Cão ou gato: qual o melhor para encaixar na sua vida?

Gostaria de expandir a família e não sabe se deve adotar um cão ou gato? Então, esperamos que este artigo ajude e seja esclarecedor.  na escolha do seu amigo.

Cão ou gato: qual o melhor para encaixar na sua vida?
Descubra qual o animal mais apropriado para si.

Antes de decidir por cão ou gato, o melhor a fazer é pensar que escolha o animal que escolher nunca lhe deve faltar amor, atenção e, claro, muitas horas de brincadeira!

Se há muitas pessoas que conseguem rápida e facilmente eleger entre cão ou gato, para aqueles que adoram animais em geral pode ser uma tarefa bastante inglória, na impossibilidade de ter mais que um amigo patudo. Assim sendo, reunimos as principais diferenças entre estes animais domésticos e, com isso, perceberá melhor se é uma pessoa mais de cão ou gato.

Cão ou gato: os pontos a considerar


cao ou gato

Para determinar qual é o animal de estimação mais adequado para si, criamos algumas categorias, que ajudam a perceber melhor as características de cada um. Cão ou gato: decida por si!

Visão

Ambos os animais são considerados predadores, o que significa que a sua perspicácia visual enfatiza o movimento sobre os detalhes, o que significa que um movimento rápido será notado, por mais pequeno que seja. Além disso, não estranhe se durante a noite ou em ambientes escuros percepcionar o seu animal a brincar ou a observar coisas estranhas que parecem invisíveis ao olhar humano.

Olfato

Os cães obtêm melhor pontuação neste ponto. Embora os gatos tenham um olfato melhor do que os humanos, o olfato canino é nada menos do que surpreendente. A maioria dos cães tem um focinho no qual o nariz é realmente o maior elemento. Eles conseguem detetar e distinguir odores quatro vezes melhor do que um gato.

Velocidade

Os gatos são velocistas naturais, com grande facilidade, também, de deslocação de flexibilidade. E neste aspeto os cães ficam mesmo em segundo plano, apesar de haver algumas raças que são realmente rápidas.

Resistência

Os cães são corredores naturais, e um cão apto e em boa forma pode mesmo correr durante horas, praticamente sem se cansar. Não é à toa que alguns donos se sentem extremamente cansados quando vão dar um passeio com os seus amigos de quatro patas.

Por sua vez, os gatos preferem outro tipo de desporto: o descanso, pois claro. Exceto se o assunto for comida: aí ninguém bate um gato esfomeado.

Inteligência

Os amantes de gatos podem argumentar que esses animais são inteligentes o suficiente para levar as pessoas a alimentá-los e cuidar deles com pouco mais do que ronronando em troca e um olhar sedutor. Quando se tem isto em conta, pode ser difícil argumentar de que realmente os cães são mais inteligentes. Todavia, se tivermos em conta todos os trabalhos para os quais os cães foram treinados, desde cheirar tumores malignos, a derrubar criminosos e até encontrar pessoas, aliando à sua elevada capacidade de resistência, então o vencedor desta categoria está descoberto.

Treino e obediência

Quando se trata de treinar cão ou gato, então não é difícil de perceber que os cães geralmente são mais fáceis de treinar. A mentalidade de um cão faz dele um animal pronto para seguir o líder sem questionar, já que, na larga maioria dos casos, são cães obedientes por natureza.

Normalmente, o treino de um cão é um processo de ensino e reforço de comandos que ajudam os donos a comunicar os seus desejos ao animal. Os cães são, por natureza, ansiosos para agradar, mas há sempre exceções e algumas raças têm temperamentos e aptidões de aprendizagem que podem ser mais difíceis de treinar.

Os gatos também podem ser treinados, mas é um trabalho que requer muita paciência, muito tempo e prática consistente para superar a sua natureza independente.

Para as pequenas tarefas do dia-a-dia, os gatos têm vantagem sobre os cães, já que os felinos usam a caixa de areia instintivamente e são mais higiénicos.

Espaço

Apesar de os cães poderem ser perfeitamente felizes vivendo num pequeno apartamento, nunca duvide que eles precisam de exercício ao ar livre. Por isso, se tem um estilo de vida ativo o cão é perfeito para levar consigo. Mas se é uma pessoa mais tranquila e caseira, então o gato poderá facilmente adaptar-se a esse estilo.

Custos

Esta é uma parte importante a ter em conta no processo de decisão. Tendencialmente, os cães são mais caros do que um gato, tendo em conta itens como alimentos, brinquedos, aulas de treino e despesas de veterinário / saúde.

Como os gatos são independentes por natureza, eles aprendem a cuidar de si mesmos e geralmente só dependem de seus humanos para se alimentar, desparasitação ou quando há algum problema de saúde associado.

Cão ou gato: já decidiu?


cao e gato juntos

A diferença não reside em escolher apenas entre um cão ou gato e respetivas características, mas é preciso também ter em conta a sua própria personalidade e hábitos.

A maioria das pessoas que prefere gatos são mais introvertidas, menos sociáveis e mais auto-suficientes, enquanto que os que preferem cães são mais sociais, interativos e abertos a novas experiências.

É preciso também ter em conta que um cão provavelmente exigirá um pouco mais do seu tempo e atenção do que um gato, pelo que se procura um companheiro de todas as horas e momentos, então o cão estará sempre lá para si. Já um gato pode ser bastante carinhoso e atencioso, mas só até certo ponto, já que pode, eventualmente, ficar entediado com mais facilidade do que os cães, e, nesse momento, o gato prefere ficar mais isolado, no seu cantinho.

Mas tudo isto não passam de generalidades e fatores como a genética, a raça, o temperamento das raças e a história do animal desempenham um papel sobre o quão amigável, sociável e ensinável ele será e como se dará na sua família.

Veja também: