Treino de força na adolescência

É indiscutível a importância da atividade física na vida de qualquer indivíduo e os benefícios do treino de força na adolescência são cada vez maiores.

Powered by: Wellness solutions
Treino de força na adolescência
Saiba mais sobre este treino nesta etapa da vida.

Hoje falamos de treino de força na adolescência visto serem cada vez mais adolescentes a começar uma vida mais saudável nos ginásios.

Mas será que o fazem da maneira mais correta?

Não existe nenhum tipo de treino que permita o crescimento em altura, no entanto começar demasiado cedo com treinos de força intensos pode inibir o crescimento.

A fase mais ativa do crescimento dos jovens vai até aos 17 anos. Durante esse período, se houver uma prática de treinos de força de grande intensidade podemos inibir ou estagnar o processo de crescimento.

Formação da estrutura óssea


A formação completa da estrutura óssea é atingida por volta dos 20 anos, mas apenas aos 22 anos podemos considerar que está completamente estagnada. E esse é mais um dos motivos pelos quais não se recomenda a prática de musculação com grandes cargas físicas em adolescentes.

Plano de treino grátis
Quer atingir os seus objetivos e não sabe por onde começar? Temos um plano de treino de acordo com o que pretende. Obter o plano aqui.

Provavelmente não sentirá as consequências do treino logo e nem mesmo nos anos seguintes, mas perto dos 40 pode acabar por sofrer de dores crônicas e bastante desagradáveis na coluna vertebral e articulações.

Lembre-se que corrigir isso no futuro será bastante complicado.

Nível de hormonas em adolescentes


O período compreendido entre os 14 e 18 anos é aquele em que se atinge o nível máximo das principais hormonas responsáveis pelo crescimento muscular (testosterona e hormona do crescimento). Mas isso de modo algum significa que essa seja a melhor idade para praticar treinos de força.

Na sua essência, o crescimento muscular depende dos níveis hormonais: exercícios físicos não trazem resultados sem produção de hormonas.

De salientar, que basta trabalhar com pesos medianos e com execução técnica correta dos exercícios para garantir o crescimento muscular sem consequências nefastas no futuro.

Treino de força na adolescência – até os 16 anos


Qualquer sessão de treino de um jovem de 16 anos ou mais novo deve ser feito sempre sob vigilância de um treinador.

Em nenhum momento devem ser feitos exercícios com pesos superiores a 30 kg.

O ideal e recomendado são exercícios com o peso do corpo ou de fortalecimento geral.

Exercícios para adolescentes entre os 14 e 16 anos

O tipo de exercícios mais eficazes para adolescentes entre os 14 e 16 anos são exercícios com o peso do corpo realizados com grande execução técnica, como por exemplo, flexões, deeps, agachamentos.

De ressalvar que em exercícios realizados em máquinas no ginásio a carga nunca deve ultrapassar 50% do peso do próprio corpo.

Na fase da adolescência os indivíduos podem realizar treino de força, com orientação e supervisão profissional, procurando assim obter benefícios com esta actividade.

Não se pode é treinar ou prescrever exercícios a um adolescente como se fosse um adulto em ponto pequeno, temos que ter em conta a individualidade biológica de cada um.

Em suma…


Em suma, o treino de força na adolescência pode oferecer grandes benefícios á saúde e aptidão física de adolescentes, sempre que estes forem seguidos de recomendações e instruções adequadas.

A utilização de equipamentos apropriados, da técnica correta de execução dos exercícios e uma progressão adequada de acordo com a idade de cada um.

Consiga aqui um plano de treinos gratuito de acordo com os seus objetivos e fique em forma!

Veja também:

Ler mais
Prof. João Ribeiro Prof. João Ribeiro

João Ribeiro é responsável pela área de Performance da Wellness Solutions®. Licenciado em Desporto e Educação Física - Alto Rendimento - pela Faculdade de Desporto da Universidade do Porto (FADEUP) conta ainda com um mestrado em Ensino de Educação Física nos Ensinos Básico e Secundário também pela FADEUP. Desde sempre ligado desporto, vê nesta área uma oportunidade de desafiar as capacidades físicas e mentais de cada indivíduo.