adopção de hábitos alimentares saudáveis e podem comprometer a sua saúde.

Desconfie de uma dieta que…


desconfie de uma dieta e balanca a marcar peso

  1. Prometa uma fórmula mágica para resolver o seu problema de excesso de peso sem que tenha de mudar o seu estilo de vida ou hábitos alimentares.
  2. Prometa uma perda de peso rápida em determinado espaço de tempo. Por exemplo: “perca 5kg em apenas 1 semana!”
  3. Indique que determinados alimentos queimam gordura e que por isso tem de basear a sua dieta nesses mesmos alimentos. Exemplo: como perder gordura abdominal com a dieta da laranja.
  4. Implique a restrição de alimentos de determinado grupo de alimentos, como por exemplo, a restrição de produtos lácteos ou frutas e vegetais.
  5. Implique a toma de determinados suplementos, geralmente associados à própria dieta, para que consiga perder peso.
  6. Se baseie apenas em alimentação líquida.
  7. Não tenham estudos científicos que suportem a veracidade das alegações nutricionais associadas à dieta.
  8. Seja aplicável a qualquer pessoa, sem ter em conta as características que diferem cada indivíduo e as necessidades individuais.

 

Por que razões deve desconfiar desse tipo de dietas?


falsa dieta

A expressão “cada caso é um caso” aplica-se perfeitamente no contexto de saúde e especificamente no âmbito da nutrição: cada pessoa tem necessidades diferentes e, como tal, uma dieta deve ser adaptada a essas mesmas necessidades tendo em conta o peso, altura, estilo de vida, idade e género e a presença de determinadas condições clínicas. Desconfie de uma dieta que seja feita aplicável a qualquer indivíduo, sem ter em conta as características de cada um.

Uma dieta saudável pressupõe uma alimentação completa e equilibrada, não se restringindo apenas a determinados grupos de alimentos ou a alimentos específicos.

Como já foi referido – cada caso é um caso – a evolução da perda de peso é sempre diferente, não sendo possível prever de forma exata quanto peso e em quanto tempo uma pessoa pode perder, com a adopção de determinada dieta ou estilo alimentar.

É possível perder peso de forma saudável, sem recurso a suplementos ou outros químicos, tendo em vista a mudança de hábitos e promovendo a manutenção dos resultados obtidos. Estes mesmos resultados são suportados por alterações nos seus hábitos alimentares e na prática de exercícios físico – desconfie de uma dieta que alega não ter de mudar o seu estilo de vida para conseguir os seus resultados porque, na prática, isso não é possível.

Quando confiar em alguma dieta?


nutricionista

A dieta ideal é aquela que é feita para si, e só para si: a partir das suas necessidades, objetivos e estado de saúde. Consulte um nutricionista e confie nos profissionais de saúde habilitados para tal.

Por muito que algumas dietas sejam seguidas por determinadas figuras públicas e que sejam publicitadas nos meios de comunicação social, muitas não são sustentadas pela evidência científica e nem sempre é exposta a total realidade das condições de algumas dietas.

Tome as devidas precauções e evite colocar a sua saúde em risco, consulte sempre um profissional de saúde e procure informação em fontes científicas devidamente credíveis.

Veja também:

Nutricionista Margarida Beja Nutricionista Margarida Beja

Margarida Beja é Nutricionista (1859NE) e trabalha atualmente no Reino Unido na área da gestão de peso. Anteriormente, trabalhou também no âmbito da nutrição comunitária e nutrição clínica e esteve envolvida em projetos ligados à prevenção da obesidade infantil, coaching e marketing nutricional. É licenciada em Dietética e Nutrição pela Escola Superior de Tecnologia da Saúde de Lisboa.

Cofidis