Publicidade:

6 Alimentos que prendem o intestino: conheça-os

O consumo de determinados alimentos pode agravar a prisão de ventre. Conheça os alimentos que prendem o intestino e que devem ser evitados nestes casos.

6 Alimentos que prendem o intestino: conheça-os
Descubra os piores alimentos para quem sofre de prisão de ventre

Barriga inchada, sensação de que está cheia e mal-estar geral são alguns dos sintomas da prisão de ventre, um problema comum mas que causa vários transtornos na vida de quem padece desta condição. Apesar de ter múltiplas causas, a prisão de ventre é agravada com a insuficiente ingestão de água, a falta de atividade física e uma dieta pobre em fibras. Na verdade, a alimentação é um dos fatores primordiais que afetam o funcionamento regular dos nossos intestinos e o consumo de alimentos que prendem o intestino só agrava o problema.

Alimentos que prendem o intestino: cuidado com a alimentação


alimentos que prendem os intestinos exercicio fisico regular

Se é uma das muitas pessoas que sofre com prisão de ventre, ou intestino preso, com certeza já saberá que o consumo de certos alimentos não ajuda ao bom funcionamento do intestino, piorando o problema em vez de melhorá-lo.

Em contrapartida, há situações em que esses mesmos alimentos podem ser benéficos para regular o trânsito intestinal. É o caso das pessoas que sofrem do problema oposto, o intestino solto.

Nesta condição qualquer deslize ou abuso com a alimentação pode desregular o sistema digestivo e provocar diarreia, pelo que é recomendada a ingestão de alimentos que prendem o intestino.

Seja qual for a situação, uma coisa é certa: para regular o funcionamento intestinal, é necessário modificar alguns hábitos alimentares, ingerir, pelo menos, 1,5L de água e começar a praticar exercício físico com regularidade.

Evite estes 6 alimentos que prendem o intestino


Apresentamos de seguida 6 alimentos que prendem o intestino. Se estiver com prisão de ventre, certifique-se de que os deixa de fora da sua dieta alimentar.

1. Bolacha de água e sal

alimentos que prendem o intestino bolachas de agua e sal

Ao ser ingerida, a farinha branca, que é o principal ingrediente da bolacha de água e sal, absorve grande quantidade de líquido do meio, o que acaba por prender o intestino.

2. Carnes vermelhas

alimentos que prendem o intestino carne vermelha

Nos últimos tempos têm sido apontadas diversas razões para reduzirmos o consumo de carne vermelha e a prisão de ventre é uma delas.

Rica em proteínas, a carne vermelha exige maior esforço do sistema gastrointestinal, pelo que o seu consumo ajuda a prender o intestino.

3. Chocolate

alimentos que prendem o intestino chocolate negro

Adorado por muitas pessoas, este é mais um dos alimentos que prendem o intestino. Ao que tudo indica, a grande quantidade de gordura presente no chocolate pode retardar as contrações musculares e, consequentemente, o trânsito dos alimentos que se deslocam no intestino.

4. Goiaba

alimentos que prendem o intestino Goiaba

A goiaba possui fitoquímicos que reduzem o movimento do intestino e retardam o seu esvaziamento.

5. Fruta “verde”

alimentos que prendem o intestino fruta verde

A fruta que ainda não amadureceu possui, geralmente, uma elevada quantidade de taninos, uma substância responsável pelo sabor adstringente que confere aos alimentos.

6. Produtos lácteos

alimentos que prendem o intestino produtos lacteos

Quando consumidos em grandes quantidades, os produtos lácteos como o leite e o queijo podem causar obstipação. Não se conhece ao certo qual a substância responsável por prender o intestino, mas sabe-se que a lactose pode causar gases e inchaço.

Para além destes alimentos que prendem o intestino, deve evitar o consumo de espinafres, acelga, beterraba, cenoura, batata-doce, farinha de mandioca e amido de milho.

A comida fast food, refrigerantes, fritos e doces também devem ficar fora do seu cardápio, pois contribuem para o aumento de bactérias nocivas ao organismo e, consequentemente, para o agravamento da prisão de ventre.

Veja também:


O Vida Ativa disponibiliza e atualiza informação, não presta serviços de aconselhamento nutricional, de saúde ou de treino. O Vida Ativa não é proprietário nem responsável pelos produtos e serviços de terceiros apresentados, por conseguinte não será responsável por quaisquer perdas ou danos que possam resultar de quaisquer imprecisões ou omissões. A informação está atualizada até à data apresentada na página e é prestada de forma geral, tratando-se de textos meramente informativos, pelo que não constitui nem dispensa a assistência profissional qualificada e individualizada. Caso pretenda sugerir uma atualização, por favor, envie-nos a sua sugestão para: [email protected].