Publicidade:

3 passos para lidar com o stress e acalmar os nervos

Numa era em que vivemos assoberbados com a rotina e com as quezílias diárias, fique a par de algumas estratégias para lidar com o stress e acalmar os nervos.

 
3 passos para lidar com o stress e acalmar os nervos
Para uma mente e corpo em perfeito equilíbrio conete-se com o seu interior

Dado que é uma reação natural face a determinadas situações de vida é importante que aprendamos a lidar com o stress e acalmar os nervos.

O Health and Safety Executive (HSE) descreve o stress como uma “reação adversa das pessoas à pressão excessiva ou outro tipo de situações que lhes são impostas. Surge quando elas percebem que são incapazes de estas situações” (1).

A correria diária, os diversos afazeres, a pressão profissional, são algumas situações causadoras de stress e, por isso, é necessário encontrar estratégias para ultrapassar estes estados de profunda ansiedade e cansaço. Estudos referem que a resposta ao stress pode ser uma reação apropriada e até benéfica sendo que muitas pessoas são capazes de lidar com o stress sem efeitos adversos (2).

Lidar com o stress: aspetos que precisa de identificar


Se sente dificuldade em lidar com o stress, o primeiro passo é, sem dúvida alguma, saber identificar o problema. Apesar de se sentir desgastado com as constantes pressões do dia-a-dia, é importante ter a noção que o stress afeta não só a sua saúde mental, mas também a física.

Uma estratégia fundamental para lidar com o stress é, precisamente, aprender a escutar os avisos do corpo: tem dores de cabeça ou enxaquecas regulares? Sofre com tensão muscular ou tem picos de ansiedade?

Tente identificar as causas, tal como as soluções para aumentar o seu bem-estar. O que é que pode efetivamente alterar na sua rotina diária? Que instrumentos tem ao seu dispor para  que a pressão no trabalho não o afete tanto?

Aconselhamo-lo vivamente a reformular o seu estilo de vida: aprenda a delegar ou a fazer o mesmo serviço de forma diferente. Não deixe que as pequenas contrariedades diárias o afetem demasiado. Faça uma lista de prioridades na sua vida, reorganize-se.

3 técnicas para lidar com o stress da melhor forma


mulher a concentrar-se para lidar com o stress no trabalho

Uma vez que o stress afeta tanto o corpo como a mente, se encontrar estratégias que lhe permitam ter uma relação saudável nos momentos mais difíceis, pode reduzir o seu efeito. Apontamos algumas delas:

1. Faça um relaxamento muscular: pode começar por grupos musculares (cabeça, tronco e membros). Contraia cada grupo e solte de seguida e à medida que vai fazendo, acompanhe com umas boas respirações e perceba como fica cada vez mais relaxado. Exercícios mais específicos e ajustados a cada indivíduo devem ser realizados por profissionais da área.

2. Pratique respirações abdominais um pouco todos os dias.

3. Faça atividades relaxantes e que lhe deem prazer, como praticar exercício físico, este pode ser eficaz no alívio do stress; ouvir música, ou outro hobbie que goste.

Dicas para reduzir o stress no seu dia-a-dia


  • Esforce-se por fazer uma alimentação saudável. A alimentação serve para nutrir o corpo e não para compensar estados emocionais. Os sentimentos de bem-estar podem ser protegidos ao garantir que a nossa dieta forneça quantidades adequadas de nutrientes cerebrais, como vitaminas e minerais essenciais e de água;
  • Crie relacionamentos de suporte;
  • Ria;
  • Escreva e/ou pinte;
  • Durma bem: quando mais stressados mais comuns são os problemas de sono. Por isso, tente garantir que descansa o suficiente;
  • Pratique atividades terapêuticas como o mindfulness ou pilates clínico;
  • Mantenha as coisas em perspetiva e não se culpabilize tanto, seja o seu melhor amigo.

A capacidade de resistir e aumentar a resiliência a estes efeitos varia entre os indivíduos de acordo com sua genética, fisiologia, experiências e o ambiente em que se encontram (2).

O stress em si não é uma doença mas se os sintomas persistirem pode levar a problemas de saúde sérios. Esteja atento aos sinais do seu corpo e mente e se pretender lidar com o stress da melhor forma, procure ajuda profissional.

Veja também:

Fontes

1. Health and Safety Executive (2008) Working together to reduce stress at work – a guide for employees, Sudbury. Acedido em 20  de setembro de 2019 em:
www.hse.gov.uk/stress 
2. Mental Health Foundation: Stress are we coping? Acedido em 20 de setembro de 2019 em:
https://www.evidence.nhs.uk/search?pa=2&q=stress
3. Mental Health Foundation: Manage and Reduce Stress. Acedido em 20 de setembro de 2019 em: 
https://www.mentalhealth.org.uk/sites/default/files/how-to-manage-and-reduce-stress.pdf
4. NHS Self Help Guide: Stress. Acedido em 20 de setembro em:
https://web.ntw.nhs.uk/selfhelp/leaflets/Stress%2010pt%202016%20FINAL.pdf

Psicóloga Carolina Pinheiro Psicóloga Carolina Pinheiro

Psicóloga Clínica, membro efetivo da Ordem dos Psicólogos (CP n.º 22212). Licenciada em Psicologia e Saúde Mestre em Psicologia Clínica pelo Instituto Universitário Ciências da Saúde. Formada em Hipnose Clínica e Programação Neurolinguística com especialização avançada em Avaliação e Reabilitação Neuropsicológica da Infância à Idade Adulta pelo Instituto CRIAP. Exerce atividade em contexto Universitário no Instituto Universitário Ciências da Saúde, em contexto Hospitalar, no Hospital da Luz e em clínica privada.

O Vida Ativa disponibiliza e atualiza informação, não presta serviços de aconselhamento nutricional, de saúde ou de treino. O Vida Ativa não é proprietário nem responsável pelos produtos e serviços de terceiros apresentados, por conseguinte não será responsável por quaisquer perdas ou danos que possam resultar de quaisquer imprecisões ou omissões. A informação está atualizada até à data apresentada na página e é prestada de forma geral, tratando-se de textos meramente informativos, pelo que não constitui nem dispensa a assistência profissional qualificada e individualizada. Caso pretenda sugerir uma atualização, por favor, envie-nos a sua sugestão para: [email protected].