Soprar as velas de aniversário aumenta 14 vezes a quantidade de bactérias no bolo

Soprar as velas de aniversário faz parte dos nossos hábitos e cultura. Sabia que ao soprar as velas está a contaminar o bolo com bactérias? Explicamos tudo.

Soprar as velas de aniversário aumenta 14 vezes a quantidade de bactérias no bolo
Fique descansado, pode continuar a soprar as velas de aniversário.

Soprar as velas faz parte das tradições de aniversário. Este ato que nos parece tão inofensivo, esconde um segredo que pouca gente desconfia.

Um estudo recente descobriu que no simples ato de soprarmos as velas de aniversário, o número de bactérias presentes no bolo aumentar cerca de 14 vezes. Incrível, não é?

O estudo


estudo sobre as bacterias no bolo

A pesquisa foi realizada pelo investigador Paul Dawson e publicada no jornal científico Food Research em Maio deste ano.

Plano de Saúde Grátis
Cuide da sua saúde. Obtenha consultas de clínica geral, medicina dentária e especialidade médicas gratuitas.Peça aqui o seu plano grátis.

Neste estudo, foram analisadas diversas amostras de bolos de aniversário em que não foram sopradas quaisquer velas e bolos nos quais tinham sido sopradas velas.

Antes da realização da experiência, a equipa de investigadores comeu pizza, para aumentar a concentração de bactérias na boca, e também para simular o que poderá acontecer numa festa de aniversário.

Ao efetuar a análise das amostras, a equipa de investigação de Paul Dawson descobriu que os bolos sobre os quais tinham sido sopradas velas apresentavam 14 vezes mais bactérias do que os bolos em que não tinham sido sopradas quaisquer velas. Um facto interessante foi a quantidade de bactérias existentes no bolo, após soprar as velas, variar bastante de experiência para experiência. Em média, o acto de soprar as velas de aniversário do bolo, aumenta em 14 vezes a quantidade de bactérias existentes na parte de cima do mesmo.

Em alguns casos, a quantidade de bactérias existentes após o soprar das velas aumentou cerca de 120 vezes, mas noutros casos aumentou apenas 1 vez. O estudo indica que “algumas pessoas transferem uma enorme quantidade de bactérias para o bolo, aquando do soprar das velas, mas outras pessoas transferem muito poucas”.

As bactérias que ficam no bolo são prejudiciais?


bolo de aniversario com velas azuis

Apesar das conclusões deste estudo, não há motivos alarmantes para não comer uma fatia de bolo de aniversário, mesmo após terem sido sopradas as velas pelo aniversariante. O autor do estudo afirma que as festas de aniversário não devem ser “estragadas” pelas conclusões deste estudo pois, não existem motivos para ser lançado qualquer alarme.

As nossas bocas estão cheias de bactérias necessárias para o nosso organismo, mas que na realidade não são prejudiciais ou ameaçadoras para nós. Ainda assim, se a prática de soprar as velas aumentasse consideravelmente o alastramento de vírus e doenças já o saberíamos a esta altura, devido à prática ser tão comum em praticamente todo mundo.

Sistema anti-bactérias para bolos de aniversário


Desde a publicação do estudo foi desenvolvido um sistema no qual pode ser posto um bolo dentro duma caixa, tendo a mesma buracos próprios para a colocação das velas (buracos não abertos dum lado ao outro). Com este sistema será possível soprar as velas do bolo sem qualquer risco de aumentar o número de bactérias existentes no mesmo.

Aspetos sociais


festa de aniversario com amigos

Socialmente, na maioria do mundo, a prática de soprar as velas do bolo é um ato perfeitamente normal e aceite, ainda que possa haver uma pequena troca de bactérias do aniversariante com os demais. O facto de taparmos o bolo com um sistema próprio para soprar as velas, pode até mesmo ser ridicularizado na maioria das situações. Não esquecer que há actos onde é normal esta troca: beber do copo ou garrafa de outra pessoa, partilhar um cigarro ou mesmo dar um beijo na boca. Tudo depende do grau de intimidade existente com a pessoa em questão.

Em conclusão, apesar do facto do número de bactérias aumentar em média 14 vezes com o ato de soprar as velas, não é necessária qualquer intervenção ou interrupção do mesmo. As festas de aniversário podem continuar a decorrer normalmente, com o cantar dos parabéns e o soprar das velas por parte do aniversariante.

Cuide da sua saúde. Consiga aqui consultas de clínica geral, medicina dentária e especialidade médica gratuitas!

Veja também:

Ler mais
Isabel Silva Isabel Silva

Isabel Silva é enfermeira por paixão, licenciada pela Escola Superior de Enfermagem do Porto. Sempre quis seguir a área da saúde e acredita que a informação é uma ferramenta essencial para a saúde da população, e que cabe aos profissionais de saúde transmiti-la de forma relevante e fidedigna para que cada indivíduo seja capaz de tomar decisões importantes relativamente à sua saúde e ao seu bem-estar.