Publicidade:

Alimentos não permitidos na dieta paleo: saiba quais são

Existe uma lista de alimentos não permitidos na dieta paleo que deve conhecer ao pormenor para que consiga alcançar os seus objetivos.

Alimentos não permitidos na dieta paleo: saiba quais são
Cereais, leguminosas, lacticínios, além de todos os alimentos processados, não entram neste regime

A dieta do Paleolítico ou dieta Paleo, como é mais conhecida, é um regime alimentar que ganhou fama nos últimos tempos e que tem como base a alimentação que faziam os nossos antepassados antes da invenção da agricultura. Na base deste regime alimentar estão a carne, peixe e ovos, assim como as sementes, fruta e frutos oleaginosos. Dentro dos alimentos não permitidos na dieta paleo estão os produtos açucarados, os lacticínios, os cereais e as leguminosas, devido ao teor de hidratos de carbono que possuem.

Dieta paleo: como e porque fazer?


dieta paleo

Segundo esta teoria, o nosso organismo pouco ou nada se alterou desde o período do Paleolítico e, como tal, esta será uma dieta para o qual estamos geneticamente mais adaptados, o que trará diversos benefícios para saúde, entre os quais proteção de doenças cardiovasculares, prevenção de diabetes e obesidade.

Com efeito, esta dieta assenta numa ingestão mais elevada de proteína, uma baixa ingestão de hidratos de carbono e açúcar e uma moderada a elevada ingestão de gordura, incluindo ácidos gordos ómega-3 e 6, protetores da saúde cardiovascular.

Além disso, como se baseia em alimentos naturais, nada processados, o aporte de micronutrientes é mais elevado e a ingestão de açúcares, gorduras hidrogenadas, sal e aditivos alimentares é muito reduzida, o que beneficia a saúde de uma forma geral.

No entanto, e apesar de apresentar benefícios para a saúde, não deixa de ser uma dieta restritiva em hidratos de carbono, que deve ser acompanhada por um nutricionista, de modo a não comprometer as necessidades nutricionais nem originar estados de fadiga, cansaço e alterações de humor.

Alimentos permitidos na dieta paleo


alimentos permitidos na dieta paleo

Apesar de não existir um único tipo de alimentação paleo, existem algumas normas transversais a este tipo de dieta, como o privilégio de alimentos naturais e ricos em proteína e gordura.

Dentro dos alimentos permitidos na dieta paleo, estão os hortícolas, a fruta fresca, ambos de produção local e respeitando a sazonalidade, carne, peixe e ovos, sementes, frutos oleaginosos e respetivas pastas, azeite e óleo de coco, coco ralado e açúcar de coco com moderação.

Como bebidas, estão incluídas a água, o chá e o café sem açúcar. Para adoçar pode usar a stevia, açúcar de coco ou o mel, os dois últimos com mais moderação, caso deseje perder ou controlar o peso.

Além destes alimentos são permitidos, com moderação, batata-doce, aveia sem glúten, quinoa, trigo-sarraceno e farinhas (aveia, amêndoa, coco, arroz).

Alimentos não permitidos na dieta paleo


Dentro dos alimentos não permitidos na dieta paleo, tal como já mencionado, encontram-se os cereais, principalmente o trigo, as leguminosas, em especial a soja, e os lacticínios, em especial o leite.

Além disso, todos os produtos que contenham adição de açúcar ou aditivos alimentares estão automaticamente excluídos, nomeadamente refrigerantes, bolachas, pães embalados, doces e produtos de pastelaria.

Outros alimentos não permitidos na dieta paleo:

 

  • Sumos de fruta e fruta em calda
  • Bebidas “energéticas” ou desportivas
  • Chocolates onde o açúcar seja o primeiro ingrediente
  • Cereais de pequeno-almoço (mesmo os integrais sem adição de açúcar)
  • Bolos
  • Gelados
  • Margarina
  • Óleos derivados de grãos (canola, milho), de leguminosas (soja, amendoim) e de sementes (girassol), especialmente se não forem de pressão a frio
  • Amendoim e manteiga de amendoim, visto que é considerada uma leguminosa
  • Bebidas alcoólicas

Alimentos a moderar / evitar na dieta paleo

quinoa em frasco

A aveia, quinoa, o trigo-sarraceno e o polvilho doce e azedo, mesmo não sendo contaminadas por glúten, fornecem elevado teor de hidratos de carbono, daí recomendar-se moderação na sua ingestão!

O arroz, apesar de não ser tão mau como o trigo e a soja, tem também elevado teor em hidratos de carbono. Como tal, se a sua intenção for perder peso, a recomendação desta dieta é retirar o arroz até atingir o peso ideal e depois voltar a introduzir com moderação, preferindo a versão selvagem ou vaporizada.

Todos os vegetais que botanicamente são raízes também são para moderar nesta dieta, pois também apresentam um teor em hidratos de carbono considerável.

Relativamente a produtos lácteos, aqueles que são fermentados (queijo, iogurte natural com gordura (tipo grego), coalhada, manteiga) e os ricos em gordura (preferencialmente com mais de 40% de gordura, como a nata (evitar a UHT) e a manteiga) podem ser consumidos em fases iniciais de forma moderada, por aqueles que não apresentam intolerância à lactose ou alergia à proteína do leite de vaca.

Veja também:

Nutricionista Rita Lima Nutricionista Rita Lima

Rita Lima é nutricionista, licenciada em Ciências da Nutrição pela Faculdade de Ciências da Nutrição e Alimentação da Universidade do Porto em 2016 e frequentou o Curso de Nutrição no Desporto na mesma faculdade. É membro efetivo da Ordem dos Nutricionistas.

O Vida Ativa disponibiliza e atualiza informação, não presta serviços de aconselhamento nutricional, de saúde ou de treino. O Vida Ativa não é proprietário nem responsável pelos produtos e serviços de terceiros apresentados, por conseguinte não será responsável por quaisquer perdas ou danos que possam resultar de quaisquer imprecisões ou omissões. A informação está atualizada até à data apresentada na página e é prestada de forma geral, tratando-se de textos meramente informativos, pelo que não constitui nem dispensa a assistência profissional qualificada e individualizada. Caso pretenda sugerir uma atualização, por favor, envie-nos a sua sugestão para: [email protected].