Vírus H1N1: a temida Gripe A

Em 2009, surgiu uma nova forma do vírus H1N1, o vírus da Gripe A, que afeta humanos. Conheça os sintomas e formas de contágio principais.

Vírus H1N1: a temida Gripe A
Tire todas as suas dúvidas.

A gripe A, também conhecida como gripe suína, é causada pelo vírus H1N1, que é transmitido pelo ar, de pessoa para pessoa, através de gotículas de saliva, de um indivíduo afetado pelo vírus, para um outro saudável.

O diagnóstico desta gripe é feito através de um exame ao sangue, uma vez que os seus sintomas são semelhantes aos de uma gripe comum, apenas um pouco mais fortes.

Esta gripe pode ser prevenida através da toma da vacina contra a gripe. Esta vacina é trivial, uma vez que, ao mesmo tempo que protege contra o vírus H1N1, protege também contra o vírus H3N2 e Influenza B, os vírus que causam a gripe comum.

É normal que surjam algumas dúvidas sobre este assunto. Vamos tentar esclarece-las!

Vírus H1N1: informações importantes, mitos e verdades


Quais os sintomas do vírus H1N1?

virus h1n1

Como dissemos, os sintomas assemelham-se aos de uma gripe comum. Assim, é possível identificar alguns deles, nomeadamente:

Plano de Saúde Grátis
Cuide da sua saúde. Obtenha consultas de clínica geral, medicina dentária e especialidade médicas gratuitas.Peça aqui o seu plano grátis.

  • Febre elevada (mais de 38ºC e aparecimento súbito);
  • Tosse;
  • Congestão nasal;
  • Dor de garganta;
  • Dores musculares generalizadas;
  • Dores nos ossos e nas articulações;
  • Dor de cabeça;
  • Fadiga.

Em alguns casos, podem ocorrer distúrbios gastrointestinais, como diarreias e vómitos, o que difere dos sintomas da gripe sazonal.

Quais são as formas de contágio?

formas de contagio virus h1n1

As formas de contágio são, também, idênticas às da gripe sazonal. Pode ficar infetado com a doença, se:

  • Os olhos, boca ou nariz ficam expostos a gotículas respiratórias de doentes infectados com gripe;
  • Está a menos de um metro de um doente que expele gotículas quando fala, tosse ou espirra, pode ficar infetado, mas é preciso mais de uma hora de exposição para se tornar efetiva, exceto se o doente espirra ou tosse diretamente para cima de si;
  • Tocar em superfícies ou objetos onde há gotículas infetadas e depois colar as mãos na boca, olhos ou nariz.

Não há transmissão do vírus H1N1 através da água ou dos alimentos.

Quais são os principais mitos em relação ao vírus H1N1?

vacinação virus h1n1

  1. Não é necessário tomar a vacina todos os anos: É um mito, uma vez que, de ano para ano, os vírus podem sofrer mutações, o que faz com que as vacinas tenham de ser atualizadas pelos laboratórios.
  2. Pode ficar infetado com gripe A através do consumo de carne de porco: O vírus H1N1 só é transmitido entre pessoas através da saliva.
  3. A vacina contra a gripe A pode causar a morte: Este mito surgiu devido à presença de duas substâncias na vacina – o mercúrio e o óleo de esqueleto. No entanto, o mercúrio utilizado é o etilmercúrio, um conservante que também faz parte de outras vacinas, e o óleo esqualeno é uma substância que está presente no organismo humano, naturalmente.
  4. Os efeitos colaterais da vacina são muito fortes: A maior parte das pessoas não sente, sequer, qualquer efeito colateral após tomar a vacina. Portanto, não passa de um mito.
  5. A vacina só pode ser tomada até uma certa idade: A vacina é recomendada para todas as idades. A verdade é que, quanto mais cedo tomar, melhor. No entanto, não existe idade limite para a vacinação.

As verdades sobre o Vírus H1N1

vacinacao em gravidas virus h1n1

  • As pessoas com gripe podem tomar a vacina que protege contra o vírus H1N1, desde que estejam sem febre;
  • As mulheres grávidas e que amamentam podem tomar o vacina preventiva, após autorização do obstetra;
  • O vírus utilizado na vacina está inativo, e por isso ela não provoca a Gripe A;
  • A vacina está disponível no Serviço Nacional de Saúde.

Cuide da sua saúde. Consiga aqui consultas de clínica geral, medicina dentária e especialidade médica gratuitas!

Veja também:

Ler mais