Publicidade:

Sonha ter uma barriga lisa? Conheça os melhores alimentos para perder barriga

Descubra quais os melhores alimentos para perder barriga e faça deles as suas opções regulares na lista de compras de supermercado e na sua alimentação.

Sonha ter uma barriga lisa? Conheça os melhores alimentos para perder barriga
Se quer uma ajuda extra para perder a “barriguinha”, aposte nestes alimentos.

O excesso de massa gorda, particularmente a nível abdominal, pode trazer diversas consequências negativas para a saúde. Desde diabetes a doenças cardiovasculares, passando pela dislipidemia, o risco é significativamente maior quando possui valores de perímetro abdominais elevados. Como tal, é importante, não só perder peso, mas também perder a barriga / gordura abdominal. E é neste campo que entram alguns alimentos que vamos abordar de seguida, os quais passaremos a designar por “alimentos para perder barriga”.

Estes alimentos para perder barriga são, na verdade, alimentos com propriedades termogénicas, que aceleram o metabolismo e promovem maior queima de gordura ou simplesmente alimentos que ajudam na redução do inchaço abdominal por ajudarem a regular o trânsito intestinal ou a evitar gases e retenção de líquidos.

No entanto, é sempre importante salientar que além dos alimentos para perder barriga, a prática de exercício físico regular é também muito importante neste processo de redução da massa gorda.

10 Alimentos para perder barriga


1. Chá verde e Café

alimentos para perder barriga e cha verde

Quando se fala em eliminar gordura abdominal, o chá verde e o café são dois dos “suspeitos do costume”, devido às suas comprovadas propriedades termogénicas e aos seus conhecidos benefícios no metabolismo.

Com efeito, tanto o café como o chá verde são dos alimentos mais eficazes no que diz respeito a acelerar o metabolismo, pois contêm dois compostos com efeito termogénico relevante: a catequina e a cafeína.

No caso do chá verde em particular, como combina os dois compostos, é ainda mais eficaz a este nível. Com três chávenas por dia, promove a oxidação de gordura e aumenta o gasto energético, contribuindo, assim, para a perda de peso e de gordura abdominal.

Além disso, graças às suas propriedades diuréticas e antioxidantes também contribuiu para a eliminação de toxinas e previne a retenção de líquidos.

2. Ananás / Abacaxi

ananas em rodelas

Também um dos alimentos mais conhecidos para perder barriga, o ananás / abacaxi é rico em Vitaminas (A, B1, B2, B3 e C), sais minerais (como potássio, sódio, fósforo, cálcio ou ferro) e fibras, sendo ainda um poderoso diurético (ajuda a eliminar a retenção de líquidos).

Além disso, pela presença de bromelina facilita a digestão e ajuda a reduzir o inchaço abdominal e (consequentemente) a perder barriga.

3. Sementes (chia / linhaça)

sementes de chia em tacas

Ricas em fibra, vitaminas, minerais, proteínas ou ácidos gordos insaturados, as sementes são ótimos aliados para quem pretende perder barriga, pois ajudam a regular o trânsito intestinal e evitar o inchaço abdominal.

Além disso, devido ao seu teor em fibra, contribuem não só para prolongar a sensação de saciedade, mas também para reduzir os níveis de glicemia (açúcar no sangue), evitando, desta forma, a ingestão de alimentos ricos em açúcar e / ou gordura que potenciem a acumulação de gordura a nível abdominal.

4. Ervas aromáticas

ervas aromaticas penduradas numa corda

As ervas aromáticas entram nesta lista de alimentos para perder barriga de forma indireta. Ou seja, pelo facto de substituírem o sal no tempero dos alimentos, são uma excelente alternativa para diminuir a retenção de líquidos e a formação de gases a nível intestinal.

Além disso, facilitam também a digestão (evitando digestões lentas e difíceis) e ajudam a fortalecer o sistema imunitário.

5. Pimenta Cayenne

 alimentos para perder barriga pimenta cayenne

A pimenta cayenne contém capsaicina, um dos três compostos com propriedades termogénicas comprovadas, além da cafeína e das catequinas.

Desta forma, e à semelhança do chá verde, adicionar pimenta cayenne à sua alimentação diária pode ser uma boa forma de potenciar a perda de gordura a nível abdominal.

No entanto, neste caso, como é ingerida em menor quantidade, o efeito no metabolismo poderá não ser muito significativo, como a cafeína ou a catequina.

