Alheira: 5 formas de preparação e confecção do enchido

Está à procura de receitas fáceis e deliciosas com alheira e quer aprender a confeccioná-la em casa? Vamos mostrar-lhe como preparar o seu próprio enchido em sua casa, como cozinhar a alheira sem rebentar, como fazer alheira com ovos mexidos, alheira de Mirandela, e, por fim, uns folhadinhos de alheira com espinafres.

Alheira: 5 formas de preparação e confecção do enchido
Com ovos, à Mirandela, folhados e aprenda ainda a confecionar o próprio enchido em casa.

A alheira é um enchido tradicional fumado, cujos principais ingredientes são a carne e gordura de porco, carne de aves, pão de trigo, o azeite e a banha, condimentados com sal, alho e colorau doce e/ou picante.

Podem ainda ser usados como ingredientes a carne de animais de caça, carne de vaca e o salpicão e/ou o presunto envelhecidos.

A alheira de Mirandela é a mais famosa, mas por toda a Beira Alta e Trás-os-Montes fazem-se alheiras artesanais de excelente qualidade que pode utilizar nas receitas que vai ver de seguida ou pode fazer a própria caseira com a receita que temos no final do artigo.

5 receitas de alheira e forma de confeção


1. Alheira cozida sem rebentar

Alheira cozida sem rebentar

Se costuma rebentar a alheira quando a coloca a cozinhar, esta dica pode solucionar o problema e terá alheiras cozidas e inteiras para servir com os acompanhamentos que desejar.

– Ingredientes –

  • Alheiras q.b.
  • Água para cozinhar
  • Palitos

– Modo de preparação –

  1. Em cada alheira espete um palito em ambas as pontas bem juntinho ao cordel.
  2. Depois coloque as alheiras dentro de um tacho e cubra com água. Leve ao lume e assim que começa a ferver. Deixe estar de 10 a 15 minutos no máximo.
  3. Assim que passar esse tempo, retire a alheira para um prato e sirva com acompanhamentos.

2. Alheira frita sem rebentar

Alheira frita sem rebentar

Como preparar a alheira frita sem que esta rebente? Da mesma maneira que há um truque para fazer a alheira cozida sem rebentar, conheça o segredo para fritar.

– Ingredientes –

  • Alheiras q.b.
  • Óleo para fritar

– Modo de preparação –

  1. Pegue na alheira e dê-lhe um golpe na parte de fora de um lado ao outro. Desta forma ela não irá rebentar quando a colocar no óleo fervente a ferver.
  2. De seguida coloque uma frigideira com óleo ao lume. O óleo deve chegar apenas até à zona onde está o corte na alheira, nem mais nem menos.
  3. Deixe o óleo aquecer bem, de forma a que quando colocar a alheira este comece logo imediatamente a fritar. Coloque então a alheira e deixe fritar.
  4. A pele vai começar a encarquilhar e acaba por sair completamente deixando a alheira intacta. Deixe-a fritar até que fique bem loirinha.
  5. Assim que ficar loirinha, vire-a cuidadosamente e deixe fritar do outro lado.
  6. No final, retire para um prato com papel de cozinha para que escorra o óleo em excesso e sirva com os acompanhamentos que desejar.

3. Alheira de Mirandela

Alheira de Mirandela

A alheira de Mirandela é um prato antigo que já faz parte da nossa cultura. A versão típica é com batatas fritas e ovo estrelado, mas nesta receita sugerimos o acompanhamento com batatas assadas e esparregado, salpicada com salsa.

– Ingredientes –

  • 2 alheiras transmontanas de fumeiro
  • Sal q.b.
  • 500 g de batatas
  • Azeite q.b.
  • Salsa q.b.

– Modo de preparação –

  1. Comece por escaldar as alheiras durante aproximadamente um minuto em água ferver.
  2. Entretanto coza as batatas durante 5 minutos na água onde escaldou as alheiras.
  3. Num tabuleiro adicione um pouco de azeite no fundo, as alheiras e as batatas e leve ao forno durante aproximadamente 20 minutos a 180 graus.
  4. A meio do tempo vire as alheiras.
  5. Quando as alheiras estiverem assadas e as batatas levemente douradas, retire do forno, salpique a salsa e sirva com o esparregado.

4. Alheira com ovos mexidos

Alheira com ovos mexidos

Em apenas 10 minutos terá um prato saboroso para servir como entrada ou então como prato principal, podendo acompanhar de tostas ou uma salada de legumes.

– Ingredientes –

  • 8 ovos
  • 2 alheiras
  • 4 colheres de sopa de manteiga
  • Sal
  • Pimenta preta
  • Tostas

– Modo de preparação –

  1. Prepare as alheiras, aplicando um corte do lado exterior, em todo o seu comprimento.
  2. Leve uma frigideira com fundo anti-aderente ao lume e quando verificar que está bastante quente, coloque a alheira. Verá que a sua pele enruga e sai intacta da alheira, como na receita anterior de alheira frita.
  3. Depois, vire do lado contrário para que fique bem cozinhado. Repita o processo de preparação para ambas as alheiras.
  4. Quando estiverem prontas, retire para um prato com papel absorvente. Esfarele as alheiras com um garfo e reserve.
  5. Entretanto, comece a preparar os ovos. Numa frigideira adicione as quatro colheres de sopa de manteiga. Ligue o lume a uma temperatura elevada, durante cerca de 30 segundos, e depois reduza para lume médio.
  6. Parta os 8 ovos para a frigideira. Comece a misturar bem os ovos, com uma colher. Assim que os ovos apresentem uma textura ligeiramente húmida, mas já com alguma solidez, apague lume e continue a mexer durante mais ou menos 20 segundos.
  7. Tempere com uma pitada de sal e pimenta preta, adicione as alheiras ao ovo mexido e sirva quente acompanhado com tostas.

5. Folhados de alheira com espinafres

Folhados de alheira com espinafres

A escolha da alheira é importante neste prato e no final faz toda a diferença. Compre uma alheira de preferência de fabrico tradicional ou utilize a receita caseira que verá adiante.

– Ingredientes –

  • 1 base de massa folhada retangular
  • 2 alheiras (não muito grandes)
  • 1 molho de espinafres frescos
  • 2 dentes de alho
  • Azeite q.b.
  • Sal q.b.
  • Pimenta q.b.
  • 1 ovo para pincelar

– Modo de preparação –

  1. Comece por ligar o forno a 180 graus. Lave muito bem e escorra os espinafres.
  2. Num frigideira coloque um fio de azeite e os alhos laminados, deixe alourar e junte em seguida os espinafres, tempere com sal e pimenta a gosto e deixe saltear. Desligue e reserve.
  3. Retire a pele da alheira e coloque o recheio numa frigideira anti-aderente, deixe alourar um pouco. Assim que a alheira estiver a seu gosto junte os espinafres reservados, misture e desligue.
  4. Forre um tabuleiro com papel vegetal e sobre esse estenda a massa folhada. Coloque o recheio no centro da massa e cubra como se fosse um embrulho, pressione as pontas para que não abra.
  5. Faça ligeiros golpes com uma faca bem afiada mas sem ir ao fundo da massa. Pincele com gema de ovo e leve ao forno durante cerca de 30 a 40 minutos ou até que a massa fique dourada e bem folhada.

6. Confeccionar alheira caseira

Alheira caseira

Esta receita rende 10 a 12 alheiras para utilizar nas receitas sugeridas e em tantas outras, como de alheira assada e grelhada, durante todo o mês.

– Ingredientes –

  • 1 kg de pão caseiro de trigo
  • 200 g de carne de vaca
  • 150 g de presunto
  • 1/2 galinha caseira gorda
  • Carne de porco e alguns ossos de porco
  • 10 dentes de alho
  • 1 colher de sopa pimentão doce
  • Colorau
  • 1 ramo de salsa
  • 1 tripa seca para enchidos
  • 200 g de toucinho
  • Sal q.b.
  • Piri-piri q.b.

– Modo de preparação –

  1. Coza todas as carnes e os ossos de porco em água suficiente para as cobrir (de modo a obter no final da cozedura um caldo gordo e forte) e também com os alhos descascados, a piri-piri, a salsa e sal.
  2. À medida que as carnes forem ficando cozidas, retire-as, e desfie-as muito bem, esmague a parte gorda do toucinho e desfie a carne, podendo o courato ser picado com a faca.
  3. Demolhe e lave muito bem a tripa seca.
  4. Corte o pão em fatias finas para um alguidar.
  5. Quando as carnes estiverem todas cozidas, regue o pão com o caldo quente e tape-o com um pano durante alguns minutos. Depois desfaça muito bem o pão com uma colher de pau e junte-lhe as carnes desfiadas e uma colher de sopa de colorau, mexendo bem.
  6. Se estiver muito rijo, junte-lhe um pouco de caldo, mas pouco, pois deve obter uma espécie de açorda rija.
  7. Retifique os temperos e encha as tripas enquanto o recheio está quente. Vá enchendo, atando e cortando as alheiras com 15 cm de comprimento. Não se esqueça de as atar bem nas pontas.
  8. Depois de prontas, convém deixá-las no fumeiro se possível, ou no frigorífico durante 1 ou 2 dias e estarão prontas para utilizar nas receitas.

> As receitas deste artigo foram adaptadas das páginas Receitas da Piteca, À Moda do Flávio, Alheiras, Mãe Cheiras a Canela e Mulher Portuguesa.

Veja também: