Publicidade:

Saiba como eliminar gordura abdominal e não voltar a ganhá-la!

Trabalhar para ter uma barriga sem gordura é possível. Saiba como pode eliminar gordura abdominal e como essa mudança pode ser importante na sua vida.

 
Saiba como eliminar gordura abdominal e não voltar a ganhá-la!
4 Dicas que vão fazer a diferença na sua barriga.

Eliminar gordura abdominal, para além da questão estética, também deve ser tida em consideração pela questão de saúde e bem-estar. Esta gordura localizada pode significar um elevado risco para a saúde, nomeadamente ao nível de doenças cardiovasculares ou diabetes.

É verdade que nem sempre parece fácil perder as gordurinhas a mais na zona da barriga, principalmente porque muitas vezes não o tentamos da forma mais correta. Mas é possível e não deve desistir de alcançar o seu bem-estar físico e psicológico, apenas há que trabalhar para isso.

4 dicas para uma barriga sem gordura


1. Fazer exercício físico

eliminar gordura abdominal

Pode parecer demasiado óbvia, mas esta dica é indispensável. Procure mentalizar-se das vantagens que o exercício físico terá na sua saúde e focar-se no seu objetivo de eliminar gordura abdominal. Existem inúmeras opções de exercícios que podem contribuir positivamente para uma barriga sem gordura, desde aulas de grupo, treinos individuais, atividades ao ar livre…

Se possível, procure aconselhar-se com um Personal Trainer (PT), num ginásio ou numa empresa de serviço de PT, por exemplo. Um profissional irá com certeza aconselhar-lhe os exercícios mais adequados para a sua situação em particular e ajudá-lo a alcançar melhores resultados.

2. Cumprir os cuidados alimentares

mulher com alimentos saudaveis

Esta dica é também fundamental para eliminar gordura abdominal, mas também para se manter assim e não voltar a ganhá-la.

Existem alguns alimentos que devem ser incluídos na sua alimentação, por serem ricos em fibra e, por isso, melhorarem o funcionamento intestinal, ajudando a perder volume na zona abdominal ao evitarem situações de prisão de ventre e flatulência:

  • Frutas;
  • Legumes;
  • Cereais integrais;
  • Sementes (por exemplo, de sésamo, de linhaça moída ou de chia);
  • Líquidos (como água, chás ou infusões).

Para além desta questão, é importante que tenha em conta alguns cuidados alimentares que irão evitar uma ingestão alimentar muito calórica, como:

  • Comer várias vezes ao dia;
  • Optar por fontes magras de proteínas, como carnes brancas e peixe;
  • Não comer em grandes quantidades em cada refeição, mas sim pouco nas várias refeições do dia;
  • Consumir com moderação alimentos ricos em hidratos de carbono, como arroz, massa, batata e pão;
  • Evitar ao máximo doces, fritos, enchidos, bebidas alcoólicas e refrigerantes.

Todos estes cuidados irão sem dúvida ajudar a eliminar gordura abdominal, mas o ideal será consultar um nutricionista, que irá fazer uma avaliação da sua condição física e aconselhá-lo no melhor sentido, tanto a nível dos cuidados específicos a ter, assim como ao nível de um plano alimentar personalizado.

3. Escolher os melhores chás

cha com limao

Para além da importância de uma correta hidratação, fundamental para um correto funcionamento do organismo e para eliminar gordura abdominal, escolher os chás ou as infusões mais indicados poderá ser uma ajuda extra.

Para além de serem um complemento à hidratação diária e à eliminação de toxinas, bebidas diuréticas são um grande aliado para combater o inchaço abdominal e a retenção de líquidos. São excelentes exemplos o chá de cavalinha, de hibisco e de alcachofra.

Para além disso, alguns chás poderão funcionar como alimentos termogénicos, que irão aumentar a temperatura corporal e, assim, aumentar o metabolismo, o que irá contribuir para “queimar” gordura. Neste caso, o chá verde é uma excelente opção.

4. Procurar os melhores tratamentos estéticos

massagem a barriga

Existe uma panóplia de oferta de tratamentos estéticos, dependendo daquilo que procura. Aliados às outras dicas, estes tratamentos poderão ter resultados muito bons.

Drenagem linfática, lipocavitação e massagens localizadas são três exemplos que poderão ser uma grande ajuda para eliminar gordura abdominal. Este tipo de tratamentos vai ajudar a ativar a circulação sanguínea, contribuir para a eliminação de toxinas e/ou gordura e ajudar a modelar a silhueta.

Importante será relembrar que estes tratamentos não tratam o excesso de peso. É importante manter bons hábitos alimentares e um estilo de vida saudável e, apenas neste caso, os tratamentos estéticos serão uma boa forma de potenciar os resultados.

Em suma…


Estas 4 dicas completam-se e, por isso, podem e devem ser feitas em conjunto. Procure junto de um profissional de cada área as melhores soluções para si. Eliminar a gordura abdominal será muito mais fácil, para além dos bons hábitos que irá naturalmente criar.

Bom trabalho!

Veja também:

Nutricionista Carolina da Costa Arcanjo Nutricionista Carolina da Costa Arcanjo

Mulher, tripeira e Nutricionista (C.P. 2181N). É licenciada em Ciências da Nutrição pela Universidade Católica Portuguesa e autora do blog "Comer para crer". Desenvolveu atividade em várias áreas da Nutrição, mas a paixão pela área clínica e pela comunicação tem prevalecido.

O Vida Ativa disponibiliza e atualiza informação, não presta serviços de aconselhamento nutricional, de saúde ou de treino. O Vida Ativa não é proprietário nem responsável pelos produtos e serviços de terceiros apresentados, por conseguinte não será responsável por quaisquer perdas ou danos que possam resultar de quaisquer imprecisões ou omissões. A informação está atualizada até à data apresentada na página e é prestada de forma geral, tratando-se de textos meramente informativos, pelo que não constitui nem dispensa a assistência profissional qualificada e individualizada. Caso pretenda sugerir uma atualização, por favor, envie-nos a sua sugestão para: [email protected].