6. Lacticínios magros

leite magro

Devido ao teor de cálcio e proteína que possuem, os lacticínios são alimentos que podem ajudar a queimar gordura. No entanto, é muito importante que opte pelas versões magras, visto que as tradicionais têm elevados níveis de gordura e, no caso dos iogurtes, até de açúcar.

Por outro lado, no caso dos iogurtes, pelo facto de serem alimentos probióticos, ajudam a regular o funcionamento do trânsito intestinal e a evitar a prisão de ventre e consequente inchaço abdominal.

No caso de não digerir bem os laticínios, opte pelas versões magras sem lactose.

7. Aveia

cereais aveia

aveia é também um aliado na perda gordura abdominal tanto pela sua riqueza em fibra, que lhe confere propriedades saciantes e ajuda a regular o trânsito intestinal, mas também pelo facto de poder ser utilizada como substituto de outros cereais ou bolachas mais açucarados.

De facto, como a aveia não possui açúcar, é um alimento que fornece hidratos de carbono complexos, de baixo índice glicémico, que não contribuem de forma tão significativa para o aumento de massa gorda.

Também relativamente ao pão (mesmo o escuro) a aveia pode ser uma boa alternativa, visto que permite controlar mais facilmente a porção consumida e não promove a utilização de “recheios” ricos em açúcar e / ou gordura (manteiga, compotas, marmeladas, etc).

8. Alimentos ricos em ómega-3

alimentos para perder barriga noz em metades

Aumentar a ingestão de alimentos ricos em ómega-3, como o peixe gordo (salmão, sardinha ou carapau), frutos secos oleaginosos (nozes, amêndoas, avelãs) e abacate, facilita a eliminação de gordura e colesterol LDL, beneficiando não só a perda de massa gorda abdominal mas também a saúde cardiovascular.

9. Alimentos ricos em proteína

alimentos para perder barriga alimentos ricos em proteina

Apesar de não ser considerado um verdadeiro nutriente termogénico, sabe-se que a proteína, dos três macronutrientes, é aquele que tem um efeito térmico mais elevado. Ou seja, é aquele que obriga o organismo a gastar mais energia para a sua metabolização.

Além disso, como a proteína promove o aumento / manutenção da massa muscular e o tecido muscular é metabolicamente mais ativo, poderemos incluir a proteína e os alimentos ricos em proteína (carne, peixe, ovos, lacticínios magros) neste grupo de alimentos termogénicos.

Contudo, ao contrário de chá e pimenta, que na sua forma natural, não têm grandes calorias associadas, as fontes alimentares de proteína

10. Água

agua de garrafa

Apesar de vir em último nesta lista, a água é fundamental para o correto funcionamento do metabolismo. Se não estiver bem hidratado, o metabolismo torna-se mais lento e fica mais difícil perder peso e barriga. Além disso, a água promove também uma maior saciedade e ajuda a controlar impulsos de fome, evitando o excesso alimentar e a consequente acumulação de gordura.

Como tal, não se esqueça de além da dieta para perder barriga, de beber pelo menos 1,5l de água ou chá sem açúcar por dia.

Associado à água pode sempre colocar o limão, a canela e o gengibre, que são alimentos que ajudam a acelerar o metabolismo e a queimar (ainda mais) gordura.

Veja também:

Nutricionista Rita Lima Nutricionista Rita Lima

Rita Lima é nutricionista, licenciada em Ciências da Nutrição pela Faculdade de Ciências da Nutrição e Alimentação da Universidade do Porto em 2016 e frequentou o Curso de Nutrição no Desporto na mesma faculdade. É membro efetivo da Ordem dos Nutricionistas.

O Vida Ativa disponibiliza e atualiza informação, não presta serviços de aconselhamento nutricional, de saúde ou de treino. O Vida Ativa não é proprietário nem responsável pelos produtos e serviços de terceiros apresentados, por conseguinte não será responsável por quaisquer perdas ou danos que possam resultar de quaisquer imprecisões ou omissões. A informação está atualizada até à data apresentada na página e é prestada de forma geral, tratando-se de textos meramente informativos, pelo que não constitui nem dispensa a assistência profissional qualificada e individualizada. Caso pretenda sugerir uma atualização, por favor, envie-nos a sua sugestão para: [email protected].