Tudo o que precisa de saber sobre a vacina contra a gripe

A época para tomar a vacina contra a gripe começou em outubro. Neste artigo vamos falar-lhe sobre esta vacina, grupos de risco, preços e onde a tomar.

Tudo o que precisa de saber sobre a vacina contra a gripe
Opte pela prevenção em vez da cura

A vacina contra a gripe é de primordial importância para uma grande parte da população, nomeadamente os que se encontram nos grupos de risco de contração da doença.

Apesar de ser uma doença muito comum e que em alguns casos é tratada sem graves consequências, há cada vez mais casos em que a gripe leva à morte dos pacientes.


Vacina contra a gripe: o que é


A vacina contra a gripe é uma vacina constituída por vírus inativos, que, ao ser administrada, vai promover a produção de anticorpos pela ação do vírus inativo.

Plano de Saúde Grátis
Cuide da sua saúde. Obtenha consultas de clínica geral, medicina dentária e especialidade médicas gratuitas.Peça aqui o seu plano grátis.
O corpo de uma pessoa saudável deteta a invasão de um vírus e reage de forma a tentar eliminá-lo, criando anticorpos. Assim, se posteriormente, o corpo for novamente invadido pelo vírus da gripe, o corpo já está mais preparado para se defender e proteger.

O principal objetivo da vacina contra a gripe é evitar que os cidadãos, principalmente dos grupos de risco, sofram complicações, muitas das quais fatais.

Esta vacina pode, ainda, provocar algumas reações adversas mas que são localizadas e transitórias, entre as quais, dor, inchaço e vermelhidão no local onde a vacina é aplicada.


Vacina contra a gripe: grupos de risco


criancas
A vacina contra a gripe é recomendada pela Direção-Geral de Saúde (DGS) para os seguintes grupos:
 
  • pessoas com mais de 65 anos
  • diabéticos
  • portadores de doença crónica pulmonar
  • pessoas com doenças cardíacas
  • portadores de doença crónica renal
  • portadores de doença crónica hepática
  • pessoas com as defesas debilitadas
  • grávidas com mais de 12 semanas de gestação
  • profissionais de saúde
  • prestadores de cuidados, como o cuidador de idosos
  • crianças e adolescentes com doenças crónicas.


Vacina contra a gripe: preço


Para os cidadãos com mais de 65 anos de idade, a vacina contra a gripe é gratuita e basta que se dirijam ao centro de saúde para serem vacinados, mesmo sem necessidade de apresentar receita médica.

Há ainda outros grupos para os quais a vacina contra a gripe é recomendada e, também, gratuita, como é o caso de crianças e adolescentes com doenças crónicas e que permaneçam em instituições.

Segundo informações disponibilizadas pelo Serviço Nacional de Saúde (SNS), e a partir de 2016, doentes a aguardar transplante, sob quimioterapia, com trissomia 21, fibrose quística, doença neuromuscular e com défice de alfa-1 antitripsina também têm o direito à vacinação gratuita.

Os restantes cidadãos pagam pela vacina com receita médica cerca de 3,80 €, dependendo do regime de comparticipação.


Vacina contra a gripe: onde e quando tomar


prescricao medica
Para os cidadãos com mais de 65 anos que não precisam de prescrição médica, a vacina tem de ser aplicada no centro de saúde.

Para os outros grupos de risco e para os cidadãos em geral, com a prescrição médica, podem dirigir-se ao centro de saúde, naturalmente, mas também podem recorrer aos serviços de privados.

Há, ainda, empresas que já oferecem a vacina contra a gripe aos seus colaboradores e, nestes casos, normalmente é o prestador de serviços de medicina laboral que envia um profissional qualificado para aplicar as vacinas.

Para além disso, é relevante salientar que a campanha de vacinação arranca normalmente em outubro e dura até o final de dezembro e que quanto mais cedo se vacinar, melhor, pois evita passar desprotegido pela época em que surgem mais casos de gripe e em que é mais provável a contaminação por este vírus.

É importante que, à semelhança de qualquer outra vacina, a vacina contra a gripe seja aplicada por um profissional qualificado para o efeito.

Cuide da sua saúde. Consiga aqui consultas de clínica geral, medicina dentária e especialidade médica gratuitas!

 

Veja também: