O caju e os seus benefícios para a saúde

O caju é um fruto gordo proveniente do Brasil que já encanta os portugueses por ser um excelente alimento do ponto de vista nutricional.

O caju e os seus benefícios para a saúde
Conheça este alimento e todos os benefícios que pode usufruir da sua ingestão.

O caju é um fruto gordo com variadíssimos benefícios para a saúde humana, além de bastante utilizado na confecção de variados pratos.

O caju é nativo do Brasil e foi levado pelos os portugueses do Brasil para Ásia e África. O fruto propriamente dito é duro e oleaginoso, mais conhecido como a “castanha de caju”.

O caju é muito nutritivo e uma excelente fonte de proteínas, minerais e vitaminas essenciais. Adicionalmente, este fruto é uma excelente fonte de gorduras benéficas para o organismo.

Informação nutricional e dose diária recomendada do caju


caju e informacao nutricional

Os cajus podem ser vendidos na sua forma natural, com sal ou torrados. A informação nutricional que se segue é referente aos cajus da marca Prozis, sem quaisquer ingredientes adicionados:

Valores por 100g de produto
Energia 594kcal
Proteína 18,2g
Lípidos 43,8g
   – dos quais saturados 7,8g
Hidratos de carbono 30,2g
   – dos quais açúcares 5,9g
Sal 0,12g
Fibra 3,3g

 

Dose diária recomendada

Antes de conhecer todos os benefícios desta delícia brasileira, é importante destacar que, apesar de muito saudável, o consumo do caju deve ser moderado.

A porção recomendada diária não deve ultrapassar as 10g de caju ou 5 unidades.

Benefícios do Caju


Os benefícios do caju são diversos, visto que o caju possui uma grande quantidade de nutrientes essenciais para saúde em geral.

1. Atua na prevenção do cancro

caju e prevencao do cancro

Atualmente, o cancro atinge inúmeras pessoas, e é sabido que a melhor forma de prevenção é através de uma alimentação saudável e rica em nutrientes.

O caju é uma excelente fonte de flavonóides, importantes agentes antioxidantes e com efeitos anti-inflamatórios, tornando este fruto um dos maiores inimigos do cancro.

Um dos flavonóides com maior efeito no cancro são as proantocianidinas, um inibidor do desenvolvimento dos tumores e que previne a proliferação e crescimento de células cancerosas.

Devido à forte presença de licopeno e betacaroteno, o caju auxilia na prevenção do cancro da próstata e pulmão. Existem também estudos que pretendem comprovar o uso do fruto como auxílio no tratamento do cancro de mama e boca.

2. Evita a formação de cálculos biliares

caju e formacao de calculos biliares

Os cálculos biliares formam-se na vesícula biliar, através da acumulação de colesterol e de bílis, e criando então cristais de vários tamanhos.

Os cálculos biliares são, na sua maioria, compostos por colesterol. Estudos científicos têm encontrado que o consumo de caju pode reduzir a probabilidade de formação de cálculos biliares em até 25%.

3. Favorece a saúde dos dentes, gengivas e ossos

caju e saude das gengivas

Devido ao seu elevado teor em minerais como o magnésio, fósforo e cálcio, o caju é essencial para o desenvolvimento saudável dos dentes, gengivas e ossos. Adicionalmente, o caju pode ser conveniente para a maior flexibilidade não só dos ossos, mas para todas as articulações.

Contudo, para potenciar estes benefícios, não se esqueça que é essencial ter uma alimentação saudável, equilibrada e completa.

4. Promove o funcionamento do sistema imunitário

caju e sistema imunitario

O caju contém zinco, mineral que desempenha um papel fundamental no fortalecimento do sistema imunitário, facilitando a luta contra infecções microbianas e acelerando a cicatrização de feridas.

O caju também possui ácido anacárdico, com fortes propriedades contra bactérias e outros agentes patogénicos.

O seu efeito anti-inflamatório também auxilia na amenização de dores dentárias e úlceras.

5. Protege o sistema cardiovascular

caju e sistema cardiovascular

O caju é rico em antioxidantes que, por sua vez, fornecem grandes benefícios cardiovasculares. Adicionalmente, o caju é rico em gorduras insaturadas, de entre as quais o ácido oleico, ajudando na redução do nível de triglicerídeos, que provocam graves problemas, como os acidentes vasculares cerebrais ou enfartes do miocárdio.

Vários estudos já relataram a capacidade do caju de reduzir o colesterol LDL (também conhecido como o “colesterol mau”) em 10-20%, evitando assim problemas como a aterosclerose.

O caju é também uma boa fonte de ómega-3, conhecido por combater vários problemas cardíacos.

6. Auxilia na perda de peso

caju e auxilio na perda de peso

Se pretende perder peso, fique a saber que o caju pode ajudá-lo a atingir esse objetivo. Rico em gorduras insaturadas, semelhantes à gordura contida no azeite e no peixe, o caju pode ser uma excelente opção para ingerir nas refeições intermédias e snacks fora de hora.

Por possuir um grande teor em fibras, este possibilita o melhor funcionamento intestinal, reduz os desconfortos abdominais e inchaços, assim como o mantém saciado durante um maior período de tempo.

7. Importante para o sistema nervoso

caju e sistema nervoso

O magnésio é um mineral importante para o controlo sobre o sistema nervoso.

Para garantir uma boa manutenção do equilíbrio psicológico, o magnésio contido no caju pode auxiliar a comunicação entre neurotransmissores. O mineral apoia a produção de dopamina, que resulta num efeito relaxante e conveniente, principalmente, para momentos de maior pressão e stress.

Como é o cultivo do caju?


cajueiro

O caju é hoje um produto comum em todas as regiões com um clima suficientemente quente e húmido, repartindo-se por mais de 31 países, para uma produção anual de, segundo a FAO em 2006, mais de três milhões de toneladas.

O caju é dividido em dois componentes: o pseudofruto, a parte mais carnosa do caju e o fruto, a sua castanha. O seu pseudofruto, o pedúnculo floral, possui variações de cores, como o amarelo, o rosa e o vermelho.

O caju faz parte do grupo dos frutos oleaginosos ou frutos gordos, assim como as nozesavelãs e amêndoas.

O caju é consumido depois de ser assado, para remover a casca, e ao natural, salgado ou com a adição de açúcar. Além de ser consumido natural, o caju pode ser utilizado na preparação de sumos, mel, doces, gelados e licores.

A casca do caju é usada no tratamento de aftas e infecções na garganta. A madeira também é aproveitada na construção civil, carpintaria e mercados semelhantes.

A extração do caju, depois de seco, é um processo que exige tempo, método e mão-de-obra especializada.

Veja também: