O Astigmatismo tem cura? Saiba como pode corrigir este problema

O astigmatismo está entre os problemas de visão mais frequentes, podendo estar associado a outros erros refrativos ou doenças dos olhos. Mas será que o astigmatismo tem cura?

O Astigmatismo tem cura? Saiba como pode corrigir este problema
Será que o astigmatismo tem cura?

O astigmatismo é um tipo comum de erro refrativo. É uma condição em que o olho não foca uniformemente. Mas será que astigmatismo tem cura? A resposta é negativa, mas as alternativas de tratamento são muito eficazes para corrigir o erro refrativo na córnea, proporcionando aos pacientes uma melhor acuidade visual.

 

O Astigmatismo tem cura? Como é corrigido?


Homem sorridente com oculos

Com a visão normal, a imagem é focada na retina e num único ponto de focagem. A retina tem um importante papel na visão, pois é esta que recebe as imagens e as transmite ao cérebro através do nervo ótico.

No olho com astigmatismo, os objetos são focados em mais do que um ponto, distorcendo desta forma a visão, isto é, as imagens sofrem uma distorção ao passarem pela córnea e, como tal, surgem desfocadas quando projetadas na retina. Consequentemente na visão com astigmatismo, as imagens transmitidas ao cérebro estão desfocadas ou distorcidas provocando visão turva.

O astigmatismo não tem cura mas pode ser corrigido com recurso a óculos, lentes de contacto ou cirurgia. Os modos de vida individuais afetam a maneira como o astigmatismo é tratado:

  • Os óculos são a maneira mais simples e segura de corrigir o astigmatismo.
  • As lentes de contacto funcionam tornando-se a primeira superfície refrativa para os raios de luz que entram no olho, causando uma refração ou foco mais preciso. Em muitos casos, as lentes de contato fornecem uma visão mais clara, um campo de visão mais amplo e um maior conforto. São uma opção segura e efetiva se instalada e usada corretamente. No entanto, as lentes de contato não são adequadas para todos os casos.
  • A cirurgia refrativa visa alterar a forma da córnea permanentemente. Esta mudança na forma do olho restaura o poder de focagem do olho, permitindo que os raios de luz se concentrem precisamente na retina para melhorar a visão. Existem vários tipos de cirurgias refrativas, pelo que deverá procurar um profissional para ter todas as informações necessárias para tomar uma decisão.

SINTOMAS DE ASTIGMATISMO


Astigmatismo tem cura e dores de cabeca e cansaco

O astigmatismo geralmente faz com que a visão seja desfocada ou distorcida em algum grau em todas as distâncias.

Os sintomas do astigmatismo não corrigido são a tensão ocular e dores de cabeça, especialmente após a leitura ou outras tarefas visuais prolongadas.

Esta doença é comummente causada por uma córnea de forma irregular. Em vez de a córnea ter uma forma simétrica redonda (como uma bola de basebol), é moldada com um meridiano significativamente mais curvado do que o meridiano perpendicular a ele.

TESTE DE ASTIGMATISMO


Teste para a miopia

O astigmatismo é detetado durante um exame de rotina com os mesmos instrumentos e técnicas utilizados para a deteção de miopia e hipermetropia. Para tal, existem instrumentos automatizados que fornecem um teste preliminar mais rápido para  a deteção de problemas oculares.

TIPOS DE ASTIGMATISMO


varios tipos de astigmatismo

Existem dois principais tipos de astigmatismo:

1. Astigmatismo miópico

Ocorre quando os dois erros refrativos existem em simultâneo (astigmatismo e miopia). O astigmatismo com miopia é um problema ocular bastante frequente.

Esta anomalia visual é comum nas crianças e pode ter repercussões negativas no sucesso escolar, uma vez que provoca diminuição da visão.

2. Astigmatismo hipermetrópico

Astigmatismo e hipermetropia em conjunto. É um problema visual frequente em ambos os sexos.

Quando presente na criança poderá originar grandes perdas de visão de forma irreversível (ambliopia) se não for corrigido, atempadamente, antes dos 6 anos de vida.

Também pode ser classificado como regular ou irregular. No regular, os principais meridianos são perpendiculares entre si. No irregular, os principais meridianos não são perpendiculares. A maioria é regular, o que dá à superfície frontal do olho uma forma oval.

O astigmatismo irregular pode resultar de uma lesão ocular que causou cicatrizes na córnea ou por uma doença que cause um desbaste gradual da córnea.

Veja também:

Farmacêutica Cátia Rocha Farmacêutica Cátia Rocha

Cátia Rocha é farmacêutica. Como apaixonada pela profissão, acredita na importância da educação para a saúde e num papel interventivo dos profissionais de modo a transmitir conhecimentos que considera importantes e fundamentais para o bem-estar da população. É Mestre em Ciências Farmacêuticas pelo Instituto Superior de Ciências da Saúde do Norte e exerce atualmente o cargo de farmacêutica na Farmácia Agra.