Publicidade:

Café com Óleo de coco emagrece? Conheça os efeitos desta combinação invulgar!

Será que juntar café com óleo de coco emagrece? Apesar de a teoria ser boa, não há evidência científica que a sustente.

 
Café com Óleo de coco emagrece? Conheça os efeitos desta combinação invulgar!
Para uns, uma combinação invulgar, para outros uma estratégia de emagrecimento.

Há muito que se sabe que o café pode ser um excelente aliado da perda de peso, essencialmente devido ao seu efeito termogénico e diurético. O que se descobriu recentemente é que adicionar de óleo de coco parece potenciar este efeito.

Mas será que juntar café com óleo de coco emagrece mesmo? Vejamos.

Café e perda de peso, que relação?


cafe e oleo de coco emagrece e reducao de peso

Ao longo das últimas décadas, assistiu-se ao surgimento crescente de evidências científicas a enaltecer os benefícios do café, nomeadamente na prevenção de doenças cardiovasculares, na melhoria das capacidades cognitivas, mais precisamente concentração e memória, e no auxílio à perda de peso.

Relativamente ao peso, sabe-se que o café potencia o funcionamento das glândulas suprarrenais, responsáveis pela produção de muitas hormonas importantes para o metabolismo, entre as quais a adrenalina e o cortisol, as quais potenciam a oxidação da gordura corporal.

Neste sentido, o café exerce uma ação diurética e termogénica, ou seja, ajuda a eliminar os líquido e toxinas em excesso, a acelerar o metabolismo e a aumentar a temperatura nas células adiposas, potenciando a oxidação de gordura.

Além disso, como acelera o metabolismo, melhora a capacidade física para o exercício e estimula o funcionamento do trânsito intestinal, outras duas formas de ajudar na perda de peso.

No entanto, a ingestão de cafeína em excesso já não é benéfica, visto que exerce uma sobrecarga das glândulas suprarrenais, levando a uma diminuição da produção das hormonas mencionadas.

Qual é, então, a dose certa de cafeína que devemos ingerir para tirar partido desses benefícios sem prejudicar a saúde? Dois cafés por dia é, para a maioria dos especialistas, a quantidade adequada para um bom funcionamento destas glândulas.

Óleo de coco: a gordura da moda


coco e oleo de coco

O óleo de coco é um óleo rico em ácidos gordos saturados sendo, por isso, uma gordura mais sólida à temperatura ambiente.
Com efeito, este óleo possui mais de 85% de ácidos gordos saturados na sua composição, aqueles que sempre foram acusados de aumentar o “mau” colesterol e potenciar doenças cardiovasculares.

No entanto, nem todos os ácidos gordos saturados são iguais, visto que o tamanho da sua cadeia de carbonos influencia os seus efeitos.

No caso do óleo de coco, como uma parte dos seus ácidos gordos saturados são de cadeia média, apresenta propriedades interessantes na gestão do peso e diminuição do perímetro da cintura, nomeadamente através do aumento do gasto energético / metabolismo basal e redução do apetite.

Ainda assim, importa referir que os ácidos gordos presentes em maior quantidade no óleo de coco (láurico e mirístico – 12 e 14 carbonos), já são de cadeia mais longa e, por isso, não possuem estas propriedades.

Contudo, o efeito da ingestão de óleo de coco em humanos não é totalmente consistente e conclusivo, apesar de ser mais interessante para a saúde do que a generalidade dos óleos para cozinhar e do que as gorduras animais.

E juntar café com óleo de coco emagrece?


oleo de coco e cafe

Como vimos anteriormente, tanto o café como o óleo de coco apresentam propriedades que parecem favorecer a perda de peso. Neste caso, a questão que se levanta é “será que juntar café com óleo de coco emagrece ainda mais que os dois ingredientes separados?”

A receita do bulletproof coffee, como foi apelidada esta mistura, já circula na internet. Para a preparação desta bebida basta juntar a um café ou a café filtrado uma colher de óleo de coco e duas de manteiga, ou se preferir pode apenas juntar uma das duas fontes de gordura.

O papel da gordura nesta bebida é duplo: por um lado, faz com que a cafeína seja absorvida de uma forma mais lenta, mantendo o seu efeito estimulante durante mais tempo no organismo; por outro lado, e como referido anteriormente, o óleo de coco tem como função fornecer triglicerídeos de cadeia média (MCT), um tipo de gordura metabolizado mais rapidamente, o que favorece a conversão em energia e a perda de peso.

Além do óleo de coco, este tipo de gordura está também naturalmente presente no óleo de palma.

Assim, os benefícios apontados a esta bebida, quando ingerida ao pequeno-almoço, é de promoção de saciedade e redução da perda de peso; aumento da vitalidade e energia; maior concentração e produtividade; maior oxidação de gordura e perda de peso.

A teoria e a evidência científica desta combinação

A teoria que sustenta que a combinação do café com óleo de coco emagrece é a mesma da dieta Atkins: se não ingerir hidratos de carbono, como pão, bolachas ou cereais, o organismo vai utilizar a gordura para produzir energia.

Para sustentar esta teoria, um estudo do Departamento de Nutrição Humana Holandês, enaltece os efeitos desta bebida no aumento imediato do metabolismo, garantindo que a ação se mantém, em média, durante cerca de três horas.

No entanto, importa salientar que não se pode afirmar com certeza que café com óleo de coco emagrece, visto que não há estudos científicos suficientes que comprovem a eficácia desta bebida na perda de peso.

Além disso, é sempre importante lembrar que esta bebida fornece cerca de 400kcal, o que além de não permitir comer mais nada ao pequeno-almoço, ainda é bastante mais calórica do que muitos pequenos-almoços tradicionais, algo que não contribui propriamente para a perda de peso.

Portanto, se quiser experimentar esta bebida para perder peso, não se esqueça de o fazer segundo as condições mencionadas e considerar este valor energético para o seu balanço energético diário.

Veja também:

Nutricionista Rita Lima Nutricionista Rita Lima

Rita Lima é nutricionista, licenciada em Ciências da Nutrição pela Faculdade de Ciências da Nutrição e Alimentação da Universidade do Porto em 2016 e frequentou o Curso de Nutrição no Desporto na mesma faculdade. É membro efetivo da Ordem dos Nutricionistas.

O Vida Ativa disponibiliza e atualiza informação, não presta serviços de aconselhamento nutricional, de saúde ou de treino. O Vida Ativa não é proprietário nem responsável pelos produtos e serviços de terceiros apresentados, por conseguinte não será responsável por quaisquer perdas ou danos que possam resultar de quaisquer imprecisões ou omissões. A informação está atualizada até à data apresentada na página e é prestada de forma geral, tratando-se de textos meramente informativos, pelo que não constitui nem dispensa a assistência profissional qualificada e individualizada. Caso pretenda sugerir uma atualização, por favor, envie-nos a sua sugestão para: [email protected].