Perceba para que serve a Calculadora de crescimento infantil

Para ajudar a matar a curiosidade dos pais em relação ao peso e à altura dos seus filhos, falamos sobre a calculadora de crescimento infantil. Saiba tudo.

Perceba para que serve a Calculadora de crescimento infantil
Aprenda a interpretar os dados relativos ao crescimento.

Torna-se importante para os pais saberem o peso e a altura do bebé desde o momento da 1ª ecografia, e desta forma, conseguem igualmente perceber, se o bebé se está a desenvolver bem ou se tem algum problema de crescimento. Para ajudar a acalmar a ansiedade e a diminuir o grau de curiosidade dos pais, surge uma calculadora de crescimento infantil.

Saber quantos gramas o bebé ganhou e quantos centímetros cresceu, transmite tranquilidade de que ele se está a desenvolver bem dentro da barriga, no entanto, esta é uma preocupação que perdura até a uma fase tardia da adolescência.

Verifica-se frequentemente, que cada centímetro (cm) que a criança ganha é sinónimo de festa, sendo o peso e a altura, parâmetros que vão estar sempre na ponta da língua dos pais, até os filhos se tornarem adultos.

O crescimento inicia-se desde a vida intra uterina, e ocorre em diferentes velocidades conforme os diversos estágios da vida. No primeiro ano de vida o crescimento é em média de 25 cm, no segundo de 12 cm e no terceiro, em torno de 8 cm.

Na infância a média de crescimento é de 4 a 6 cm ao ano. Essa velocidade volta a acelerar na puberdade, sabendo-se também, que as meninas crescem mais precocemente quando entram na puberdade do que os meninos.

Calculadora de crescimento infantil: que parâmetros tem em consideração?


calculadora de crescimento infantil

Para se avaliar corretamente o crescimento é necessário ter em conta vários fatores, tais como:

  • Hereditariedade ou genética: ou seja, é muito frequente verificarmos que pais altos geram filhos altos e pais baixos geram filhos medianos ou baixos. No entanto, excepcionalmente, pode acontecer de pais baixos terem filhos mais altos e vice-versa;
  • Evolução e desenvolvimento da gravidez: se existir algum problema cardíaco ou vascular na mãe, pode de alguma forma impedir a placenta de transferir os nutrientes adequadamente ao feto, prejudicando o crescimento na fase dentro do útero, bem como após o nascimento.

 

Calculadora de crescimento infantil: como posso saber se os valores são adequados?


Os valores de peso e altura deverão aumentar de forma proporcional, ou seja, nas curvas de crescimento (que podem ser observadas, por exemplo, no boletim infantil do seu filho), as linhas correspondentes a cada um devem subir ao mesmo ritmo.

É de extrema importância que essa interpretação dos gráficos seja feita por um pediatra ou um profissional de saúde adequado, pois a leitura por um leigo pode levar a más interpretações dos resultados.

Calculadora de crescimento infantil: quais são os sinais de alerta que devo ter em conta?


bebe e pai

Crianças que padecem de problemas crónicos, como por exemplo, a asma, alergias, disfunções renais e cardíacas, devem ser sempre tidas em particular atenção.

Tanto as doenças como os medicamentos usados para tratar as doenças referidas anteriormente, podem alterar as medidas da fita métrica e da balança.

Uma criança com artrite reumatóide, por exemplo, possui marcadores inflamatórios no sangue que atrapalham o crescimento e, além disso, terá que tomar corticóides por períodos prolongados, o que também vai influenciar o seu desenvolvimento. Mas, com a orientação de um especialista, é possível fazer as escolhas apropriadas em cada caso para que a saúde não seja comprometida.

Em casa, vigie no decorrer de um ano, se a criança vai deixando de ter roupa e sapatos à sua medida. Se todos continuaram a servir perfeitamente, comente com o pediatra do seu filho.

Diante de qualquer alteração, o primeiro passo será identificar e tratar eventuais doenças, incluindo as endócrinas. Quando a criança é muito baixa, o médico vai investigar se se está a alimentar adequadamente e a absorver os nutrientes corretamente.

Ele também poderá analisar se o seu filho tem défice da hormona de crescimento, a GH, por meio de análises ao sangue. Além de alterar a estatura, essa substância é responsável pelo equilíbrio das taxas de açúcar no sangue e pelo aumento da massa óssea.

Já no caso de sobrepeso ou obesidade, a alimentação e a rotina de atividades físicas devem ser avaliadas. Distúrbios com impacto negativo na alimentação, como intolerância ao glúten ou à proteína do leite, também podem atrapalhar o crescimento caso não sejam diagnosticadas precocemente.

Calculadora de crescimento infantil: como ter acesso


criancas a medir alturas

Existem vários sites na internet com calculadoras de crescimento infantil, mas tenha sempre em atenção para escolher calculadoras fiáveis e nunca se esqueça, que estas calculadoras fazem apenas uma estimativa, podendo na realidade, variar ligeiramente os resultados em relação ao valor previsto.

Neste site, maternidade colorida, consegue consultar uma calculadora que faz uma previsão da estatura do seu filho quando ele for adulto, tendo em conta os seguintes parâmetros: sexo e idade da criança, altura da mãe e do pai.

No site, “Guia do Bebé”, podemos ter acesso a dois tipos de calculadoras importantes, relativas ao crescimento infantil, nomeadamente:

Nunca se esqueça que estes valores são apenas uma estimativa, poderá não coincidir a 100% com a estatura do seu filho na idade adulta.

Veja também:

Enfª Bárbara Andrade Enfª Bárbara Andrade

Bárbara Andrade é Enfermeira Especialista em Reabilitação e Formadora em várias entidades. Desta forma, tem como princípios a promoção e a educação para a Saúde nas diferentes faixas etárias. Terminou a Especialidade em Enfermagem de Reabilitação na ESEnfCVPOA e exerce atualmente o cargo de enfermeira no CHEDV - HSS.