A importância do toque na relação a dois

A importância do toque na relação a dois é muito mais relevante do que aquilo que julgamos. O toque é importante ao longo do dia e está presente num abraço, num carinho, numa massagem. O toque está muito presente na fase inicial das relações afetivas e diminui com a rotina. Fique a conhecer os principais benefícios deste gesto.

A importância do toque na relação a dois
O toque é essencial para um relacionamento de sucesso.

A nossa postura, movimento e expressões revelam desejos e emoções. Não comunicamos apenas verbalmente, mas também através do tato conseguimos transmitir e interpretar conteúdo emocional, daí que a importância do toque na relação a dois seja muito estudada e valorizada.

A pele exerce uma grande importância nas relações humanas. “Tocar” pode ser definido como a ação de sentir algo com a mão, apalpar, comover, sensibilizar, isto é, pode ser tudo o que acontece entre um corpo e o outro, um contacto intencional entre duas pessoas, afagar, segurar, acariciar.

A importância do toque não se resume apenas ao facto de permitir comunicar. Revela uma grande quantidade de informações sobre o estado de espírito de quem nos toca, como por exemplo, se a pessoa está relaxada ou tensa. Estimula terminações nervosas da pele, desencadeando sensações de prazer, portanto, tocar é mais do que um simples contacto físico.

Não sentimos os benefícios do toque apenas quando somos tocados por outros, mas também quando somos nós a tocar. A pessoa que dá um abraço tem tantos benefícios quanto a pessoa que é abraçada.

Como aprendemos a comunicar através do toque?


 

a importancia do toque na relacao a dois

O toque é o primeiro sentido a desenvolver-se e é a principal forma de proporcionar amor a um bebé. Começamos a receber sinais táteis antes mesmo do nascimento, pois a vibração dos batimentos cardíacos de nossa mãe é amplificada pelo líquido amniótico. O toque de uma mãe aumenta o apego entre mãe e filho, atenua a dor, transmite segurança e, dependendo do tipo de toque, pode gerar emoções positivas ou negativas.

Nos primeiros tempos de vida o bebé explora o mundo através do toque, levando à boca tudo aquilo que o rodeia. Este ato dá conforto e autoestima e estimula a criação de um vínculo forte entre pais e bebé, sendo fundamental no desenvolvimento emocional e intelectual do bebé.

A estimulação tátil é uma experiência necessária ao desenvolvimento comportamental de todos nós. A restrição ou privação de experiências táteis e manipulativas no início da vida do bebé pode comprometer o seu comportamento tátil e afetivo no futuro.

A importância do toque na relação a dois


casal feliz

Uma das chaves para um relacionamento saudável e duradouro é manter a intimidade física. O toque é vital e aproxima o casal física e psicologicamente:

a – Reduz o stress: um carinho da pessoa certa no momento certo ajuda a aliviar o stress; o toque alivia a resposta fisiológica ao stress, diminuindo a pressão sanguínea e o cortisol;

b – Melhora o relacionamento do casal de forma geral: vários estudos comprovaram o importante poder da massagem; os benefícios não são apenas para quem recebe a massagem, mas também para quem a faz, dado que também experimenta uma redução das hormonas do stress; quanto mais forte a reciprocidade do toque, maior a probabilidade de alguém relatar intimidade emocional e satisfação com o relacionamento;

c – Aproxima o casal: o toque carinhoso estimula sentimentos de confiança e reforça o laço afetivo; mesmo o toque acidental entre o casal cria união e intimidade; demonstra apoio, aceitação e promove o bem-estar individual.

Em suma…


A importância do toque na relação a dois tem sido sobejamente estudada e comprovada. De facto, em inúmeras circunstâncias o toque é mais forte que o contato verbal ou emocional. É fundamental para o crescimento, bem-estar físico e mental de todos nós.

Muitas vezes subestimamos a importância da interação física com a pessoa que amamos e vamos perdendo a conexão e intimidade que estava presente no início do relacionamento. Portanto, agora que sabe a enorme importância do toque na relação cuide de quem mais ama e cuide de si: abrace, acarinhe e liberte todas as hormonas do stress.

Veja também:

Psicóloga Ana Graça Psicóloga Ana Graça

Mestre em Psicologia, pela Universidade do Minho, com a dissertação “A experiência de cuidar, estratégias de coping e autorrelato de saúde”. Especialização (Pós-Graduada) em Neuropsicologia Clínica, Intervenção Neuropsicológica e Neuropsicologia Geriátrica. Membro efetivo da Ordem dos Psicólogos Portugueses, com especialidade em Psicologia Clínica e da Saúde e Neuropsicologia. Para além da Psicologia é apaixonada por viagens, leitura, boa música, caminhadas ao ar livre e tudo o que proporcione felicidade!