Publicidade:

11 Cães de raça inglesa: conheça estas raças britânicas

Existem vários cães de raça inglesa espalhados pelo mundo, incluindo no nosso país. Mas sabe quais são? Descubra neste artigo estas raças maravilhosas.

 
11 Cães de raça inglesa: conheça estas raças britânicas
Conheça as raças inglesas mais populares

Existem mais de 30 raças britânicas espalhadas pelo mundo, no entanto umas são mais famosas e conhecidas do que outras. Muitas raças de cães inglesas desenvolveram-se devido ao grande movimento que existia há muitos anos atrás, que levava muitos povos a habitarem essa zona, levando consigo os seus cães.

11 cães de raça inglesa mais populares


1. Beagle

caes de raca inglesa Beagle

O beagle é um dos mais antigos cães de caça que o fazem através do faro. Pertence ao grupo 6 da classificação da Federação Cinológica Internacional (FCI), que engloba todas as raças de cães de levante e corso e semelhantes.

O seu peso varia entre 15 a 20kg sendo considerados cães de porte médio. Apresentam pelo curto com um padrão característico de branco, castanho e preto.

É um cão alegre, enérgico, amigável e meigo. É um companheiro ideal para a família mas é necessário despender algum tempo com ele para desgastar a energia.

2. Bull Terrier

caes de raca inglesa bull terrier

O Bull Terrier pertence à classificação FCI do grupo 3, terriers. É uma raça com origem britânica e surgiu do cruzamento entre o Buldogue e o Terrier, especialmente para servir como cão de luta contra touros e outros cães.

Tem um focinho característico, comprida de formato oval e com a parte superior do crânio achatada. As orelhas são pequenas e juntas erguidas na vertical, enquanto a cauda é curta e horizantal.

É um cão bastante curioso e que necessita de bastante atenção, correndo o risco de ser destruidor. Ao contrario do que as pessoas acham é um cão dócil e meigo com crianças.

3. Cavalier King Charles Spaniel

caes de raca inglesa cavalier king charles spaniel

Estes cães de raça inglesa são de porte pequeno e muito peludos, sendo necessário ter vários cuidados com o seu pelo, como fazer a escovagem diariamente. Têm também umas orelhas longas, de inserção alta, cobertas com franjas de pelo abundante.

Os Cavalier king Charles Spaniel são muito ativos e brincalhões, mas habituam-se perfeitamente a viver num apartamento, desde que sejam ensinados quando são pequenos, pois facilmente se tornam cães hiperativos, não havendo regras.

Segundo a classificação FCI, pertencem ao 9º grupo, denominado de cães de companhia e toy.

4. Pointer Inglês

caes de raca inglesa Pointer Ingles

O Pointer inglês é um cão de caça, classificada como caça de parar. Por isso mesmo está incluído no grupo 7 do FC, cães de parar.

É um cão de porte médio, pesando entre 20 a 30kg, são cães musculados com o corpo quadrado.

É uma raça que prefere espaços grandes à vida urbana, necessita de fazer muito exercício e correr.

5. Jack Russell Terrier

caes de raca inglesa jack russel terrier

O nome desta raça provém do pastor Jack Russell, habitante do condado de Devon em Inglaterra. Este desenvolveu esta raça no século XIX cruzando Terriers de pelo cerdoso, com o objetivo de conseguir criar um cão capaz de perseguir a raposa, coelho e javali.

Saiba mais sobre esta raça aqui >>

6. Buldogue Inglês

 caes de raca inglesa Buldogue ingles

O Buldogue inglês é descendente dos molossóides utilizados em lutas de touros, daí o seu nome (bull – touro). Durante muitos anos foi utilizado para essas lutas, e quando se tornaram proibidas a raça ficou quase extinta.

Todas as suas caraterísticas se devem à sua função, pois permitiam que tivesse um melhor desempenho. Patas curtas para que o touro não conseguisse chegar, mandibulas salientes para facilitar a mordida e nariz curto e saliente para conseguir respirar enquanto morde.

Esta raça está incluída no grupo 2, cães de tipo Pinscher e Schnauzer, Molossóides e cães de Montanha, e Boieiros Suíços, segundo classificação FCI.

7. Norwich Terrier

caes de raca inglesa norwich terrier

Esta raça é um dos terriers de trabalho mais pequenos, pesando entre 4 a 6kg. Foi originalmente criada no Reino Unido para caçar pequenos roedores.

São cães muito afetuosos, inteligentes e corajosos devido ao seu instinto de caçador. São cães que adoram desfrutar da companhia de pessoas.

8. Setter inglês

caes de raca inglesa setter ingles

Estes cães de raça inglesa são uns dos mais antigos farejadores ingleses. Pertencem também ao grupo 7 do FCI, cães de parar.

São cães muito resistentes, capazes de caçar em todo o tipo de terreno. Muito amigável, afetuoso e energético.

9. Cocker spaniel inglês

caes de raca inglesa cocker spaniel

Esta raça carateriza-se pelas suas orelhas pendulares e compridas com pelo comprido e ondulado. São cães muito alegres e inteligentes. Por ser um cão de caça carateriza-se por ter muita energia e um grande instinto de caça.

O cocker spaniel inglês adora água, no entanto, devido à sua propensão para desenvolver otites é necessário ter alguns cuidados.

10. Border Collie

caes de raca inglesa Border Collie

É também uma raça originária da Grã-Bretanha, conhecido também por Collie de Fronteira ou Collie Anão. Eram utilizados como cães pastores, nos tempos mais remotos.

São cães muito enérgicos, os típicos cães de trabalho, que necessitam de ser estimulados diariamente para se sentirem bem.

Saiba mais sobre esta raça aqui >>

11. Yorkshire Terrier

caes de raca inglesa yorkshire terrier

Estes cães de raça inglesa estão incluídos no grupo 3, Terrires, segundo a classificação FCI. São cães de porte pequeno, ideais para viver em apartamento e excelentes cães de companhia.

São muito dóceis, e dependentes do seu tutor. Por isso, é necessário educá-los desde cedo para não desenvolverem problemas comportamentais como ansiedade por separação.

Saiba mais sobre esta raça aqui >>

Veja também:

Dra. Patrícia Azevedo Dra. Patrícia Azevedo

Patrícia Azevedo é médica veterinária natural de Braga. Desde a sua infância que é apaixonada por animais e sempre teve a ambição de ser médica veterinária. Trabalhou como voluntária em associações de proteção e ajuda a animais errantes desde os 11 anos de idade . Iniciou o seu percurso como estudante desta área na Universidade de Trás-os-Montes e Alto Douro e concluiu os seus estudos no Instituto de Ciências Biomédicas Abel Salazar. Tem três gatos e uma cadela retirados da rua. Trabalha atualmente na sua cidade natal, em medicina e cirurgia de pequenos animais.

O Vida Ativa disponibiliza e atualiza informação, não presta serviços de aconselhamento nutricional, de saúde ou de treino. O Vida Ativa não é proprietário nem responsável pelos produtos e serviços de terceiros apresentados, por conseguinte não será responsável por quaisquer perdas ou danos que possam resultar de quaisquer imprecisões ou omissões. A informação está atualizada até à data apresentada na página e é prestada de forma geral, tratando-se de textos meramente informativos, pelo que não constitui nem dispensa a assistência profissional qualificada e individualizada. Caso pretenda sugerir uma atualização, por favor, envie-nos a sua sugestão para: [email protected].