Publicidade:

Dicas para dar um boost à vida de casado: enfrentar as 9 etapas da vida de casado

Um relacionamento a dois pode não ser fácil, principalmente em etapas mais cruciais, por isso ajudamos a dar um boost à vida de casado.

 
Dicas para dar um boost à vida de casado: enfrentar as 9 etapas da vida de casado
9 etapas e como enfrentá-las com sucesso.

De acordo com os dados do INE – Instituto Nacional de Estatística, há cerca de 32.000 casamentos por ano, número esse que tem vindo a baixar, ano após ano. Por isso, revelamos 9 fases importantes da vida de casado e como dar um boost à vida de casado.

Tudo isto nos leva a pensar no quão difícil é encontrar um parceiro com quem queiramos dividir tudo na vida e, após essa etapa, perceber como conviver harmoniosamente e em felicidade com outra pessoa, todos os dias.

Tendo em conta esta premissa, a autora Susan Shapiro Barash escreveu o livro “The Nine Phases of Marriage — How to Make It, Break It, Keep It”, em que classificou o casamento em 9 etapas diferentes, dando dicas para ultrapassar todas com sucesso. Para tal, a autora entrevistou mais de 200 mulheres entre os 21 e os 85 anos sendo, conseguindo, assim, uma perspetiva mais feminina sobre o tema. Descubra também como dar um boost à vida de casado.

9 etapas da vida de casado e como enfrentá-las com sucesso


Etapa 1: Noivado

dar um boost a vida de casado e noivado

Esta é a fase mais perfeita da vida de um casal pois é embalada por três ingredientes-chave para um casamento feliz: paixão, intimidade e compromisso. Nesta fase já superara alguns problemas e acreditam que poderão resistir a tudo o que aconteça.

Apimente a sua relação!
Dê o boost que precisa à sua relação com o estimulante sexual certo. Encontre aqui!

Recomendação: a paixão e a intimidade são fáceis de encontrar nesta fase, mas deverá também desenvolver uma forte e sólida amizade com o parceiro para sustentar melhor o casamento.

Etapa 2: Esposa perfeita

esposa perfeita

Antes do casamento, existia um acordo implícito de que as tarefas domésticas seriam compartilhadas. Porém nem sempre isso acontece, principalmente devido a dois motivos: o homem acha que já cumpriu com a parte mais difícil que foi sobreviver à festa de casamento; e a mulher quer demonstrar uma força sobre-humana, achando-se uma super mulher que pode ser bem sucedida em todos os seus papéis, acabando por se sentir sobrecarregada e pouco valorizada.

Recomendação: viver a dois e perceber a rotina um do outro pode ser um verdadeiro choque e nenhum dos elementos do casal deve tolerar tudo. Conversem e estabeleçam tarefas, para trazer mais tranquilidade e estabilidade ao início da vida a dois.

Etapa 3: Chegou o primeiro filho

primeiro filho

Após o nascimento do primeiro filho, a atitude de uma mulher tende a mudar, havendo alguma perda de interesse no marido e, consequentemente, na diminuição da quantidade e qualidade dos momentos a dois.

Recomendação: a mulher nunca se deve perder no papel de mãe, descuidando do relacionamento. Os elementos de um casal deverão falar sobre como vão receber a criança no seio familiar, como a vão educar, sem esquecer do amor que a originou.

Etapa 4: Sensação de distanciamento

casal distante

Geralmente, após os nove ou dez anos de casamento, o casal começa a acusar algum desgaste, fruto de discussões que tiveram ao longo dos anos, de formas diferentes de lidar com as situações, sendo mesmo muitas as mulheres que consideravam benéfico uns dias separados.

Recomendação: as discussões e desacordos fazem parte de todos os relacionamentos que terá ao longo da vida e não apenas com os amorosos, pelo que aprenda a lidar com a situação. Para isso, deverá ser explícito na forma como exprime a opinião e flexível o suficiente para saber lidar com pensamentos diferentes, racional para encontrar a decisão mais acertada e seguir em frente, sem ficar a remoer no assunto.

Etapa 5: Distância

Caso extra conjugal

Já com cerca de 15 anos de casamento, à medida que as crianças se tornam mais independentes, muitas esposas pensam mais em si, podendo até ocorrer um caso extra matrimónio.

Recomendação: as esposas que sentem uma perda de proximidade devem fazer um esforço concertado para melhorar o clima entre o casal e planear mais tempo com o parceiro.

Etapa 6: Pensar em divórcio

possivel divorcio

Se os problemas da etapa 5 não forem resolvidos, poderão agravar-se ao ponto de, nesta etapa 6, a mulher pensar que não está numa relação saudável e harmoniosa e da qual não está a receber o carinho e atenção desejados. A palavra divórcio poderá começar a aparecer.

Recomendação: antes de avançar para o divórcio, experimente a terapia em casal ou até mesmo sozinho. Se mesmo assim não resultar, passem umas semanas ou até meses separados para darem espaço um ao outro e perceberem se o divórcio é mesmo o melhor caminho.

Etapa 7: Avaliação

avaliacao da relacao

Nesta fase, que pode ocorrer, entre os 15 e os 30 anos de casamento, poderá avaliar a sua própria relação, em jeito de retrospetiva, bem como compará-la com outras. E depois verá que já tem amigos separados, divorciados, viúvos ou mesmo solteiros e percebe que não é esse o caminho que deseja para si, fazendo com que aprenda a valorizar mais o parceiro.

Recomendação: o facto de se sentir seguro não significa que não deve continuar a lutar pelo romance e pelos momentos a dois. Para dar um boost à vida de casado, poderão planear uma grande viagem a dois, por exemplo.

Etapa 8: Equilíbrio

casal tranquilo

Até aqui, o casal já reconhece os próprios pontos fortes e fracos, havendo uma maior autenticidade e genuidade na forma como lidam um com o outro.

Recomendação: seja sempre gracioso e generoso no apoio ao parceiro, principalmente em épocas de mudanças e procure continuar a ter hábitos em comum.

Etapa 9: Amor compassivo

casal com tempo para si mesmo

À medida que o tempo passa, a relação amadurece e entra numa fase de estabilidade, respeito mútuo e acalmia. As preocupações com questões como dinheiro, carreira ou educação dos filhos ainda podem ser um problema, no entanto, são interpretados de forma mais serena, a dois.

Recomendação: sejam sempre a rede de segurança um do outro.

A sua relação já não é o que era? Escolha aqui o estimulante sexual à sua medida e sinta a diferença!

Veja também:

Mónica Carvalho Mónica Carvalho

Mónica Carvalho é licenciada em Jornalismo e Ciências da Comunicação, com Pós-Graduação em Comunicação, Assessoria e Marketing. Vê na produção de conteúdos uma forma de tornar o mundo um lugar mais interessante, curioso e acessível. Os livros, filmes, séries, música, desporto e, acima de tudo, as histórias das pessoas inspiram-na a querer sempre fazer mais e melhor.

O Vida Ativa disponibiliza e atualiza informação, não presta serviços de aconselhamento nutricional, de saúde ou de treino. O Vida Ativa não é proprietário nem responsável pelos produtos e serviços de terceiros apresentados, por conseguinte não será responsável por quaisquer perdas ou danos que possam resultar de quaisquer imprecisões ou omissões. A informação está atualizada até à data apresentada na página e é prestada de forma geral, tratando-se de textos meramente informativos, pelo que não constitui nem dispensa a assistência profissional qualificada e individualizada. Caso pretenda sugerir uma atualização, por favor, envie-nos a sua sugestão para: [email protected].