Os diferentes tipos de creatina

Os diferentes tipos de creatina

Saiba as diferenças entre os diversos tipos.

Dos vários tipos de creatinas existentes, fique a conhecer as vantagens e desvantagens de algumas mais conhecidas. 

Existem vários tipos de creatina disponíveis, e neste artigo vamos conhecer os principais.

A creatina é um dos suplementos mais populares que ajuda no ganho muscular, sendo o mais procurado por culturistas.

Um dos principais problemas reside no tipo de creatina indicado para cada atleta, e por esse motivo vamos passar a explicar os tipos de creatina mais comuns disponíveis.
 


1. Creatina monohidratada


A creatina monohidratada é a original e mais popular que tem sido usada entre os diferentes tipos de creatina, durante décadas. É a mais vendida em todo o mundo.


Vantagens:

Tudo para manter a forma
Tenha acesso às melhores dicas de nutrição! Receba já conteúdo exclusivo!
  • Diversos estudos realizados a respeito da creatina monohidratada chegaram a resultados e conclusões surpreendentes, nomeadamente o aumento dos índices de força e energia, quando de treinos de resistência; 
  • Até ao momento é o tipo mais eficaz;
  • É a mais barata.
 


Desvantagens:

  • Não é muito solúvel em água;
  • Fraca absorção pelo organismo;
  • Pode causar desconforto abdominal devido à sua fraca solubilidade;
  • Pode causar retenção de água.


2. Creatina micronizada


Este tipo de creatina é essencialmente creatina monohidratada cujas moléculas foram divididas para aumentar a área de absorção em 20 vezes.


Vantagens

  • Praticamente iguais ao tipo descrito anteriormente, e não provoca tanto desconforto abdominal;
  • Mais eficaz do que a monohidratado;
  • É mais puro, uma vez que passa por mais processos.
 


Desvantagens

  • Mais caro.


3. Creatina Etil Ester


É uma molécula de creatina que possui um éster ligado.

Após ser absorvida pelo corpo, a creatina etil ester é dividida em creatina e etanol. Após esta divisão entre creatina, creatinina e etanol, a molécula de éster deve ser mais capaz de penetrar nas membranas celulares do que qualquer outra creatina existente.


Vantagens

  • Mais eficaz devido ao facto de ser mais absorvida;
  • Quem a utilizar vai, quase de certeza, ter boas respostas à mesma.
 


Desvantagens

  • O seu gosto não é muito agradável na forma de pó, o que faz com que seja pouco desejado;
  • Das três creatinas descritas até agora, é a mais cara.
 

4. Creatina Serum


É uma das creatinas mais controversas que foi introduzida no mercado.

Enquanto umas pessoas mostram resultados muito bons, outras não apresentam resultados de todo.

Este tipo de creatina é basicamente dissolvida em água.


Vantagens

  • Não necessita de fase de habituação porque é normalomente bem absorvida;
  • Fácil de usar, apenas se coloca uma gota debaixo da língua;
  • È frequentemente misturada com vitaminas e aminoácidos.
 


Desvantagens:

  • Muitos estudos demonstram que este suplemento é inútil;
  • A creatina é instável na forma de liquido;
  • Muito dispendiosa;
  • Menos eficaz que a creatina monohidratada no que respeita ao aumento de massa muscular.


5. Creatina citrato


A creatina citrato está, tal como anterior, associada a outra molécula, neste caso citrato.

É o tipo mais solúvel na água entre as existentes. Isto significa que é mais facilmente absorvida pela água e contém ácido cítrico, o que tende a aumentar a produção de energia muscular.


Vantagens

  • Solúvel, e por isso não causa tanto desconforto.
 


Desvantagens

  • Dispendioso;
  • Necessita do dobro da dose para ser eficaz como a creatina monohidratada;
  • Não resulta em melhores resultados que a monohidratada.
 

6. Creatina malato


Esta categoria é formada pela combinação de creatina e ácido málico também para melhorar a absorção.


Vantagens

  • Recuperação mais rápida e a fadiga é menor durante o exercício;
  • Promove o aumento da massa corporal, de força muscular, explosividade, resistência e concentração;
  • Mais solúvel em água;
  • Tem o efeito de aumentar o tamanho das células.
 


Desvantagens

  • Poderá ser mais cara por estar associada a outras moléculas que fazem aumentar o seu valor monetário.


7. Cocktail de creatina


Estes suplementos frequentemente estão misturados com outros aminoácidos como a glutamina, ou então com oxido nítrico.

Ao serem uma mistura de produtos, existe uma facilidade em ir buscar os benefícios de cada um dos componentes e ainda maximiza-los.


Vantagens

  • É barato considerando a quantidade de compomentes existentes;
  • Bastante eficaz por surgir um efeito de sinergia atraves da combinação de compostos;
  • Contém transportadores de creatina que pode ajudar na absorção da mesma.
 


Desvantagens

  • Faz uso de muitos químicos;
  • Implicam uma dose grande de suplementos no corpo.
Agora que já viu connosco os diferentes tipos de creatina, escolha o mais adequado para si!

Saiba as melhores dicas para ficar em forma !

 

Veja também: