Técnicas para congelar alimentos: conheça as melhores

As técnicas para congelar alimentos ajudam-nos a conseguir uma melhor congelação que privilegiam todas as características do alimento.

Técnicas para congelar alimentos: conheça as melhores
Saiba como deve congelar os alimentos e que técnicas utilizar.

Sabe tudo sobre o congelamento e as principais técnicas para congelar alimentos?

O congelamento é um método de preservação de alimentos bastante utilizado por todos. Hoje em dia é praticamente impensável não recorrer a esta prática para guardar alimentos frescos ou sobras de comida.

Este processo funciona a baixas temperaturas, o que vai impedir a proliferação de bactérias e outros microorganismos. Mas é preciso prestar atenção a alguns procedimentos para evitar a contaminação.

Técnicas para congelar alimentos


1. Como congelar Fruta

fruta técnicas para congelar alimentos

Troque uma caipirinha por uma ida ao ginásio
Treine no Solinca por apenas 3,99€ por semana e volte a ficar em forma. Aproveite já!

  1. Antes de colocar no congelador, todas as frutas devem ser limpas e todos os caroços devem ser retirados;
  2. Coloque nas porções que considere adequadas para a posterior utilização ser mais fácil;
  3. As frutas congeladas podem ser utilizadas em bolos, tortas, batidos, sumos e outras preparações culinárias.

2.  Como congelar Hortícolas

hortícolas técnicas para congelar alimentos

Antes de congelar este tipo de alimentos saiba que tem que branqueá-los.

Uma técnica chamada branqueamento, que tem como objetivo conservar as características do alimento (sabor, cor, textura) além de diminuir a atividade enzimática e a atividade bacteriana.

O branqueamento consiste em:

  1. Lavar corretamente os hortícolas, mergulhando-os em água quente durante poucos segundos;
  2. De seguida coloca-os em água fria o mesmo tempo, para que o cozimento seja travado.

3. Como congelar Carne/Peixe

carne técnicas para congelar alimentos

Todas as carnes e peixes  devem ser limpos antes de congelar. Todas as partes não comestíveis visíveis (como a gordura em excesso) devem ser retiradas previamente.

Outro fator importante neste ponto relaciona-se com a quantidade que coloca a congelar. O ideal é colocar a quantidade que pretende consumir, pois caso contrário não poderá voltar a congelar a carne ou peixe que não pretende utilizar.

4. Como congelar Alimentos confeccionados

alimentos confeccionados técnicas para congelar alimentos

Neste caso os alimentos deverão ser confeccionados com pouco tempero e o tempo de cozedura não deverá ser total, uma vez que os mesmos quando forem retirados do congelador terão que ser novamente cozinhados.

Convém ainda ter em atenção ao momento em que coloca estes alimentos no congelador.

  1. Antes de os colocar certifique-se que estão já frios;
  2. Se o alimento que pretende congelar estiver muito quente, o melhor será colocar num recipiente por cima de água e gelo.

5.  Como congelar Temperos

temperos técnicas para congelar alimentos

No caso dos alhos devem ser congelados descascados. Com as cebolas o procedimento é semelhante: deve descascá-las primeiro e coloca-las num saco de plástico com o mínimo de ar.

Todos os temperos verdes, normalmente em forma de ervas aromáticas, devem ser lavados, bem secos e guardados num recipiente de plástico com tampa e bem compactados.

Técnicas para congelar alimentos: Regras essenciais


técnicas para congelar alimentos regras essenciais

Para começar, pode congelar quase todos os alimentos, contudo, o mesmo não será eficaz se não forem congelados corretamente.

1. Verifique a temperatura

Verifique a temperatura antes de colocar os alimentos. O congelador deverá apresentar 18 graus negativos.

Tenha em atenção se os alimentos estão frios e deixe sempre espaço na prateleira, já que com a congelação vão ficar mais dilatados.

 2. Proteja sempre os alimentos

É fundamental que os alimentos estejam bem protegidos do frio. Se o saco de plástico próprio não conseguir cobrir o alimento, experimente enrolar primeiro em papel vegetal e de seguida em película aderente.

Desta forma vai evitar as queimaduras pelo frio, mais evidentes nas carnes.

3. Identifique os alimentos

Coloque etiquetas identificativas nos sacos com o nome do alimento e a data. Será mais fácil de saber do que se trata quando for descongelar.

Além disso, consegue saber há quanto tempo esse alimento se encontra no congelador.

4. Utilize os recipientes adequados

A utilização de recipientes adequados é fundamental. Não só previnem a contaminação das bactérias como asseguram a frescura e qualidade do alimento.

Além disso, protegem o alimento contra queimaduras pelo frio e não deixam que o alimento perca a sua textura.

Sacos próprios para congelamento são os recipientes mais indicados e por isso devem ser privilegiados, pois são os que evitam a contaminação.

Mas atenção que deve retirar o ar presente no mesmo e colocar uma etiqueta com o nome do alimento e a data.

O vidro não faz parte dos recipientes a serem utilizados, uma vez que podem estalar facilmente devido às baixas temperaturas a que são submetidos.

Troque uma saída à noite por uma ida ao ginásio. Inscreva-se já no Solinca por apenas 3,99€ por semana!

Veja também:

Ler mais