Sintomas da ansiedade: como identificar este problema

Os sintomas de ansiedade podem não ser só psicológicos mas também físicos, que afetam o dia-a-dia da pessoa. Cada indivíduo experiencia a doença de forma diferente.

Sintomas da ansiedade: como identificar este problema
Saiba os sinais a que deve estar atento.

Todas as pessoas sentem ansiedade em alguns momentos da sua vida. Esta situação é normal, mas para outras, torna-se mais frequente e intenso, afetando o seu dia-dia. Trata-se de uma doença mental que se caracteriza por um sentimento de insegurança, medo e nervosismo.

Os sintomas da ansiedade podem manifestar-se a nível físico, como o aparecimento de suores frios, tremores ou palpitações, ou a nível emocional como o medo ou a preocupação excessiva com algo que pode acontecer. Geralmente surgem vários sintomas ao mesmo tempo.

Este distúrbio mental pode fazer com que o indivíduo seja incapaz de realizar as tarefas do quotidiano. Assim, é fundamental aprender a controlar e tratar a ansiedade e se necessário, recorrer ao psiquiatra e ao psicólogo.

Este problema pode ser consequente a eventos traumáticos, conflitos, fracassos ou se surgir associada a outras doenças psiquiátricas, como a depressão, psicoses, etc. Pode também estar associada a doenças cardiovasculares ou respiratórias. Há alguns medicamentos, como as anfetaminas, que podem provocar distúrbios de ansiedade.

Sintomas da ansiedade


A ansiedade é despoletada pelo cérebro em determinadas situações. Funciona como um mecanismo inato de proteção contra situações desagradáveis ou que possam representar ameaça para o indivíduo. Os sintomas da ansiedade podem ser físicos ou psicológicos.

Sintomas físicos

sintomas da ansiedade fisicos

Plano de Saúde Grátis
Cuide da sua saúde. Obtenha consultas de clínica geral, medicina dentária e especialidade médicas gratuitas.Peça aqui o seu plano grátis.

  • Náuseas e vómitos;
  • Falta de ar ou respiração ofegante;
  • Dor ou aperto no peito;
  • Palpitações;
  • Dor de barriga;
  • Diarreia;
  • Tremores;
  • Tensão muscular;
  • Sudação;
  • Rubor;
  • Palidez;
  • Dores abdominais;
  • Irritabilidade;
  • Insónia;
  • Sensação de cansaço;
  • Incapacidade para se distrair;
  • Dor no pescoço e ombro, dormência na face ou na cabeça;
  • Rápido esvaziamento gástrico;
  • Indigestão, azia, constipação intestinal ou diarreia;
  • Sintomas de infecção do trato urinário;
  • Erupções cutâneas;
  • Fraqueza nos braços e formigueiro nas mãos ou pés;
  • Boca seca;
  • Nó na garganta e dificuldade para engolir;
  • Visão distorcida;
  • Problemas hormonais;
  • Dor nos olhos e espasmos.

Sintomas psicológicos

sintomas da ansiedade psicologicos

  • Nervosismo;
  • Dificuldade de concentração;
  • Preocupação;
  • Medo constante;
  • Sensação de que algo de mal vai acontecer;
  • Descontrolo sobre os próprios pensamentos;
  • Preocupação exagerada em relação à realidade;
  • Medo de morrer ou perder o controle;
  • Aumento da depressão e sentimentos suicidas;
  • Agressividade;
  • Agitação;
  • Agorafobia;
  • Hiperatividade;
  • Alucinações;
  • Despersonalização.

 

Diagnóstico


diagnostico sintomas da ansiedade

Em primeiro lugar, é fundamental perceber o que despoletou a ansiedade. Pode ser relacionado com outras doenças, como respiratórias ou cardíacas, ou ser de origem mental.

O profissional de saúde tentará perceber então qual foi o motivo que causou a ansiedade. A recolha de dados para diagnóstico é feita através de conversas com o indivíduo e do seu histórico clínico.

A maior parte dos profissionais de saúde baseiam-se em determinados sintomas como critérios de diagnótico:

  • Ansiedade ou preocupação exagerada a maior parte dos dias e persistir durante pelo menos 6 meses;
  • Preocupação difícil de controlar e bastante abrangente;
  • Associação dos 2 sintomas anteriores com pelo menos 3 dos sintomas a seguir:
    • Inquietação;
    • Fadiga e sensação de cansaço;
    • Dificuldade de concentração ou problemas de memória;
    • Irritabilidade;
    • Tensão muscular;
    • Distúrbios no sono.
  • Os sintomas anteriores causam sofrimento ou comprometimento significante em áreas funcionais importantes (social, ocupacional, entre outros).

 

Complicações


complicacoes sintomas da ansiedade

Uma ansiedade não tratada pode provocar uma depressão. A depressão, por si só, pode levar à ocorrência de crises de ansiedade.

O indivíduo ansiosa poderá tentar tratar os sintomas da ansiedade através do abuso de substâncias (álcool, tabaco, drogas, medicamentos). Inicialmente, estas substâncias poderão dar a sensação de bem-estar devido ao seu efeito relaxante. Contudo, o abuso destas substâncias leva à dependência das mesmas e consequentemente ao aumento da ansiedade.

Caso os sintomas da ansiedade não sejam tratados e controlados, o indivíduo pode ser levado a cometer suicídio.

Cuide da sua saúde. Consiga aqui consultas de clínica geral, medicina dentária e especialidade médica gratuitas!

Veja também:

Ler mais
Isabel Silva Isabel Silva

Isabel Silva é enfermeira por paixão, licenciada pela Escola Superior de Enfermagem do Porto. Sempre quis seguir a área da saúde e acredita que a informação é uma ferramenta essencial para a saúde da população, e que cabe aos profissionais de saúde transmiti-la de forma relevante e fidedigna para que cada indivíduo seja capaz de tomar decisões importantes relativamente à sua saúde e ao seu bem-estar.