Ceviche de robalo: receitas de fazer crescer água na boca

Original do Peru, o ceviche é talvez o prato que melhor representa a gastronomia peruana. Há quem o veja como um prato da moda, mas a sua história conta já com muitos anos (milénios mesmo) de existência. E opções não faltam. Veja as nossas sugestões de ceviche de robalo. Propostas que o vão deixar a salivar só de ler a receita.

Ceviche de robalo: receitas de fazer crescer água na boca
Do Peru para o mundo, este petisco não pára de conquistar adeptos.

Procura ideias para uma entrada diferente ou até para o prato principal do seu almoço ou jantar? Então e que tal um delicioso ceviche de robalo?

Se a ideia lhe agrada, não procure mais, porque temos algumas propostas para si desta iguaria proveniente do Peru, que conta já com vários milénios de existência ou não se data-se do ano 2000 A.C. Sim, ainda que a receita tenha vindo a ganhar destaque na nossa cozinha nos anos mais recentes, a verdade é que este prato já fazia parte da alimentação dos povos Incas. E foi este prato com uma vasta história que apresentou a culinária peruana ao mundo. Aliás, pode mesmo dizer-se que o ceviche é (talvez) o prato que melhor representa a gastronomia do Peru.

No fundo, trata-se de um prato à base de cubos de peixe cru, curado (ou “cozido”) numa solução cítrica e ácida feita com sumo de limão e outros temperos. O sumo do limão origina um processo químico que altera a proteína do peixe, modificando a sua textura e até o sabor. Ora, sendo Portugal um país onde o peixe fresco é uma constante à mesa e o limão uma presença assídua nos temperos, não é de estranhar que não faltem adeptos ao ceviche por cá.

E se há várias opções de receitas, desta feita vamos falar-lhe de ceviche de robalo. Deixe-se deliciar pelas propostas que selecionamos para si.

4 receitas de ceviche de robalo


1. Ceviche de robalo

Ceviche de robalo

Simplesmente isso, uma receita rápida, mas muito saborosa.

– Ingredientes –

  • 2 filetes de robalo
  • 1 tomate
  • 1 cebola roxa
  • 1 abacate pequeno
  • 2 limões
  • Coentros, azeite e sal q.b.

– Modo de preparação –

  1. Corte os filetes de robalo, o tomate e a cebola roxa em cubinhos.
  2. Pique os coentros e misture tudo numa taça.
  3. Tempere o preparado com o sumo de meio limão, azeite e sal.
  4. De seguida, pique o abacate e junte à mistura delicadamente.
  5. Corte os limões no meio e nas pontas. Use-os como base para servir o ceviche.
  6. Enfeite com folhas de coentros e sirva frio.

2. Ceviche de robalo com abacate, kumquat e salicórnia

Ceviche de robalo com abacate, kumquat e salicornia

Uma receita de cores e sabores vibrantes.

– Ingredientes –

  • 1 filete de robalo com cerca de 400 gramas
  • ½ cebola roxa
  • 1 limão
  • 2 limas
  • 1 c. de sopa de leite de coco
  • 1 malagueta vermelha
  • 1 raminho de coentros
  • 3 kumquats
  • 1 abacate
  • Azeite virgem extra q.b
  • Salicórnia q.b
  • Flor de sal q.b

– Modo de preparação –

  1. Primeiro, lave o peixe e enxugue-o com papel absorvente.
  2. Depois corte o peixe em cubos com cerca de 1 cm e reserve num recipiente.
  3. Adicione o sumo das limas e do limão, bem como o leite de coco e uma pitada de sal. Misture tudo bem e deixe marinar durante cerca de 20 minutos. O peixe deverá ficar opaco (significa que está a ficar “cozido” pela ação do ácido dos citrinos).
  4. Depois, junte a cebola cortada em cubos pequenos ou em fatias finas e a malagueta cortada às rodelas fininhas.
  5. Sirva com o abacate cortado em cubos, rodelas de kumquat e um fio de azeite.
  6. Termine com a salicórnia, folhas de coentros e uma pitada de flor de sal. Sirva bem fresco.

Dica: Se quiser ainda, pode acrescentar manga laminada, gomos de tangerina, morangos ou outro fruto fresco a gosto.

3. Ceviche de robalo com batata-doce e milho frito

Porque até os pratos mais simples podem ser aprimorados com uma dose de criatividade aqui fica mais uma sugestão.

– Ingredientes –

Para o caldo:

  • ½ caneca de caldo de peixe
  • ½ caneca de sumo de lima
  • ½ caneca de coentros
  • 1 cebola roxa pequena
  • ½ caneca de aipo picado
  • 1 c. de café de sal
  • 1 malagueta dedo de moça
  • 1 c. de café de gengibre ralado

Para o ceviche:

  • 200g de filetes robalo
  • 1 batata-doce
  • 1 c. de sopa de milho frito

– Modo de preparação –

  1. Comece pelo caldo. Triture todos os ingredientes do caldo, reservando algumas folhas dos coentros para polvilhar. Guarde no frigorífico.
  2. Corte o peixe aos cubinhos pequenos.
  3. Cerca de 15 minutos antes de servir, junte o peixe ao caldo e deixe marinar.
  4. Depois, adicione a batata-doce cortada aos cubos e o milho frito e sirva.

4. Ceviche de robalo com papaia e molho de laranja

Ceviche de robalo com papaia e molho de laranja

Uma proposta com um toque fresco, doce e tropical.

– Ingredientes –

  • 500g de filetes de robalo fresco cortado em tiras ou cubos pequenos
  • Sumo de 4 limões (ou o suficiente para cobrir os filetes)
  • 1 cebola cortada em cubos pequenos
  • 2 papaias maduras (bem firmes sem casca e cortadas em rodelas com 1,5 cm de espessura)
  • Sal e pimenta-do-reino q.b.
  • Azeite q.b.
  • 2 tomates maduros sem sementes cortados em cubos pequenos
  • ½ de chávena de chá de sumo de laranja
  • 1/3 de chávena de chá de coentros picados
  • ¼ de chávena de chá de hortelã picada
  • 1 pimenta dedo-de-moça/ pimenta aji picada

– Modo de preparação –

  1. Comece por colocar o peixe num recipiente de vidro e regue com o sumo do limão até cobrir o peixe.
  2. Junte a cebola e tape com película aderente. Reserve no frigorifico durante cerca de três horas para marinar (até o peixe mudar de cor ou ficar “cozido” pela marinada)
  3. Entretanto, polvilhe as rodelas de papaia com sal e pimenta-do-reino a gosto e doure-as numa frigideira com um fio de azeite.
  4. Disponha a papaia numa travessa. Depois disponha o peixe escorrido e o tomate por cima e reserve.
  5. Misture o sumo de laranja com os coentros, a hortelã, a pimenta dedo-de-moça, duas colheres de azeite e uma colher de chá rasa de sal.
  6. Regue o ceviche com o molho anterior e sirva.

> As receitas apresentadas neste artigo foram adaptadas das páginas Born Free, Faz e Come, Pelo Mundo e Ana Maria Braga, respetivamente.

Bom apetite!

Veja também: