Viagra vs Cialis

Viagra vs Cialis

Conheça as diferenças.

Viagra vs Cialis: quem será que ganha o combate? Na guerra contra a impotência, estes são os adversários. Fique a conhecer as principais diferenças entre eles.

Viagra vs Cialis: afinal, qual é o melhor aliado no tratamento da impotência? Em 1998, o mundo ganhou mais cor para muitos homens com a chegada do famoso comprimido azul, o Viagra, da Pfizer. Cinco anos mais tarde, a farmacêutica Lilly, lança no mercado o seu maior concorrente, o Cialis. Ambos garantem uma ereção segura e duradoura permitindo que tanto o homem quanto a parceira ou parceiro tenham prazer, mas há algumas diferenças.

Proteja a sua saúde!
Receba conteúdos exclusivos e habilite-se a um check-up completo. Registe-se já.

O que é a impotência sexual?


Um em cada dez homens pode sofrer de impotência sexual mas, ao contrário do que pode pensar, a impotência sexual é, na verdade, um sintoma. Um estilo de vida sedentário, doenças físicas ou psicológicas, uma alimentação pobre, como consequência da toma de alguns medicamentos, de cirurgias ou de lesões na região pélvica podem ser os responsáveis por esta condição. Está diretamente ligada à ação de uma enzima que, quando em excesso, impede a circulação sanguínea no pénis, mantendo-o flácido, indiferente aos estímulos físicos e psicológicos.

Viagra vs Cialis: quais são as diferenças?


São duas as principais diferenças entre o Viagra e o Cialis: uma diz respeito à dosagem, a outra ao tempo de duração. 

Assim, os comprimidos Cialis estão disponíveis em doses de 10mg e 20mg e o Viagra nas doses de 25mg, 50mg e 100mg.

Qualquer um dos comprimidos precisa de 30 minutos para fazer efeito, porém, a atuação  do Viagra pode durar até 4 horas, já os comprimidos Cialis garantem eficácia por um período até 36 horas.
Apesar destas diferenças, apenas o seu médico pode decidir qual é o comprimido mais adequado para o seu caso.

Cuidados a ter


Ambos os medicamentos exigem prescrição médica, por isso, é fundamental que ao primeiro sintoma converse com o seu médico. A sua honestidade é a melhor forma de evitar efeitos secundários. Assim, antes de iniciar a toma de Viagra ou Cialis marque uma consulta com o seu médico de família ou urologista, para que um especialista possa avaliar qual o melhor tratamento para si.

Tanto o Viagra quanto o Cialis podem ser incompatíveis com outros medicamentos, sejam naturais ou químicos, ou com determinadas condições de saúde pelo que podem colocar a sua vida em risco. Seja rigoroso na informação que presta ao seu médico.

Efeitos secundários


Basta seguir as indicações do seu médico para reduzir as hipóteses de efeitos secundários, ainda assim, se está a tomar Viagra ou Cialis esteja atento aos seguintes sintomas:

Dor de cabeça
Rubor facial
Boca seca
Fadiga
Desmaio
Pressão arterial alterada
Problemas de visão
Palpitações
Arritmias
Priapismo (ereção por longo período)


Veja também:


Artigos em destaque