Collie: tudo o que precisa de saber sobre esta raça

A Lassie pode ter ajudado o Collie a ser um dos cães mais populares do mundo, mas a raça destaca-se por si só e não desilude, apresentando as mesmas características de lealdade e coragem retratadas na ficção. Detentor de uma grande beleza e de um temperamento vivo, tem uma incrível capacidade para saber quando algo está errado.

Collie: tudo o que precisa de saber sobre esta raça
O pelo longo e abundante é uma das suas imagens de marca.

Depois de alguns cruzamentos, o Collie divide-se em duas variedades distintas:

  • Rough Collie ou de pelo comprido – pelagem áspera e longa, com subpelo macio e abundante;
  • Smooth Collie ou de pelo curto – pelagem lisa e curta, com subpelo grosso.

 

Características gerais do Collie


Grupo: Grupo 1 – Cães de Pastor e Boieiros (excepto Boieiros Suíços)

Finalidade: cão pastor

Ambiente ideal: casa ou apartamento com espaço exterior

País de Origem: Reino Unido (Escócia)

Porte: médio

Altura: de 51cm a 61cm

Peso ideal: de 18kg a 30kg

Cor: areia (do dourado claro ao mogno profundo), tricolor (preto, cor de fogo e branco), branco, azul melro

Esperança Média de Vida: entre 14 a 16 anos

Preço médio: de 360€ a 730€

 

Características específicas do Collie


Por culpa da sua herança de cão pastor, tem tendência a mordiscar os calcanhares quando está a brincar. Evite, no entanto, este tipo de comportamento, pois pode assustar crianças e outros animais.

Vive bem na cidade ou no campo, desde que tenha espaço para descarregar a sua energia. É ativo na rua, mas pode tornar-se preguiçoso em casa, pelo que a estimulação física e mental não deve ser esquecida.

Energia
Inteligência
Tolerância ao frio
Tolerância ao calor
Cuidados de higiene
Queda de pelo
Tendência para problemas de saúde
Facilidade de aprendizagem
Socialização com crianças
Socialização com estranhos
Socialização com cães
Socialização com gatos

Fases da vida do Collie


Bebé

0 – 12 meses

Adulto

12 meses – 10 anos

Idoso

10 – 16 anos

Físico do Collie


collie

Tem um corpo comprido e elegante, com rins pouco arqueados e um peito profundo. Pode ter duas variedades de pelo: curto ou comprido, sendo que este último deve apresentar-se denso e abundante. A cabeça, alongada e em forma de cunha, é proporcional em relação ao corpo e iluminada por olhos laterais amendoados. A cauda, também comprida e tufada, surge ligeiramente encurvada na extremidade.

Temperamento do Collie


Não são cães de temperamento agressivo, pelo contrário, mas tendem a ser suspeitos, principalmente com estranhos ou com pessoas que mostrem medo. Sensível, protetor e muito dócil com os seus familiares, é especialmente carinhoso com as crianças, tolerando as suas brincadeiras.

Podem ser teimosos, mas têm uma grande capacidade de aprendizagem e estão desejosos de agradar, apesar de ficarem aborrecidos com exercícios muito repetitivos.

Problemas de Saúde do Collie


Olhos

  • CEA (Collie Eye Anomaly) – desenvolvimento inadequado dos olhos que pode provocar cegueira.

Pele e músculos

  • Dermatomiosite.

Sangue

  • Neutropenia clínica canina, também conhecida por Síndrome do Collie Cinza (nível baixo de neutrófilos).

 

Cuidados a ter com o Collie


Pelo

  • Deve ser escovado duas vezes por semana, de preferência com uma escova de cerdas, capaz de retirar os pelos mortos e eliminar nós. Pulverize o pelo com um condicionador diluído em água e, de seguida, aplique pó de talco para a escovagem.

Dentes

  • Escove os seus dentes duas vezes por semana e incentive a mastigação para os manter saudáveis, pois podem cair em idade precoce.

 

Origem do Collie


A raça descende de uma variedade de cães pastores originários da Escócia e do País de Gales. Foi depois cruzada com outras raças, originando uma estirpe mais “nobre” e com pelos mais compridos.

No início do século XIX, chamou a atenção dos ingleses, especialmente da Rainha Vitória, que entrou pela primeira vez em contacto com a raça numa visita ao Castelo de Balmoral. A monarca decidiu trazer alguns exemplares para Inglaterra, divulgando a sua beleza em diversas exposições de cães.

A origem do seu nome suscita algumas dúvidas. Alguns acreditam que vem do termo escocês “Colley”, usado para designar um tipo de ovelha com focinho e patas pretas. Outros defendem que deriva da palavra inglesa “collar”, que remete para a beleza da sua gola.

Curiosidades sobre o Collie


Quem não conhece a Lassie, muito provavelmente o cão mais famoso do mundo? O Collie deve a sua popularidade a esta personagem canina, criada pelo escritor inglês Eric Knight no livro Lassie Volta a Casa, mais tarde adaptado para vários filmes e séries de televisão.

Da música à literatura, muitos foram os que se apaixonaram pela raça. O cantor Elvis Presley e a sua mulher, Priscilla, tinham um exemplar chamado Baba; e o escritor Edgar Rice Burroughs, conhecido por ter criado o Tarzan, possuía um Collie branco de nome Raja.


Conheça mais raças de cães:

Todas as raças de cães

Todas as
raças de cães

Raças de cães pequenos

Raças de
cães pequenos

Raças de cães médios

Raças de
cães médios

Raças de cães grandes

Raças de
cães grandes

Mafalda Braga Mafalda Braga

Depois da licenciatura em Comunicação Social e Cultural e do mestrado em Media e Jornalismo, tirados na Universidade Católica Portuguesa, fez um estágio na extinta Rádio Clube Português e outro na Revista Máxima, onde ficou a trabalhar durante cinco anos e meio. Passou ainda pela Revista Must, suplemento do Jornal de Negócios, e atualmente é jornalista freelancer. Além desta área, tem uma grande paixão por cinema, viagens, animais e comida, de preferência com muito sol a acompanhar.

O Vida Ativa disponibiliza e atualiza informação, não presta serviços de aconselhamento nutricional, de saúde ou de treino. O Vida Ativa não é proprietário nem responsável pelos produtos e serviços de terceiros apresentados, por conseguinte não será responsável por quaisquer perdas ou danos que possam resultar de quaisquer imprecisões ou omissões. A informação está atualizada até à data apresentada na página e é prestada de forma geral, tratando-se de textos meramente informativos, pelo que não constitui nem dispensa a assistência profissional qualificada e individualizada. Caso pretenda sugerir uma atualização, por favor, envie-nos a sua sugestão para: [email protected].