Teimosia: conhece alguém com a síndrome “tenho sempre razão”?

Não é fácil lidar com uma pessoa teimosa, porque tende a ser uma pessoa fechada e inflexível. No entanto, com esforço, é possível perceber qual a verdadeira razão por detrás da teimosia, e então será mais fácil lidar com essa pessoa. Fique a conhecer as principais características de uma pessoa teimosa e aprenda a lidar com ela.

Teimosia: conhece alguém com a síndrome “tenho sempre razão”?
Descubra se é mais teimoso do que pensa!

Ter confiança e teimosia nas nossas opiniões aumenta a probabilidade de estarmos certos? Autoconfiança e teimosia são a mesma coisa? Ser teimoso traz vantagens? Vamos descobrir!

Autoconfiança e teimosia


autoconfianca e teimosia

A autoconfiança é a crença de que podemos realizar com sucesso determinada atividade. Está relacionada com a forma como nos vemos e como nos sentimos em relação a nós mesmos, e é algo que é construído ao longo do tempo, ou seja, tendo por base o esforço e o trabalho feito. Quando alguém autoconfiante dá uma opinião, fá-lo tendo por base alguma investigação e esforço prévio.

Por outro lado, quando nos mostramos excessivamente confiantes em relação a uma opinião ou a uma capacidade nossa, sem que nos tenhamos esforçado previamente para a fundamentar ou desenvolver, estamos a falar de teimosia. E uma pessoa excessivamente teimosa rapidamente se transforma em alguém com a mente fechada e intolerante.

A teimosia é um traço de personalidade em que a pessoa se recusa a mudar a sua opinião sobre determinado assunto ou recusa mudar de ideias em relação a algo que decidiu fazer. Pessoas teimosas são muito resistentes à mudança, sobretudo se essa mudança for sugerida por outra pessoa.

Como identificar uma pessoa teimosa?


nao querer ouvir o outro

Ouvimos frequentemente falar em teimosia e achamos sempre que são os outros que são teimosos, ao contrário de nós, que somos sempre flexíveis e com mente aberta. A verdade é que apontar o dedo a outras pessoas é mais fácil do que reconhecer estas características em nós mesmos:

  • Alguém que mantém uma ideia ou plano, ou insiste em fazer o que quer, mesmo quando sabe que está errado;
  • Alguém que faz o que quer fazer, mesmo que mais ninguém o queira;
  • Alguém que critica de todas as formas possíveis uma ideia apresentada por outra pessoa;
  • Alguém que fica visivelmente irritado e impaciente quando as outras pessoas o tentam persuadir em relação a algo com o qual não concorda.

 

Porque é que algumas pessoas são tão teimosas?


homem cheio de razao

Essas pessoas incrivelmente teimosas que conhece podem não ter sido sempre assim. É possível que tenham existido circunstâncias de vida que desencadearam essa teimosia excessiva. Todas as pessoas teimosas são únicas e todas diferentes entre si, daí que as razões que as levaram a ser tão teimosas possam ser imensas. Vamos descobrir algumas das causas apontadas à teimosia:

Teimosia e recompensas

A teimosia pode ser um meio para alcançar aquilo que se quer e evitar a resistência que os outros poderiam oferecer, alcançando a recompensa pretendida. É muito comum ver este comportamento nas crianças.

Quando as crianças descobrem que o comportamento teimoso e insistente leva a que os pais cumpram os seus desejos passam a utilizar a teimosia como meio para alcançar aquilo que querem.

Teimosia como mecanismo de defesa

A teimosia pode funcionar como mecanismo de defesa e para evitar a dor provocada pela limitação da liberdade e da possibilidade de tomar as próprias decisões. Por exemplo, quando os pais são demasiado controladores e possessivos e tomam todas as decisões sobre a vida do próprio filho, a criança pode pensar que sua liberdade está ameaçada.

Nesta situação, é comum que na infância ou adolescência algumas crianças se tornam rebeldes e teimosas.

Teimosia e identidade

Algumas pessoas identificam-se tão fortemente com as suas crenças, opiniões, ideias e gostos, que não suportam que alguém discorde delas, pois discordar delas significa discordar de quem elas são.

Estas pessoas tornam-se tão teimosas ao ponto de não terem em consideração a opinião dos outros e podem até evitar totalmente as pessoas que não concordam com elas, para que possam viver num mundo onde só as suas ideias e opiniões vingam.

Teimosia e sentimentos de hostilidade

A teimosia pode ser apenas a forma que alguém encontrou para hostilizar e aborrecer outra pessoa.

Em conclusão…


Se ser teimoso é um traço da sua personalidade e há pequenas alterações que pode pôr em prática no seu dia-a-dia de forma a ser menos intolerante com as outras pessoas:

  • Ouça quem o rodeia e faça o esforço de entender outros pontos de vista que não o seu;
  • Esteja aberto a outras possibilidades: não assuma que a sua opinião é a única viável;
  • Seja humilde e admita quando estiver errado: quando percebe que está errado deve assumir o erro e responsabilizar-se pelas suas ações.

Veja também:

Psicóloga Ana Graça Psicóloga Ana Graça

Mestre em Psicologia, pela Universidade do Minho, com a dissertação “A experiência de cuidar, estratégias de coping e autorrelato de saúde”. Especialização (Pós-Graduada) em Neuropsicologia Clínica, Intervenção Neuropsicológica e Neuropsicologia Geriátrica. Membro efetivo da Ordem dos Psicólogos Portugueses, com especialidade em Psicologia Clínica e da Saúde e Neuropsicologia. Para além da Psicologia é apaixonada por viagens, leitura, boa música, caminhadas ao ar livre e tudo o que proporcione felicidade!