Publicidade:

Cuidados para uma alimentação no primeiro trimestre de gravidez saudável

Descobriu recentemente que está grávida? Leia neste artigo quais os cuidados a ter na sua alimentação no primeiro trimestre de gravidez.

 
Cuidados para uma alimentação no primeiro trimestre de gravidez saudável
Saiba mais sobre a alimentação nesta nova fase.

Se descobriu recentemente que está grávida, saiba que a alimentação no primeiro trimestre de gravidez deve ser otimizada e adequada às necessidades atuais para garantir um desenvolvimento saudável do feto, assim como para a grávida se manter saudável e evitar possíveis complicações durante o parto e no período pós-parto.

Alimentação no primeiro trimestre de gravidez: necessidades nutricionais e energéticas


alimentacao no primeiro trimestre de gravidez gravida a ver teste de gravidez

As necessidades nutricionais durante este período devem ser ajustadas, tanto para suprir todas as necessidades nutricionais específicas da gravidez, como para fornecer um aporte energético adequado, nem em défice nem demasia, evitando situações de excesso de peso da grávida.

Neste contexto, é importante relembrar que estar grávida não significa comer por dois, um ganho de peso excessivo pode acarretar diversos problemas para a gestante e, no futuro, para a criança. Assim, é importante efetuar medições regulares do peso da grávida, seguir um plano alimentar adequado e procurar controlar os desejos e apetite exagerados que possam surgir.

Por outro lado, neste primeiro trimestre é muito frequente surgirem enjoos recorrentes e, por isso, nem sempre a grávida tolera com facilidade todos os alimentos. De qualquer forma, é importante não facilitar para não cair em erros, como comer pouco e não variar os alimentos ingeridos.

Especificamente no primeiro trimestre de gravidez, o ganho de peso não deverá ser muito acentuado, já que o crescimento do feto é ainda muito reduzido. Mulheres normoponderais devem ganhar, em média, entre 0,5 a 2 kg, pelo que não será necessário aumentar a energia consumida e, por isso, a quantidade de alimentos ingeridos durante este período.

Saiba mais aqui sobre o IMC da grávida >>

Relativamente aos macronutrientes, o seu consumo deve continuar a ser feito de forma equilibrada, estando aconselhada uma distribuição diária de 45 a 65% de hidratos de carbono, 10 a 25% de proteína e 20 a 35% de lípidos.

Para além de ser fundamental garantir que tem uma alimentação variada e equilibrada, a grávida também deverá recorrer a suplementação em outros nutrientes fundamentais para manter a saúde da gestante e o desenvolvimento fetal saudáveis, tais como vitamina B6, vitamina B12, ácido fólico e ferro. Para esse efeito, o seu médico obstetra irá com certeza prescrever toda a suplementação que considerar necessária.

Alimentação no primeiro trimestre de gravidez: dicas alimentares


alimentacao no primeiro trimestre de gravidez alimentos saudaveis

Existem várias dicas que poderá ter em consideração na alimentação no primeiro trimestre de gravidez, no sentido de incluir alimentos ricos em nutrientes fundamentais nesta fase, mas também de facilitar a gestão de peso:

– Inclua alimentos ricos em ácido fólico, tais como brócolos, alface, espinafres, nozes e amêndoas;

– Inclua alimentos ricos em vitamina B6, tais como banana, abacate, carnes magras e peixe;

– Inclua alimentos ricos em ferro, tais como ovos, carnes vermelhas ou de aves, couve, espinafres, lentilhas e feijão;

– Inclua alimentos ricos em vitamina C, no sentido de melhorar a absorção do ferro por parte do seu corpo, tais como couve, pimento, agrião, couve-flor, kiwi, papaia, laranja e outros citrinos;

– Não ingira bebidas alcoólicas;

– Se tem enjoos recorrentes, procure estar poucas horas sem comer e, apesar de parecer contraditório, se estiver enjoada, coma, isso ajudará a que se sinta melhor;

