Publicidade:

Como combater os excessos do final do ano e voltar à sua rotina habitual

Após a entrada no novo ano, é tempo de combater os excessos do final do ano. Para isso, trazemos-lhe 8 dicas essenciais para conseguir atingir os seus objetivos.

 
Como combater os excessos do final do ano e voltar à sua rotina habitual
Estratégias para equilibrar a sua alimentação após uma época de excessos.

Depois do período de Natal e logo após a passagem de ano, é importante combater os excessos do final do ano e começar ou retomar uma alimentação saudável, com base no equilíbrio. Se já não se tinha uma alimentação adequada anteriormente, está na altura de começar a ter alguns cuidados e a adquirir novos hábitos. Se já se tinha cuidados ao nível da alimentação mas cometeram-se mais excessos ultimamente, tem agora oportunidade de voltar a atingir o equilíbrio e retomar a rotina anterior.

Uma alimentação saudável não deve ter épocas, sendo que devemos praticá-la todo o ano. No entanto, as festividades de fim de ano englobam uma série de eventos sociais, tradições e momentos de prazer sendo, por isso, uma altura em que se costuma comer mais doces, salgados, bebidas alcoólicas e outros extra.

Evitar dietas restritivas e regimes yo-yo é fundamental: na dúvida e para melhores esclarecimentos, consulte sempre um nutricionista e obtenha um acompanhamento personalizado e adequado às suas necessidades, hábitos e objetivos.

Como combater os excessos do final do ano


1. Praticar exercício físico

combater os excesso do final do ano e exercicio fisico

Praticar exercício físico com regularidade e aumentar a carga de treino após o período de excessos. Procurar uma atividade ou desporto que lhe dê prazer e fazer disso parte da sua rotina.

O exercício físico tem vários benefícios para a saúde e pode ajudar a reequilibrar os danos provocados por um período de maior liberdade ao nível alimentar.

2. Manter-se hidratado

infusao e agua aromatizada

É fundamental uma boa hidratação e beber líquidos ao longo do dia, preferencialmente água, chás e infusões ou águas aromatizadas com ingredientes a gosto.

3. Não saltar refeições

rotina alimentar

Equilibrar a frequência das refeições: evitar estar mais de 3 horas sem comer. Optar por fazer refeições mais leves, com menores quantidades e evitar saltar refeições ao longo do dia.

Lembrar-se sempre que a disciplina é uma das palavras-chave para atingir os seus objetivos.

4. Evitar o consumo de bebidas alcoólicas

consumo de vinho

Após um período caracterizado por maior consumo de álcool, evitar o consumo de bebidas alcoólicas. Além de não serem benéficas do ponto de vista da sua saúde em geral, o álcool apresenta valor calórico e contribui também para o aumento dos números na balança.

5. Aumentar o consumo de legumes e verduras

legumes e verduras

Na forma de sopa, saladas ou a acompanhar as refeições: aumentar o consumo destes alimentos ricos em vitaminas, minerais e fibras pode ajudar a equilibrar o organismo e combater os excessos cometidos no final do ano.

6. Fazer refeições leves

especiarias para confeccao

Optar por refeições leves é uma das melhores opções para combater os excessos do final do ano. Com pouca adição de gordura na confecção e no prato, este deve ser um dos principais pontos a modificar.

Em vez de adicionar sal, optar por ervas aromáticas ou especiarias é a melhor solução. Preparar as refeições a partir de alimentos frescos e evitar o consumo de refeições pré-confeccionadas e alimentos processados também fazem parte dos pontos essenciais a alterar.

7. Preparar as suas próprias refeições

marmita para o trabalho

Evitar comer fora e levar as suas refeições para o trabalho: além de ser uma forma de poupar dinheiro, evita que se consumam alimentos menos saudáveis nos cafés ou restaurantes.

8. Congelar as sobras ou oferecer a amigos e família

alimentos congelados

Se ainda tem sobras das épocas festivas, não é obrigado a comer: oferecer a alguém ou congelar para uma ocasião de festa em que seja permitido comer alguns alimentos extra e menos saudáveis é a melhor opção.

Veja também:

Nutricionista Margarida Beja Nutricionista Margarida Beja

Margarida Beja é Nutricionista (1859NE) e trabalha atualmente no Reino Unido na área da gestão de peso. Anteriormente, trabalhou também no âmbito da nutrição comunitária e nutrição clínica e esteve envolvida em projetos ligados à prevenção da obesidade infantil, coaching e marketing nutricional. É licenciada em Dietética e Nutrição pela Escola Superior de Tecnologia da Saúde de Lisboa.

O Vida Ativa disponibiliza e atualiza informação, não presta serviços de aconselhamento nutricional, de saúde ou de treino. O Vida Ativa não é proprietário nem responsável pelos produtos e serviços de terceiros apresentados, por conseguinte não será responsável por quaisquer perdas ou danos que possam resultar de quaisquer imprecisões ou omissões. A informação está atualizada até à data apresentada na página e é prestada de forma geral, tratando-se de textos meramente informativos, pelo que não constitui nem dispensa a assistência profissional qualificada e individualizada. Caso pretenda sugerir uma atualização, por favor, envie-nos a sua sugestão para: [email protected].