Trigo: sim ou não? Trigo sarraceno, sim!

O trigo sarraceno é uma poderosa fonte de energia e o melhor amigo dos celíacos mas não só. Saiba mais neste artigo.

Trigo: sim ou não? Trigo sarraceno, sim!
Tudo o que precisa saber sobre a ingestão do trigo sarraceno.

Nos dias de hoje ouvimos cada vez mais recomendações sobre evitar a ingestão do trigo. Todos falam sobre o trigo e sobre o glúten mas, de facto, existem algumas particularidades que devemos ter em conta.

Quando se recomenda a não ingestão do trigo, faz-se sempre referência ao trigo moderno. O trigo moderno é o mais comercial, que está presente no pão, nas bolachas, nas massas, biscoitos, pasteis, bolos de pastelaria, e em praticamente tudo o que contém farinha!

Ao longo dos tempos, para aumentar a produtividade, foram implementadas novas técnicas de produção, sendo agora um cereal completamente alterado. Se perguntar se deve comer trigo, a resposta é não! Mas se for trigo sarraceno, sim!

 

Em que consiste o trigo sarraceno?


trigo sarraceno

O trigo sarraceno, também chamado de trigo-mourisco, na realidade não é um cereal mas os seus grãos assemelham-se na perfeição. Possui um alto teor em inositol e rutina e não possui glúten sendo, por isso, ideal para uma doença celíaca. Apresenta mais aminoácidos do que o arroz ou o milho, é rico em ferro, manganês, cobre, zinco e magnésio.

Calcule o seu IMC
Descubra o seu peso ideal e como atingir o seu objetivo! Calcular já.

Uma só chávena de trigo sarraceno contém cerca de 86 miligramas de magnésio. Podemos ainda destacar na sua riqueza em flavonoides e quercetina. Como é muito rico em aminoácidos, contendo todos os essenciais, a sua proteína é considerada de alto valor biológico.

Com estas características não admira os inúmeros artigos científicos destacando as suas propriedades terapêuticas:
As duas espécies de plantas com grãos de trigo-sarraceno – Fagopyrum esculentum e Fagopyrum tataricum – contêm ambas os mesmos nutrientes mas a segunda é mais rica em rutina e quercetina. Os grãos contêm cerca de 71% de hidratos de carbono, 60% de amidos, 10% de fibras e 13% de proteína incluindo o aminoácido Lisina, raro nos outros cereais, 3,5% de gorduras maioritariamente polinsaturadas, mas ainda assim está presente ómega-3.

Muitos investigadores de várias Universidades têm demonstrado o potencial terapêutico do trigo sarraceno e cada vez mais podemos ler artigos científicos (como o publicado no Journal of Agricultural and Food Chemistry), destacando a sua riqueza em catequinas, epicatequinas e epicatequinas-galato, substâncias conhecidas pelo seu efeitos antioxidantes, hipolepimiantes, neuroestabilizadores e anticancerígenas.

Um outro estudo coordenado pelo DR. M.J. Iurno, publicado em 2002, destaca a influência do trigo-sarraceno no sistema hormonal, nas funções neurológicas e ainda no metabolismo das gorduras. Tudo isto pela ação do inositol, que aumenta a sensibilidade à insulina normalizando os níveis de açúcar no sangue, reduz os níveis de testosterona e melhora, desta forma, patologias como ovários poliquísticos, infertilidade e obesidade.

 

Propriedades terapêuticas do trigo serraceno


diminuicao da tensao arterial

Quelante

Um quelante é como que um “colante”, capta os metais pesados no nosso organismo. A palavra quelante é de origem do grego chele,  que significa “pinça” ou “garra”. No tratamento de envenenamentos metálicos por Pb (chumbo), Hg (mercúrio) ou outros elementos, são utilizados agentes quelantes para “colar” os iões metálicos, formando quelatos que possibilitam sua eliminação pelo organismo.

Antioxidante

Um antioxidante é aquilo que o alimento nos fornece para combater os radicais livres. Sem entrar muito em química, os radicais livres são os principais responsáveis pela oxidação, envelhecimento precoce, pelo aparecimento de cancro, doenças cardiovasculares e doenças degenerativas, como a Alzheimer.

Hipotensor

O trigo sarraceno baixa a tensão alta ao inibir a enzima conversora da Angiotensina-1. Ação comprovada através de um estudo clínico coordenado pelo Dr. Y. Aoyagi da Universidade de Kagawa, publicado em 2006 na revista Phytochemistry.Bactericida e fungicida.

O trigo sarraceno contém um péptido com propriedades antifúngicas que também inibe a proliferação de células tumorais HepG2 de Hepatoma e L1210 da leucemia. Este estudo foi publicado em 207 no Journal of Péptide Science.

Hipoglicimiante

Devido ao inositol e D-quiro-inositol. A sinergia entre estas moléculas reduz a resistência das células à entrada da glicose.

Hipolipemiante

Reduz os níveis de triglicéridos e colesterol no sangue. Um estudo publicado em 2009 no Journal of Agriculatural and Food Chemistry destaca o trigo sarraceno como um belíssimo antioxidante que “aumenta a síntese da glutationa- peroxidase e diminui os níveis de triglicéridos e colesterol, reduzindo desta forma a possibilidade da formação de placas de ateroma”.

Antitumoral

Dr. Peng publica em 2015 um trabalho focando os “claros efeitos antitumorais” deste grão! – “ Atua tanto in vitro como in vivo no carcinoma hepático!”

Como consumir trigo sarraceno


salada com trigo sarraceno

A melhor forma de consumir é germinado. Germine os seus grãos porque desta forma aumenta o seu teor em micronutrientes. Os rebentos possuem uma ação anti-inflamatória comprovada.

Coloque os grãos ou os rebentos em saladas, junte nos seus legumes salteados ou estufados, faça crepes ou coloque simplesmente no seu batido matinal! Mas não se esqueça…tal como os outros cereais deve ingerir com moderação!

3 Receitas simples com trigo sarraceno


Pão de trigo sarraceno

– Ingredientes –

  • 1 chávena de farinha de trigo sarraceno
  • 1 chávena de chá de mistura de farinha sem glúten para pão
  • 3 colheres de chá de fermento sem glúten
  • 1 chávena de leite de soja
  • ½ chávena de óleo
  • ½ colher de chá de sal
  • 2 colheres de açúcar
  • 1 ovo
  • sementes a gosto

– Modo de preparação –

  1. Comece por ligar o forno a 180º e forre uma forma de bolo inglês com papel vegetal. Misture o sal as farinhas, o fermento e o açúcar.
  2. Bata o ovo e junte ao preparado anterior.
  3. Adicione agora o óleo e o leite e bata com uma batedeira.
  4. De seguida, coloque na forma , coloque as sementes por cima e leve ao forno durante 40 minutos ou até estar cozido.

2. Papas de trigo sarraceno

– Ingredientes –

  • 1 chávena de trigo sarraceno
  • 1 colher de chá de sementes de chia
  • 1 colher de café de manteiga de amendoim
  • 1 colher de chá de canela
  • 1 chávena de água
  • 1 fio de mel
  • 1 banana

– Modo de preparação –

  1. O trigo sarraceno deve ficar a demolhar durante a noite mas, se não foi possível, no mínimo precisa de uma hora.
  2. Escorra e passe por água corrente Triture, no liquidificador ou com ajuda da varinha mágica, o trigo sarraceno, metade da banana e a colher de até obter uma papa.
  3. Sirva com a restante banana, as sementes de chia e um fio de mel.

3. Sobremesa de trigo sarraceno e frutos silvestres

– Ingredientes –

  • 1 chávena de trigo sarraceno
  • 100 ml de leite de amêndoa
  • ½ chávena de frutos silvestres congelados
  • 1 colher de sopa de mel
  • mirtilos q.b.

– Modo de preparação –

Depois de demolhar o trigo sarraceno durante a noite, escorra e passe por água corrente.

  1. De seguida, junte os frutos silvestres, o leite e o mel na liquidificadora.
  2. Triturar até obter uma textura cremosa.
  3. Coloque em taças, leve ao frigorífico durante trinta minutos e sirva fresco decorado com mirtilos.

Calcule o seu IMC, descubra o seu peso ideal e a melhor forma de atingir os seus objetivos!

Veja também:

Ler mais
Dra. Sandra Elói Dra. Sandra Elói

Naturopata, Especialista em Medicina Ortomolecular. Terapeuta Clark (Diplomada por Dr. Clark Research Association, San Diego- USA), Laserterapeuta – Lesões desportivas(Certificada pela European TCM laser Academy – Alemanha). Colaborada em estudos clínicos na área da Medicina Natural e Ortomolecular. Docente no Instituto de Medicina Tradicional (IMT). Preparadora física de atletas de competição. Diretora Técnica do Killograma Clínica. Campeã nacional de fitness. Campeã nacional de judo.