– Se o seu intestino não funciona normalmente e tem prisão de ventre, reforce o consumo de alimentos ricos em fibra, tais como fruta, cereais integrais, vegetais e leguminosas, assim como a quantidade de água e outros líquidos (como infusões sem açúcar) ingeridos;

– Se não é imune à toxoplasmose, existem alguns cuidados alimentares que deve ter:

  • Cozinhar bem os alimentos;
  • Não ingerir carne mal passada nem peixe ou ovos crus (ou pouco cozidos);
  • Lavar bem a fruta com casca antes de a preparar;
  • Desinfetar (com vinagre, por exemplo) todos os legumes e frutas que não têm casca antes de os consumir em cru, sendo desaconselhado o seu consumo fora de casa;
  • Consumir laticínios constituídos apenas por leite ultrapasteurizado.

– Comece desde já a criar hábitos que a auxiliem a gerir o seu peso, tais como tornar mais saudáveis os seus hábitos alimentares, não ir às compras com fome, comer apenas até se sentir saciada, hidratar-se bem, dormir cerca de 8 horas por dia e praticar exercício físico.

Alimentação no primeiro trimestre de gravidez: sugestão de um dia alimentar


alimentacao no primeiro trimestre de gravidez marmita saudavel

O seu dia alimentar deverá ter em consideração vários aspetos específicos, tais como a sua composição corporal, os seus horários, os seus gostos, as suas necessidades e possíveis patologias. No entanto, conheça esta sugestão de um dia alimentar saudável e equilibrado que poderá incluir na sua alimentação no primeiro trimestre de gravidez:

  • Pequeno almoço: 1 iogurte natural com 1 kiwi + 1 fatia de pão integral
  • Meio da manhã: 1 banana + 6 amêndoas
  • Almoço: Sopa de legumes + Bife de frango grelhado com arroz de ervilhas e cenoura raspada + 1 laranja
  • Lanche: 1 pão de mistura com 1 fatia de queijo magro
  • Jantar: Sopa de legumes + Pescada assada com batata cozida e brócolos + 1 maçã

 

Em suma…


Ao longo de toda a gestação, a gestão de peso e o correto aporte nutricional nas diferentes fases são fatores fundamentais para um correto desenvolvimento fetal, assim como para evitar futuras complicações na saúde da criança e da mãe. Para além do obrigatório acompanhamento por parte do seu médico obstetra, que garante a vigilância da saúde materna e fetal, consultar um nutricionista também é aconselhável.

Este profissional poderá adequar as suas necessidades alimentares a cada momento da gravidez, de forma individualizada, considerando os seus hábitos, gostos, patologias e necessidades específicas.

Todos os momentos serão importantes durante a gestação e a alimentação no primeiro trimestre de gravidez é um cuidado que não deve ficar esquecido.

Veja também:

Nutricionista Carolina da Costa Arcanjo Nutricionista Carolina da Costa Arcanjo

Mulher, tripeira e Nutricionista (C.P. 2181N). É licenciada em Ciências da Nutrição pela Universidade Católica Portuguesa e autora do blog "Comer para crer". Desenvolveu atividade em várias áreas da Nutrição, mas a paixão pela área clínica e pela comunicação tem prevalecido.

O Vida Ativa disponibiliza e atualiza informação, não presta serviços de aconselhamento nutricional, de saúde ou de treino. O Vida Ativa não é proprietário nem responsável pelos produtos e serviços de terceiros apresentados, por conseguinte não será responsável por quaisquer perdas ou danos que possam resultar de quaisquer imprecisões ou omissões. A informação está atualizada até à data apresentada na página e é prestada de forma geral, tratando-se de textos meramente informativos, pelo que não constitui nem dispensa a assistência profissional qualificada e individualizada. Caso pretenda sugerir uma atualização, por favor, envie-nos a sua sugestão para: [email protected].