Publicidade:

Conheça o papel do colostro na amamentação

O colostro é considerado a "primeira vacina" do bebé, por assumir um papel importante no combate das infeções, bem como alimentar e suprir as necessidade.

Conheça o papel do colostro na amamentação
Colostro ou ouro líquido. Saiba tudo sobre isto!

Assim que o bebé nasce é colocado no peito da mãe e, nessa altura, começa a aventura da amamentação, onde se verifica a libertação de colostro ou o primeiro leite, que constituí o primeiro alimento do seu bebé. No caso de amamentar, e apesar de ser produzido em pequena quantidade (que é compatível ao tamanho do estômago do bebé), é uma fonte viva de anticorpos, constituindo uma primeira defesa do recém-nascido, sendo essencial no sistema imunitário do bebé.

Este tipo de leite garante a alimentação do bebé até se dar a “subida” do leite, o que acontece entre o 2º e o 4º dia após o parto e a puérpera sente um aumento do volume mamário, os seios encontram-se mais duros e engurgitados, poderão estar mais ruborizados e quentes, surgindo um leite de transição mais branco.

O leite materno passa por três fases no primeiro mês de vida do bebé: o colostro, o leite de transição e o leite maduro.

Colostro: características


colostro bebe a ser amamentado

É um tipo de leite altamente concentrado, amarelo e espesso, quando comparado com o leite maduro (com coloração mais esbranquiçada), sendo uma fórmula rica em proteína, nutrientes e imunoglobulinas, com um baixo teor em gordura sendo de fácil digestão e pobre em lactose (o açúcar do leite).

O colostro também é constituído por fatores de crescimento, que estimulam o crescimento de membranas mucosas nos intestinos  e desenvolvem as bactérias consideradas “boas” no intestino do seu bebé.

Uma das suas principais características é que a sua constituição vai ser feita tendo em conta as necessidades específicas de cada bebé.

Em comparação ao leite maduro, é mais rico em proteínas e tem menos gorduras. Por ser muito concentrado, o bebé só necessita de ingerir uma pequena quantidade a cada mamada.

Colostro: o seu papel no combate das infeções

colostro leite no biberao

Este tipo de leite é constituído na sua grande parte por glóbulos brancos (que são elementos extremamente importantes no combate das infeções), estes produzem anticorpos que podem ajudar a neutraliza vírus ou bactérias, que podem causar um sem número de patologias, como por exemplo, gastroenterites.

Colostro: vantagens para o bebé


colostro bebe a mamar

O colostro traz inúmeras vantagens para o bebé, entre elas:

  • Papel fulcral na prevenção de variadas doenças, sendo considerado a primeira e a melhor “vacina” para o bebé;
  • Previne a obstipação, atuando como um laxante, fazendo com que o bebé evacue mecónio (fezes verdes escuras, compostas por células epiteliais dos intestinos, água, lanugo, líquido amniótico e bile) várias vezes ao dia, geralmente após cada mamada. É importante ter a noção de que assim que o bebé nasce, a sua flora intestinal não está totalmente formada e o colostro vai ajudá-la a desenvolver-se, através da presença de lactose – que leva à produção da lactobacillus bifidus (as bactérias boas do intestino);
  • Evacuar várias vezes ajuda a combater a icterícia (ou seja, pele e mucosas amareladas, devido à acumulação de bilirrubina devido ao fígado do bebé ainda não a conseguir processar), pois ajuda a eliminar a bilirrubina através das fezes;
  • Previne a cegueira, devido ao papel importante que tem a vitamina A, presente no colostro;
  • Reforça os ossos e o coração do bebé, devido a um dos constituintes do leite, o magnésio. Por sua vez, o zinco ajuda no desenvolvimento do cérebro e existe quase quatro vezes mais zinco no colostro do que no leite maduro;
  • É ideal na transição do bebé do ambiente uterino para o exterior, devido a ter uma composição semelhante à do líquido amniótico;
  • Previne o aparecimento de alergias;
  • Reduz o risco do Síndrome de Morte Súbita;
  • Fortalece a relação mãe-bebé.

 

Colostro: dicas importantes para a mãe


colostro mae e bebe agua

Para que se sinta bem com o aparecimento do colostro e consiga manter a amamentação deve:

  • Utilizar um soutien adequado ao tamanho do seu seio materno, idealmente um soutien de amamentação com bom suporte e sem aros;
  • Usar uma almofada de amamentação para ajudar a solidificar o processo de amamentação;
  • Ingerir grandes quantidades de água e alimentar-se adequadamente, de forma a favorecer a amamentação.

Veja também:

Enfª Bárbara Andrade Enfª Bárbara Andrade

Bárbara Andrade é Enfermeira Especialista em Reabilitação e Formadora em várias entidades. Desta forma, tem como princípios a promoção e a educação para a Saúde nas diferentes faixas etárias. Terminou a Especialidade em Enfermagem de Reabilitação na ESEnfCVPOA e exerce atualmente o cargo de enfermeira no CHEDV - HSS.

O Vida Ativa disponibiliza e atualiza informação, não presta serviços de aconselhamento nutricional, de saúde ou de treino. O Vida Ativa não é proprietário nem responsável pelos produtos e serviços de terceiros apresentados, por conseguinte não será responsável por quaisquer perdas ou danos que possam resultar de quaisquer imprecisões ou omissões. A informação está atualizada até à data apresentada na página e é prestada de forma geral, tratando-se de textos meramente informativos, pelo que não constitui nem dispensa a assistência profissional qualificada e individualizada. Caso pretenda sugerir uma atualização, por favor, envie-nos a sua sugestão para: [email protected].