Síndrome do intestino irritável: o que precisa saber

Síndrome do intestino irritável: o que precisa saber

As causas, os sintomas e o tratamento.

Quando se trata da síndrome do intestino irritável conhecer a doença é fundamental para evitar crises agudas. 

A síndrome do intestino irritável é uma perturbação do tubo digestivo, que resulta em diversas alterações no ritmo intestinal, muitas vezes, acompanhadas de dor aguda.

A doença não tem cura mas as crises podem ser prevenidas pela adoção de hábitos saudáveis e métodos para reduzir os sintomas como, por exemplo, evitar picos de ansiedade e stress.




 

Quais são as causas da síndrome do intestino irritável?


Proteja a sua saúde!
Receba conteúdos exclusivos e habilite-se a um check-up completo. Registe-se já!


Ao contrário do que à primeira vista pode parecer, esta é uma síndrome com origem essencialmente nervosa.

No entanto, as causas não bem claras e admite-se que seja uma combinação de problemas mentais e físicos. Entre as causas possíveis, destacam-se:
 
  • Alterações da sinalização entre o cérebro e intestino
  • Alterações da mobilidade gastrintestinal
  • Alterações nos níveis de neurotransmissores
  • Ansiedade
  • Ataques de pânico
  • Bulimia
  • Depressão
  • Fatores genéticos 
  • Fadiga crónica
  • Gastrenterite bacteriana
  • Hipersensibilidade intestinal
  • Excesso de bactérias no intestino delgado
  • Sensibilidade a alguns alimentos
  • Stress pós-traumático
 

Quais são os sintomas da síndrome do intestino irritável?


Na maioria dos casos de síndrome do intestino irritável, os doentes apresentam vários sintomas durante longos períodos de tempo. Estes sintomas costumam ser agravados em períodos de mais stress ou ansiedade.
 
  • Dores abdominais (alívio após a defecação)
  • Distensão abdominal
  • Gases
  • Náuseas 
  • Obstipação
  • Diarreia
  • Fezes inconsistentes
  • Ardor no estômago (após as refeições)
  • Mucosidade nas fezes
 

Como é feito o diagnóstico da síndrome do intestino irritável?


Se o doente sobre de dor ou desconforto abdominal, pelo menos, três vezes por mês, nos últimos três meses, sem que exista outro factor que possa causar estes sintomas, será, em princípio, considerado  síndrome do intestino irritável. Só são realizados exames de diagnóstico se for necessário excluir outras patologias.

Nesse caso, pode ser solicitado pelo seu médico análises ao sangue, estudo das fezes ou uma colonoscopia.
 


Como se trata a síndrome do intestino irritável?


A síndrome do intestino irritável é uma doença crónica e não tem cura. Os sintomas podem ser minorados com a adoção de uma alimentação específica, exercício físico diário, o consumo de probióticos, adotar técnicas de relaxamento e o acompanhamento psicológico quando for caso disso.

Os portadores da síndrome do intestino irritável devem:
 
  • Fazer refeições pequenas e mais frequentes
  • Preferir alimentos pobres em gordura e ricos em hidratos de carbono, como: massas, arroz, cereais, vegetais e frutas
  • Evitar leite e derivados, álcool, café e adoçantes
  • Eliminar o tabaco e outras substâncias nocivas
  • Evitar alimentos que provoquem gases, como feijão ou couves
  • Consumir alimentos ricos em fibra com moderação
  • Consumir probióticos
  • Pode ser necessária a administração de medicamentos, como laxantes e antidiarreicos, antidepressivos ou ansiolíticos.

Se experimentou alguns dos sintomas acima e suspeita sofrer da síndrome do instestino irritável, contacte já o seu médico para que este lhe possa indicar o tratamento mais apropriado ao seu caso.

 
 

Veja também: