Acne juvenil: porque aparece e como resolver

A acne juvenil é um dos problemas que mais afeta e incomoda os adolescentes. Neste artigo vamos deixar algumas dicas para a tratar em casa.

 
Acne juvenil: porque aparece e como resolver
Vira a cara às borbulhas. Fica a conhecer a higiene e cuidado das peles oleosas com tendência acneica.

acne juvenil é um problema de pele que afeta as glândulas sebáceas. As glândulas sebáceas estão unidas aos poros da pele através de um canal chamado folículo. Se estas glândulas produzirem demasiado sebo, os poros podem ficar obstruídos, o que causa borbulhas.

As primeiras borbulhas surgem normalmente entre os 11 e os 15 anos, embora existam casos mais precoces (por vezes desde os 7 ou 8 anos).

A acne inicia uma progressão descendente: as primeiras lesões aparecem na testa, onde podem permanecer nos casos mais ligeiros, de seguida surgem no nariz, nas bochechas e no queixo.

Em 95,5% dos casos, o rosto é a zona mais afetada, em particular a famosa “zona T” (queixo, nariz e testa). Mas o peito, a parte superior das costas e os braços também podem ser atingidos numa fase posterior, principalmente nos rapazes.

Na maioria dos casos, a acne desaparece espontaneamente entre os 18 e os 20 anos. No entanto pode persistir até à idade adulta.

Surgem então pontos vermelhos (pápulas), brancos (pústulas) e pretos, por ação da oxidação. Como resolver a situação?

ACNE JUVENIL: UM PROBLEMA COM ORIGENS VÁRIAS


acne juvenil

São vários os fatores que contribuem para o aparecimento de lesões acneicas.

Trata-se, sobretudo, de flutuações hormonais, tão comuns durante a puberdade, mas também de stress e de fadiga, que podem provocar uma produção excessiva de sebo e uma proliferação bacteriana. Quando o sebo não é segregado normalmente, os poros ficam obstruídos, dando origem ao aparecimento de pontos negros e borbulhas.

O que pode provocar o agravamento da acne juvenil?

  • Cosméticos não específicos para peles oleosas;
  • Alimentação desequilibrada;
  • Alguns medicamentos;
  • Stress;
  • Calor húmido e suor.

 

8 BONS HÁBITOS NA ROTINA DIÁRIA


 1. Limpeza da pele

acne juvenil e limpeza de pele

Lavar o rosto uma ou duas vezes por dia com produtos específicos que não sequem nem agridam mais a pele. Deve ter cuidado com os sabonetes esfoliantes e secantes, pois podem irritar a pele, piorando a acne em vez de a melhorar.

2. Hidratar a pele

acne juvenil e hidratar a pele

É muito importante fazê-lo tantas vezes quantas as necessárias, utilizando produtos não comedogénicos (que não potenciem a formação de comedões – pontos negros) para a pele que apresente acne juvenil. Cremes gordos ou irritantes, podem obstruir os poros e piorar a acne.

Para tal é muito importante a escolha de produtos adaptados e, de preferência, oil free. Se não tem o conhecimento para tal, procure ajuda de um profissional na farmácia.

3. Mãos fora

acne juvenil e nao espremer espinhas

É importante evitar tocar nas borbulhas para não ficarem inflamadas e para não irritar os poros. Além disso, tem maior probabilidade de originar cicatrizes.

4. Hábitos saudáveis

acne juvel e habitos saudaveis

Praticar desporto, dormir bem, controlar os excessos e comer de forma saudável evitando doces, gorduras e álcool. Evitar situações de stress e nervosismo. São hábitos saudáveis que se irão refletir também na pele.

5. Ser paciente

acne juvenil e ser paciente

A acne não desaparece de um dia para o outro. Para que seja eficiente, é preciso ter paciência, ser constante e seguir as recomendações do médico ou farmacêutico.

6. Cuidado com o Sol – O falso amigo

acne juvenil e cuidados com o sol

Podem notar-se melhorias, mas o excesso de sol pode deixar marcas e até mesmo com o tempo aumentar a produção de oleosidade. É muito importante moderar a exposição ao sol e utilizar sempre protetor solar sem óleo adaptado à pele com acne juvenil.

7. Para as raparigas

acne juvenil e desmaquilhar e limpar a pele

Devem evitar os cosméticos que contêm óleos minerais, assim como o uso de maquilhagem e cremes com cor uma vez que podem agravar a acne. Se os utilizar, é imperativo nunca esquecer de limpar corretamente o rosto à noite com água micelar ou gel lavante adaptado à pele acneica.

8. Para os rapazes

acne juvenil e cuidados com a acne em rapazes

Cada caso de acne juvenil é diferente. O cuidado da pele com acne deve ser pensado de forma individual segundo o tipo de lesão, sexo e outras características da pessoa. O que resulta muito bem na pele de um amigo pode ser prejudicial noutra.

Tratamentos para a acne juvenil: tratamentos caseiros


1. Aumente o consumo de vitaminas

vitamina d
No caso em que a acne juvenil apresenta um baixo grau de inflamação, o adolescente pode sempre optar por tentar um tratamento mais natural mas que, contudo, não seja agressivo para a pele. Assim, é importante antes de mais a dieta segue para que seja rica em vitaminas.

Fazer uma alimentação mais rica em vitamina B3, vitamina Dvitamina E e zinco ou mesmo procurar suplementos vitamínicos pode ser uma ajuda.

  • A vitamina B3 encontra-se em alimentos como o atum, anchovas, espadarte ou amendoins.
  • A vitamina D que pode ser obtida pela simples exposição da pele à luz solar é também benéfica.
  • A vitamina E, que ajuda na cicatrização das feridas provocadas pela acne, encontra-se em alimentos como brócolos, espinafres e frutos tropicais.
  • O Zinco torna a pele mais saudável e alimentos como as ostras e o fígado são ricos em zinco.

2. Mel

mel
Um remédio caseiro para tratar a acne juvenil é o mel. Para o utilizar no tratamento de borbulhas ou áreas afetadas com acne, aplique um pouco de mel e coloque-o em cima das borbulhas ou da área a tratar e depois cubra com um penso.

Utilize este processo de tratamento da acne juvenil imediatamente antes de ir para a cama e sobre a pele previamente limpa e deixe atuar até de manhã. Pela manhã, remova o penso, lave o rosto com água morna e abundante e está pronto para sair de casa.

O tratamento com mel pode ser feito as vezes necessárias até obter os resultados desejados.

Veja também:

O Vida Ativa disponibiliza e atualiza informação, não presta serviços de aconselhamento nutricional, de saúde ou de treino. O Vida Ativa não é proprietário nem responsável pelos produtos e serviços de terceiros apresentados, por conseguinte não será responsável por quaisquer perdas ou danos que possam resultar de quaisquer imprecisões ou omissões. A informação está atualizada até à data apresentada na página e é prestada de forma geral, tratando-se de textos meramente informativos, pelo que não constitui nem dispensa a assistência profissional qualificada e individualizada. Caso pretenda sugerir uma atualização, por favor, envie-nos a sua sugestão para: [email protected].