Publicidade:

Chow Chow: tudo o que precisa de saber sobre esta raça

O Chow Chow mais parece um animal de peluche do que um cão, pelo seu aspeto farfalhudo e amoroso, que se coadunam com uma personalidade calma, de bom guardião, independente, leal e reservado. Não é um cão afável, mas o cenário muda de figura quando nos referimos aos donos, pessoas a quem o Chow Chow tem uma devoção cega.

 
Chow Chow: tudo o que precisa de saber sobre esta raça
Uma raça independente e leal.

A juba de pelo é a característica física que mais distingue o Chow Chow. Esta raça quase reúne muitos animais num só: a nobreza de um leão, a fofice de um panda, o encanto de um urso, a graça e a independência de um gato, a lealdade e devoção de um cão.

Originário da China, este cão manteve-se sempre digno e reservado e mesmo não gostando muito de ser abraçado, a sua lealdade não tem limites para com os donos. Com as outras pessoas, a relação deve ser cautelosa, visto que é um animal altamente territorial e protetor, mas a socialização pode ajudar, e muito, desde que implementada desde jovem.

Características gerais do Chow Chow


Grupo: Grupo 5 – Cães de tipo Spitz e de tipo Primitivo

Finalidade: cão de caça

Ambiente ideal: apartamento

País de Origem: China

Porte: médio

Altura: de 45cm a 56cm

Peso ideal: de 20kg a 25kg

Cor: preto, azul, ruivo, castanho ou branco

Esperança Média de Vida: entre 12 a 15 anos

Preço médio: de 500€ a 600€

 

Características específicas do Chow Chow


O Chow Chow é uma das raças de cães mais antigas do mundo e adequada para diversos tipos de tarefas a que foi sendo associado historicamente, como a caça, cuidar do rebanho e proteção de locais e pessoas.

Energia
Inteligência
Tolerância ao frio
Tolerância ao calor
Cuidados de higiene
Queda de pelo
Tendência para problemas de saúde
Facilidade de aprendizagem
Socialização com crianças
Socialização com estranhos
Socialização com cães
Socialização com gatos

 

Fases da vida do Chow Chow


Bebé

1 – 12 meses

Adulto

12 meses – 12 anos

Idoso

12 – 15 anos

Físico do Chow Chow


chow chow

Em termos físicos, o Chow Chow possui um crânio achatado e largo, com focinho de comprimento moderado, que finaliza numa uma grossa trufa preta ou de cor clara, de acordo com a cor predominante do pelo.

Os olhos são, geralmente, escuros e ovais, podendo adquirir uma tonalidade mais clara em cães de pelo azul ou ruivo.

O ar de carrancudo é-lhe conferido pelo posicionamento das pequenas orelhas arredondadas, sempre eretas e rígidas.

Temperamento do Chow Chow


Este cão faz jus ao tamanho e ladra igualmente muito, principalmente na presença de estranhos – daí que o treino deva ser feito desde cachorro e com comandos assertivos e diretos.

A lealdade para com a sua família é tão grande que se forem deixados sozinhos por muito tempo reagem mal e podem começar a roer os móveis.

Problemas de Saúde do Chow Chow


Ossos

  • Luxação patelar.

Olhos

  • Alterações oftálmicas.

Outros

  • Predisposição para a obesidade.

 

Cuidados a ter com o Chow Chow


Pelo

  • O Chow Chow com pelo liso precisa ser escovado uma vez por semana. O Chow Chos de pele mais áspero deve ser escovados diariamente.

Dentes

  • Escovar diariamente.

 

Origem do Chow Chow


A origem do Chow Chow é a China, país onde, há mais de dois mil anos, era utilizado na guarda de rebanhos e dos juncos, como cão de carruagem e como cão de caça.

Uma história que foi alterada aquando da entrada desta raça no ocidente, no final do séc. XIX, quando a rainha Vitória, protetora dos animais, adotou um exemplar. A partir daí, o Chow Chow tornou-se num cão de luxo e companhia. Foi também nesta etapa da sua existência que os cuidados britânicos conseguiram domesticar a raça, tornando-se mais sociável e menos agressiva.

Curiosidades sobre o Chow Chow


Na China, a raça teve vários nomes: cão com a língua preta, cão lobo, cão urso e Songshi Quan, designação atual, que significa “cão leão empolado”.

O Chow Chow possui a língua azul e os chineses têm uma lenda para isso mesmo: enquanto Deus criava o Universo e pintava o céu de azul, terá deixado cair algumas gotas de tinta que foram lambidas por esta raça, conferindo-lhe a língua azul. Todavia, na verdade, esta cor relaciona-se com uma predisposição genética que causa o depósito extra de melanina na língua.

Elvis Presley e Martha Stewart assumiram-se como fãs da raça, possuindo alguns exemplares.

É a única raça de cão com 44 dentes, já que as restantes têm 42 dentes.


Conheça mais raças de cães:

Todas as raças de cães

Todas as
raças de cães

Raças de cães pequenos

Raças de
cães pequenos

Raças de cães médios

Raças de
cães médios

Raças de cães grandes

Raças de
cães grandes

Mónica Carvalho Mónica Carvalho

Mónica Carvalho é licenciada em Jornalismo e Ciências da Comunicação, com Pós-Graduação em Comunicação, Assessoria e Marketing. Vê na produção de conteúdos uma forma de tornar o mundo um lugar mais interessante, curioso e acessível. Os livros, filmes, séries, música, desporto e, acima de tudo, as histórias das pessoas inspiram-na a querer sempre fazer mais e melhor.

O Vida Ativa disponibiliza e atualiza informação, não presta serviços de aconselhamento nutricional, de saúde ou de treino. O Vida Ativa não é proprietário nem responsável pelos produtos e serviços de terceiros apresentados, por conseguinte não será responsável por quaisquer perdas ou danos que possam resultar de quaisquer imprecisões ou omissões. A informação está atualizada até à data apresentada na página e é prestada de forma geral, tratando-se de textos meramente informativos, pelo que não constitui nem dispensa a assistência profissional qualificada e individualizada. Caso pretenda sugerir uma atualização, por favor, envie-nos a sua sugestão para: [email protected].