Estes são os 8 alimentos que não deve colocar na sua salada

Uma salada deve ser um alimento leve e cheio de nutrientes. Por isso, massas, fritos e molhos são alguns dos alimentos que não deve colocar na sua salada.

Estes são os 8 alimentos que não deve colocar na sua salada
Nem tudo são boas opções, até mesmo numa salada.

As saladas são o alimento seguro de quem está numa fase de perda de peso. A variedade de alimentos é vasta e existem opções para o gosto de cada um, mas isso não significa que não existam alimentos que não deve colocar na sua salada.

Enquanto as saladas são uma ótima maneira de obter vitaminas e nutrientes essenciais ao funcionamento do organismo, a verdade é que nem sempre são cumpridas algumas regras básicas na sua preparação no que diz respeito aos alimentos adicionados.

Adicionar determinados tipos de alimentos a esta refeição pode acabar mesmo por prejudicar a dieta e por isso é fundamental que conheça as escolhas que deve evitar se quer realmente cumprir o seu objetivo de perder peso e ter uma alimentação saudável.

Top 8 dos alimentos que não deve colocar na sua salada


 1. Frutas cristalizadas

alimentos que nao deve cozinhar na sua salada e frutas cristalizadas

As frutas cristalizadas são nada mais do que frutas cheias de açúcar. O açúcar é um dos principais problemas da alimentação pois está relacionado com alguns tipos de doenças, como diabetes, obesidade e doenças cardiovasculares.

A quantidade de açúcar presente nestas frutas permite conservar algumas propriedades, mas faz com que os níveis de açúcar no sangue disparem e além disso torna-as altamente calóricas e doces. Ainda que esta característica seja muito apetecível, não é benéfica para o organismo.

Por isso, se pretender uma salada saudável, esqueça as frutas cristalizadas que são definitivamente um dos alimentos que não deve colocar na sua salada.

2. Frutas desidratadas

maca desidratada

As frutas desidratadas passam por um processo de remoção de água, essencialmente pela evaporação. Ao retirar a água dos frutos, estabiliza-se a atividade microbiológica e reduzem-se as reações químicas e enzimáticas.

Apesar de se achar que este é um snack ideal, a verdade é que algumas das frutas não são processadas de forma natural, ou seja, têm adição de açúcar, corantes e conservantes. Mas essa análise pode ser feita através dos rótulos, onde também fica visível a quantidade de açúcar existente. Pois a água foi retirada, mas o açúcar mantém-se.

Dê preferência sempre à frutas frescas na sua salada.

3. Produtos de charcutaria

tiras de bacon

Alimentos como o bacon, o chouriço ou as salsichas devem ser evitados. Apesar de darem um bom sabor à refeição, estão carregados de sal, gorduras e colesterol LDL que fazem mal à saúde e estão relacionados com problemas tais como doenças cardiovasculares, hipertensão e alguns tipos de cancro.

Se quer acrescentar alguma proteína à sua salada, o frango ou o peru grelhados são as opções mais indicadas, juntamente com os ovos. Escolha apenas uma fonte proteica e terá igualmente uma salada deliciosa.

 4. Queijo

diferentes queijos

Os produtos lácteos com baixo teor de gordura podem ser uma ajuda extra na perda de peso e na capacidade de queimar gordura do corpo, mas não é por isso que devemos colocar quantidades exageradas na salada.

Os queijos com maior quantidade de gordura não são aconselhados e representam escolhas perigosas mesmo sem se dar conta, pois são raras as vezes que se colocam as quantidades certas.

O queijo feta, mozzarella magro e queijo fresco são as opções mais saudáveis para acrescentar à sua salada, mas que também não podem ser inseridos em exagero.

 5. Molhos

maionese

Os molhos são o elemento “quase obrigatório” das saladas. Seja em restaurantes ou em casa, o molho não pode faltar, seja ele um simples vinagrete ou maionese.

Molho caesar, maionese, ketchup, mostarda ou molho holandês são alguns dos alimentos que não deve colocar na sua salada. Não só estão carregados de gordura, mas também possuem altos níveis de sódio, muito pouco valor nutricional e são prejudiciais à saúde.

Em alternativa, prefira o vinagrete (azeite virgem-extra, vinagre ou vinagre balsâmico e ervas aromáticas).

6. Massas

massa em espirais

 

Massa na salada é um erro comum que deve ser evitado. Se o objetivo é diminuir a quantidade de hidratos de carbono numa refeição, não é uma escolha inteligente colocar massa na salada. Colocar legumes no prato de massa que está a comer é uma escolha acertada, tendo em conta que reduz a quantidade de hidratos ingerida. O contrário, nem por isso.

A quinoa é um ótimo substituto e contém a quantidade ideal de fibra e proteína para o bom funcionamento do seu organismo.

7. Croutons

croutons

O crouton é um pequeno pedaço de pão, frito ou assado com óleo, azeite ou manteiga. São utilizados normalmente para acompanhar sopas ou saladas, mas não são um alimento assim tão bom quanto parece.

Estes pequenos pedaços de pão alteram a textura e o sabor de uma salada, mas um pequeno punhado pode adicionar quase 100 calorias sem grande benefício nutricional.

Em vez de se escolher este alimento, deve-se optar por frutos secos, como as nozes, controlando sempre a quantidade inserida.

8. Alimentos fritos

camarao frito

Como já é de esperar, qualquer tipo de alimento frito está no grupo de alimentos que não se deve colocar na sua salada se pretende ter uma alimentação saudável.

São muitas vezes utilizados para dar sabor e uma textura extra à receita, mas não trazem muitos benefícios, pelo contrário. São cheios de gordura e por vezes de sódio.

Neste grupo insere-se o frango frito, a cebola frita e os camarões fritos, por exemplo. Em vez disso, escolha estes alimentos na sua versão grelhada.

Veja também: