Treinador de formação: formador desportivo ou também formador social?

Sabemos que as nossas crianças desde pequenas necessitam de regras e disciplina, e isso é também incutido por um treinador de formação que não só ensina como educa. 

Powered by: Frederico Silva - Wellness Solutions
Treinador de formação: formador desportivo ou também formador social?
Afinal qual é o papel que um treinador de formação assume?

O desporto organizado para jovens teve uma grande evolução nas últimas décadas.

Sabe-se que tem um papel importante na socialização na medida em que os jovens são colocados em contacto com valores culturais inerentes á sociedade em que estão inseridos contribuindo para a sua formação pessoal.

Desta forma, não podemos ignorar a importância que os vários agentes desportivos como um treinador, um preparador físico, diretores, fisioterapeutas, entre outros, têm no processo educativo de cada criança/atleta.

Qual o papel do treinador?


O treinador assume em todo o processo de formação de jogadores e homens um papel vital, uma vez que é responsável pelo presente e futuro dos jovens que lhe são confiados, exigindo-lhe conhecimentos acerca do desenvolvimento motor, biológico, psíquico e social e a capacidade de os integrar nas suas metodologias de trabalho.

Pronto para malhar pesado?
Obtenha um plano de exercícios para atingir os seus objectivos! Saiba tudo aqui !
O treinador, por aquilo que é e pelo que faz, exerce uma forte influência e modela o comportamento dos seus jogadores, sendo a sua ação por vezes mais forte que a dos seus próprios pais.

Não é tarefa fácil lidar com crianças/atletas, muito menos saber treina-las. Além de treinador é preciso ser amigo, professor, líder e acima de tudo um bom exemplo, tanto no contexto desportivo como no cívico. 

Treinar crianças não é treinar adultos em miniatura”.


Adulto vs Criança 

Um adulto é uma pessoa com uma formação vincada, por outro lado, a acriança encontra-se em processo de desenvolvimento e passa pelas chamadas “fases sensíveis”, em que são aqueles períodos-chave para a aquisição ou desenvolvimento de capacidades cognitivas, emocionais e sociais.

Desta forma, o treinador de formação tem que conhecer o contexto desportivo em que está inserido (faixa etária), saber quais os “períodos-chave” e saber tirar o melhor proveito de cada criança/atleta durante essas fases.

Desta forma o Desporto nas idades mais jovens deve ser encarado como um processo fundamental para uma formação pessoal tanto a nível desportivo como a nível humano, os resultados não podem ser o fator principal.

Treinar jovens é educa-los através de algo motivante – o Desporto – para no futuro serem indivíduos capazes de lidar convenientemente com as diversidades da vida (positivas ou negativas), mantendo hábitos de vida saudáveis.


Caraterísticas de um bom treinador de formação


1. Competências técnicas

Conhecimento do Jogo, definição de objetivos, capacidade de decisão e capacidade crítica.
 


2. Competências pessoais

Inteligência, liderança, carácter, humildade e ambição.
 


3. Competências interpessoais

Comunicação, disciplina, respeito, amizade e sensibilidade.

Receba aqui um plano com exercícios para malhar e ficar em forma !

 

Veja também:

Prof. João Ribeiro Prof. João Ribeiro

João Ribeiro é responsável pela área de Performance da Wellness Solutions®. Licenciado em Desporto e Educação Física - Alto Rendimento - pela Faculdade de Desporto da Universidade do Porto (FADEUP) conta ainda com um mestrado em Ensino de Educação Física nos Ensinos Básico e Secundário também pela FADEUP. Desde sempre ligado desporto, vê nesta área uma oportunidade de desafiar as capacidades físicas e mentais de cada indivíduo.