Chartreux: tudo o que precisa de saber sobre esta raça

O Chartreux é uma raça que está profundamente enraizada na cultura francesa, embora seja um gato raro de encontrar fora do seu país de origem. Com o seu atraente pelo cinzento-azulado e uma expressão que parece sorrir, é um felino de temperamento tranquilo e silencioso, preferindo comunicar com o dono através do olhar.

Chartreux: tudo o que precisa de saber sobre esta raça
Independente, mas muito ronronante.

Não há dúvidas que o Chartreux é francês, mas a raça divide opiniões quanto à origem do seu nome. Alguns defendem que advém do mosteiro da Grand Chartreuse, onde dizem ter vivido em tempos junto dos monges. No entanto, uma pesquisa recente indica que, devido à sua aparência e pelagem, tenha ficado com o nome de uma lã espanhola muito conhecida no início do século XVIII.

A tonalidade do seu manto pode torná-lo parecido com outras raças de cores semelhantes, como é o caso do Azul Russo ou do Azul Inglês. Porém, o Chartreux tem a cabeça e o corpo mais arredondados que o primeiro, mas é menos cheio que o segundo.

Características gerais do Chartreux


Grupo: Gatos de pelo curto

País de Origem: França

Porte: médio/grande

Peso ideal: de 3kg a 7,5kg

Cor: cinzento-azulado

Esperança Média de Vida: de 11 a 15 anos

Preço médio: de 470€ a 1200€

 

Características específicas do Chartreux


O Chartreux raramente demonstra os seus sentimentos e, por isso, é uma das raças menos faladoras, embora contemple os seus donos com muitos ronrons, demonstrando a sua alegria e afetividade. Por um lado, o facto de ser silencioso agrada certamente a muitas pessoas, por outro pode tornar-se um problema, já que este gato não costuma reclamar quando algo o está a incomodar, preferindo sofrer quieto. É importante, por isso, estar sempre atento ao seu bem-estar.

Prefere viver em ambientes calmos e não gosta de ruídos altos e estranhos, pelo que discussões e gritos são de evitar, pois tornam-no facilmente assustadiço. De resto, é uma raça tolerante que se adapta facilmente a várias situações e estilos de vida.

Energia
Inteligência
Tolerância ao frio
Tolerância ao calor
Cuidados de higiene
Queda de pelo
Tendência para problemas de saúde
Facilidade de aprendizagem
Socialização com crianças
Socialização com estranhos
Socialização com cães
Socialização com gatos

Fases da vida do Chartreux


Bebé

0 – 24 meses

Adulto

24 meses – 11 anos

Idoso

11 – 15 anos

 

Físico do Chartreux


chartreaux

De estrutura óssea forte, o Chartreux é um gato grande e robusto, com ombros largos, peito profundo e coxas musculosas. A cabeça, arredondada mas não esférica, apresenta um formato de trapézio invertido, com bochechas cheias e particularmente desenvolvidas no macho. Os olhos são redondos e expressivos, com uma cor que varia de amarelo a cobre intenso, e as orelhas, de tamanho pequeno ou médio, inserem-se ao alto.

O pelo, que pode ter várias tonalidades de azul, é curto, lustroso e espesso, lembrando o de uma lontra, até porque também repele a água.

Temperamento do Chartreux


É um gato meigo, discreto e independente, que, apesar de tudo, mantém uma relação próxima com a sua família humana. Pode identificar-se com um membro preferido, sendo-lhe mais fiel, e quando quer companhia, é capaz de seguir o dono para todo o lado, dormindo inclusivamente aos pés da sua cama.

O Chartreux tem uma alta capacidade de socialização com outros animais, preferindo afastar-se quando é mal recebido, em vez de retaliar. Reservado com estranhos, vai pensar duas vezes se interage com eles, mas, devido ao seu caráter observador, não hesitará em tirar-lhes as medidas e controlar-lhes os movimentos durante a visita.

Problemas de Saúde do Chartreux


Ossos

  • Luxação patelar.

Dentes

  • Em alguns Chartreux, os dentes de leite não caem, pelo que é necessário arrancá-los quando os definitivos nascerem.

Ouvidos

  • Otites.

Rins

  • Cálculos renais.

 

Cuidados a ter com o Chartreux


Pelo

  • O seu pelo espesso exige uma escovagem semanal. Contudo, a CFA (Cat Fanciers’ Association) recomenda que se passe diariamente os dedos pelo manto do Chartreux, em vez de o escovar.

Ouvidos

  • Limpe uma vez por semana, pois este gato tem uma segregação auricular maior que outras raças.

Dentes

  • Escove os seus dentes semanalmente para evitar doenças periodontais.

Alimentação

  • Como é um gato que demora a amadurecer, precisa que lhe seja oferecida uma ração própria para gatinhos até mais tarde.

 

Origem do Chartreux


Como muitas outras raças de gatos, a sua origem é incerta, mas diz-se que os antepassados do Chartreux eram gatos selvagens provenientes de uma região montanhosa onde hoje se encontra a Síria, daqui levados para França no século XVIII pelos Cruzados.

Segundo os historiadores, a raça era, por essa altura, a mais popular em França, e uma teoria defende que muitos exemplares teriam vivido com os monges Cartuxos, que lhe emprestaram o nome. No entanto, o percurso do Chartreux não foi fácil pois, devido à comercialização do seu pelo e carne, encontrava-se quase extinto na década de 80 do século XIX.

Perto de 1920, uma colónia foi descoberta numa ilha ao largo da Bretanha por duas freiras, que começaram a reprodução seletiva da raça, exibindo-a pela primeira vez dez anos depois. Contudo, a Segunda Guerra Mundial voltou a ameaçá-la de extinção, mas alguns criadores conseguiram salvar este gato, cruzando os exemplares que restavam com Azuis Ingleses e Azuis de Pelo Curto.

Curiosidades sobre o Chartreux


Uma das primeiras admiradoras da raça foi a escritora francesa Collete, que no seu livro A Gata conta a história de um exemplar da raça Chartreux chamada Saha, inspirada na sua própria gata. O general Charles de Gaulle também era um apaixonado pela raça, possuindo um Chartreux de nome Gris Gris.

Após a sua morte, a pele do Chartreux era muito comercializada em épocas mais remotas, devido às características da sua cor e pelo facto de a pelagem ter uma textura semelhante à da lontra.


Conheça mais raças de gatos:

Todas as raças de gatos

Todas as
raças de gatos

Raças de gatos sem pelo

Raças de gatos
sem pelo

Raças de gatos de pelo curto

Raças de gatos
de pelo curto

Raças de gatos de pelo longo

Raças de gatos
de pelo longo