Publicidade:

O que a cauda do seu cão lhe diz? Conheça a linguagem dos cães

A cauda do cão pode dizer-lhe muitas coisas, entre as quais como o cão se está a sentir. Aprenda a interpretar o que o seu melhor amigo lhe quer transmitir.

O que a cauda do seu cão lhe diz? Conheça a linguagem dos cães
Aprenda a ler a linguagem corporal do seu cão

A cauda do cão é o apêndice terminal mais posterior da coluna vertebral de um cão, ou seja, é constituída por vértebras móveis (6 a 23, dependendo do tamanho da cauda) e faz parte da sua coluna vertebral. Existem caudas de diferentes tamanhos, como mais compridas, curtas, médias, peludas ou com pelo raso, enroladas ou esticadas.

À volta das vértebras existe músculo que suporta o osso e que confere capacidade de movimento à cauda, especialmente na sua extremidade.

Funções da cauda do cão


cauda do  cao cauda branca cao

A cauda do cão tem várias funções, uma das quais a comunicação com outros animais. A cauda serve como uma antena para fazer a comunicação sobre o estado emocional do animal e também tem funções importantes no equilíbrio do cão.

1. Equilíbrio

A cauda do cão ajuda-o a equilibrar-se, especialmente em situações que não tem outro apoio, como quando salta, escala ou anda por cima de estruturas estreitas.

Por norma as caudas aumentam a agilidade do cão, especialmente se forem mais compridas e finas. Os músculos existentes na cauda têm uma função crucial na estabilização da coluna vertebral e apoio dos músculos das costas, permitindo ao animal ficar mais estável.

A cauda do cão também o auxilia em determinados movimentos, como quando precisa de mudar de direção em corrida sem cair.

2. Nadar

Cães que são bons nadadores, têm por norma uma cauda grossa e comprida. Estas caudas costumam ser fortes e ajudam no impulso do movimento dentro de água.

3. Proteger do frio

Algumas raças, especialmente as nórdicas, têm caudas muito peludas, que são utilizadas para conseguirem fazer isolamento térmico, encostando a cauda sobre o focinho.

4. Comunicação

A cauda é utilizada pela maioria dos cães para comunicarem entre si, e com as pessoas. A posição da cauda pode dizer muito sobre as emoções do cão naquele momento.

Apesar de maioritariamente a cauda servir para comunicar com os animais da mesma espécie, por convivermos com os cães, começamos a aprender a interpretar o que estes movimentos significam.

Um exemplo disso é quando chegamos a casa e os nossos cães nos recebem felizes com as suas caudas a abanar. No entanto, abanar a cauda nem sempre significa que o cão esteja feliz ou amigável.

Ao abanarem a cauda os cães contraem os músculos que cercam as glândulas anais debaixo da cauda, umas pequenas glândulas vestigiais, que libertam um odor único e individual de cada cão.

Diferentes movimentos da cauda do cão e o que significam


cauda do cao beagle pequeno

A cauda do cão serve para comunicar, portanto cada movimento que ele faz deve ser bem interpretado.

1. Abanar a cauda

Abanar a cauda parece corresponder a um sorriso social das pessoas. Os cães abanam a cauda quando vêm outros seres, como forma de saudação. Também ser um sinal de que está satisfeito ou quando interage com ouro animal, de lhe transmitir a mensagem que não o está a ameaçar.

Deve estar atento para que lado o cão abana a cauda e a que velocidade o faz. Se o seu cão estiver a abanar a cauda para o lado direito, muito provavelmente está feliz ou animado com alguma coisa. No entanto, nem sempre a cauda a abanar significa felicidade. Se estiver a fazer movimentos circulares com a cauda para o lado esquerdo, pode estar stressado, ansioso ou desconfortável com alguma situação.

A velocidade com que a cauda do cão se move também é importante. Se o cão movimenta a cauda rápido está feliz e descontraído, como por exemplo quando vê alguém que conhece. Quando por exemplo vê alguém que não conhece mas está a tentar interagir os movimentos da cauda são mais lentos.

Por outro lado, se a cauda estiver a abanar mas eu posição ereta, muito provavelmente o cão está excitado e a sua atitude pode ser imprevisível.

2. Posição natural sem abanar

Está posição revela que o cão está tranquilo e relaxado. A posição natural da cauda difere de raça para raça, sendo que na maioria das raças a cauda está caída perto dos calcanhares, enquanto outras raças têm a cauda naturalmente enrolada sobre o seu dorso ou ereta, se for curta.

3. Cauda para trás

A cauda para trás significa que o seu cão está curioso ou inseguro. Pode inclusive abanar a cauda devagar.

4. Cauda entre as patas

Esta posição é facilmente reconhecida pela maioria das pessoas como o cão estando com medo. Significa também que se sente submisso relativamente às pessoas ou outros cães.

Importância da cauda do cão


cauda do cao yorkshire com cauda cortada

A cauda do cão é importante devido às suas várias funções, mas em especial para que consiga comunicar com os outros cães.

Cães que têm a cauda cortada, para além de não ser permitido por lei para fins estéticos, têm bastante dificuldade a socializar com outros animais, devido à falta de interpretação destes da sua linguagem corporal. Podem inclusive desenvolver problemas de agressividade.

Veja também:

Fonte

1. Stanley Coren, PhD. (2011).  What a Dog’s Tail Wags Really Mean: Some New Scientific Data. Disponível em:
https://www.psychologytoday.com/intl/blog/canine-corner/201112/what-wagging-dog-tail-really-means-new-scientific-data

Dra. Patrícia Azevedo Dra. Patrícia Azevedo

Patrícia Azevedo é médica veterinária natural de Braga. Desde a sua infância que é apaixonada por animais e sempre teve a ambição de ser médica veterinária. Trabalhou como voluntária em associações de proteção e ajuda a animais errantes desde os 11 anos de idade . Iniciou o seu percurso como estudante desta área na Universidade de Trás-os-Montes e Alto Douro e concluiu os seus estudos no Instituto de Ciências Biomédicas Abel Salazar. Tem três gatos e uma cadela retirados da rua. Trabalha atualmente na sua cidade natal, em medicina e cirurgia de pequenos animais.

O Vida Ativa disponibiliza e atualiza informação, não presta serviços de aconselhamento nutricional, de saúde ou de treino. O Vida Ativa não é proprietário nem responsável pelos produtos e serviços de terceiros apresentados, por conseguinte não será responsável por quaisquer perdas ou danos que possam resultar de quaisquer imprecisões ou omissões. A informação está atualizada até à data apresentada na página e é prestada de forma geral, tratando-se de textos meramente informativos, pelo que não constitui nem dispensa a assistência profissional qualificada e individualizada. Caso pretenda sugerir uma atualização, por favor, envie-nos a sua sugestão para: [email protected].