Publicidade:

Como não estragar a dieta no Natal, mesmo comendo alguns doces?

Como não estragar a dieta no Natal? Se pensa que lhe vamos dizer para não comer nenhum doce, engana-se!

 
Como não estragar a dieta no Natal, mesmo comendo alguns doces?
Se fez um grande esforço para controlar o peso durante o ano, não perca a forma no Natal.

Chegou o mês de Dezembro e com ele as festas, mais precisamente o Natal, a passagem de ano e todos os eventos sociais (principalmente jantares) que lhe estão associados.

E para quem se esforçou o ano inteiro para manter ou conquistar a boa forma, a questão “como não estragar a dieta no Natal?” torna-se bastante pertinente.

E é precisamente a esta questão que vamos tentar dar resposta neste artigo, colocando em prática algumas dicas simples, mas que podem fazer toda a diferença.

Como não estragar a dieta no Natal?


1. Procure manter a sua rotina alimentar

Como nao estragar a dieta no natal e cumprir horarios

Provavelmente, na semana que antecede e que sucede ao Natal a sua rotina torna-se um pouco diferente, principalmente se estiver de férias: mais jantares fora com amigos, deitar e acordar mais tarde, fazer refeições fora de horas, entre outros.

No entanto, é importante tentar manter a estrutura dos seus dias o mais próximo possível do habitual, principalmente no número de refeições que costuma fazer, de modo a controlar melhor a fome e resistir às tentações características desta época.

O pequeno-almoço é uma das refeições mais importantes, que importa sempre tomar. Nos dias em que acorda mais tarde, faça uma refeição mais leve, comendo apenas 1 peça de fruta ou iogurte magro.

2. Não vá jantar fora ou para a ceia de Natal com fome

ceia de natal

Num jantar de Natal, seja em restaurante, seja a própria ceia de Natal, devido à maior disponibilidade de alimentos disponível, existe, naturalmente, maior tendência a exagerar nas quantidades ingeridas.

Então, como não estragar a dieta no natal? Para minimizar esta situação e não se exceder tanto nestas ocasiões, coma qualquer coisa ligeira em casa antes de ir jantar fora ou antes de se sentar na sua mesa de natal. Desta forma, irá para o jantar com o estômago mais “composto” e não terá tanta vontade de comer maior volume de alimentos no restaurante.

Boas opções para estas situações são a sopa de legumes, 1 peça de fruta ou 1 iogurte magro ou natural. E atenção: não salte refeições durante o dia, pensando que assim poderá compensar no jantar!

3. Use um prato pequeno durante a ceia e almoço de Natal e evite as entradas

prato pequeno de natal

Se utilizar um prato mais pequeno nestas refeições, irá controlar mais facilmente as quantidades ingeridas, diminuindo a probabilidade de exagerar na refeição.

Além de diminuir as quantidades, evite acompanhar as refeições com pão e com os seus tradicionais recheios: queijos, enchidos, manteiga, ou qualquer outro tipo de entrada.

4. Evite comer uma dose inteira de cada sobremesa

bolo rei no natal

Como lhe dissemos inicialmente, a resposta a como não estragar a dieta no natal não está em não comer doce nenhum. Logicamente, esta altura do ano traz doces típicos associados, a maioria dos quais só consumidos nesta quadra.

O que lhe sugerimos é que prove apenas uma pequena porção de cada sobremesa e não um prato inteiro e que se sirva apenas 1 vez. Desta forma, consome de tudo mas em pequenas quantidades, o que diminui significativamente as calorias ingeridas. Mesmo na fruta, tenha moderação!

5. Faça versões alternativas e caseiras dos principais doces de natal

rabandas saudaveis

Quer passe o natal em sua casa, quer vá a casa de um familiar, experimente fazer os seus doces de natal. Existem inúmeras receitas que podem ser adaptadas de modo a tornarem-se mais saudáveis, ficando saborosas na mesma.

No caso das rabanadas, opte por leva-las ao forno em vez de fritar; no caso do pão-de-ló, opte por diminuir o teor de açúcar; no caso do bolo-rei, troque por bolo rainha; na aletria e no arroz doce, diminua o açúcar, utilize leite magro e mais claras de ovo para aumentar o conteúdo proteico.

6. Modere a ingestão de bebidas alcoólicas e refrigerantes

diferentes bebidas alcoolicas

Nos tradicionais jantares de natal e até mesmo na ceia e dia de natal, as refeições são, por norma, acompanhadas por refrigerantes e / ou bebidas alcoólicas, os quais fornecem bastantes calorias e contribuem também para o aumento de peso nesta época.

Para ter uma ideia, cada grama de álcool fornece cerca de 7 kcal e cada grama de açúcar (fornecido pelos refrigerantes) fornece cerca de 4 kcal /g, o que faz com que uma destas bebidas ronde as 150-300 Kcal.

Como tal, se não conseguir mesmo evitar, opte por consumir apenas uma bebida (se for refrigerante, opte pela versão light ou zero) e intercale com água.

7. Hidrate-se!

beber agua com regularidade

A ingestão de água é fundamental para saúde, desintoxicação dos excessos alimentares e para o controlo do apetite nesta altura mais crítica.

Além disso, a água ajuda a evitar a ingestão de bebidas com elevado valor energético, como referido anteriormente. Como tal, beber pelo menos 1,5l de água ou chá sem açúcar por dia, é outra das respostas para como não estragar a dieta no natal.

8. “Limpe” a sua dispensa e frigorífico depois do natal

frigorifico com comida saudavel

Retire de casa todos os doces ricos em açúcar e / ou em gordura que sobraram do natal e que podem constituir uma atração difícil de resistir nos dias seguintes.

Após o Natal, é altura para regressar à rotina alimentar e evitar os excessos, algo que fica muito facilitado se apenas tiver em casa alimentos “pouco comprometedores” para atacar.

Além disso, aprenda a poupar algumas calorias na sua alimentação nos dias seguintes para compensar, de certa forma, alguns dos excessos do natal.

9. Mexa-se!

caminhar todos os dias

Nestes dias mais propícios a excessos alimentares, evite passar os seus dias no sofá. Opte por caminhar, correr ou ir até ao ginásio. Este tipo de atividades podem ajudar bastante a descontrair e influenciar o apetite, promovendo a saciedade. Por outro lado, dão sempre uma ajudinha para queimar as calorias extra que se ingere nesta altura.

Além disso, se ficar no sofá, mesmo que não tenha fome, provavelmente, vai acabar por petiscar mais qualquer coisa, o que também não ajuda na sua gestão de peso.

Agora que já sabe como não estragar a dieta no natal, comece já a aplicar estas dicas e entre em janeiro em forma!

Veja também:

Nutricionista Rita Lima Nutricionista Rita Lima

Rita Lima é nutricionista, licenciada em Ciências da Nutrição pela Faculdade de Ciências da Nutrição e Alimentação da Universidade do Porto em 2016 e frequentou o Curso de Nutrição no Desporto na mesma faculdade. É membro efetivo da Ordem dos Nutricionistas.

O Vida Ativa disponibiliza e atualiza informação, não presta serviços de aconselhamento nutricional, de saúde ou de treino. O Vida Ativa não é proprietário nem responsável pelos produtos e serviços de terceiros apresentados, por conseguinte não será responsável por quaisquer perdas ou danos que possam resultar de quaisquer imprecisões ou omissões. A informação está atualizada até à data apresentada na página e é prestada de forma geral, tratando-se de textos meramente informativos, pelo que não constitui nem dispensa a assistência profissional qualificada e individualizada. Caso pretenda sugerir uma atualização, por favor, envie-nos a sua sugestão para: [email protected].