Estar sentado: Saiba que riscos traz para a sua saúde

Estar sentado: Saiba que riscos traz para a sua saúde

Benefícios de exercício físico são anulados pelas horas excessivas que passa sentado

Estar sentado: estudo revela que por cada hora que cada pessoa passa sentada, a sua expetativa de vida é reduzida em 21 minutos.

A conclusão é da Universidade de Queensland, na Austrália, publicada no British Journal of Sports Medicine: a cada hora que o ser humano tem que estar sentado, a sua espetativa de vida reduz-se em 21 minutos.

Para perceber o quão grave é este efeito façamos uma comparação: um fumador vê a sua espetativa de vida reduzida em 10 minutos por cada cigarro que fuma. 

Além disso, uma investigação conduzida pela University of Texas Southwestern Medical Center, EUA, permitiu concluir que por cada hora que passamos sentados são eliminados 8% dos benefícios para a saúde que ganhámos em 60 minutos de corrida, ou outro tipo de exercício físico da mesma categoria.

Em termos práticos, isto significa que se correr durante 60 minutos de manhã e depois estiver sentado durante dez horas vai perder cerca de 80% dos benefícios que obteve com a corrida. Para piorar, se se tratar de uma atividade física de intensidade moderada, esta percentagem sobe para 16%. 
 

6 riscos que enfrenta por estar sentado muitas horas


Proteja a sua saúde!
Receba conteúdos exclusivos e habilite-se a um check-up completo. Registe-se já!


1. Aumento da mortalidade

De acordo com o professor Peter Katzmarzyk, do Canadá, ficar sentado por longas horas diminui a expectativa de vida. O risco de morrer aumenta 50 vezes entre aqueles que passam demasiado tempo sentados.
 


2. Aumento de peso

Quanto mais tempo um indivíduo passa sentado, maior será o seu IMC - Índice de Massa Corporal. Além disso, ao estar sentado muitas horas corre ainda o risco de desenvolvimento de obesidade e aumento do perímetro abdominal.
 


3. Fertilidade diminuída no sexo masculino

Passar muito tempo sentado reduz a concentração de esperma, o que pode afetar até cerca de 30% da fertilidade, caso não se levante de vez em quando.
 


4. Problemas de coluna

Quando nos sentamos, geralmente distribuímos o peso do corpo de maneira errada, não respeitando as curvaturas naturais da coluna vertebral. Com esta má postura, aumentamos a pressão entre os discos, o que causa dores nas costas. Em alguns casos, o ser humano pode mesmo desenvolver hérnias discais.
 


5. Circulação sanguínea afetada

Estar sentado durante muito tempo atrapalha a circulação sanguínea e linfática, o que poderá provocar inchaços nas pernas, dores e varizes.
 


6. Desenvolvimento de doenças

Demasiado tempo sentado, pode também potenciar o aumento dos triglicerídeos, da pressão arterial e diabetes

 

6 dicas para combater os efeitos de estar sentado


Quer receber um plano de treinos?
Obtenha já o seu plano de treinos personalizado e atinja os seus objectivos! Fale com o nosso personal trainer e receba o seu plano de treinos.

Mas ainda vai a tempo de corrigir este comportamento. Dizemos-lhe como:
 

1. Faça pequenos alongamentos

A cada 20 minutos levante-se, estique os braços e as pernas, role o pescoço e os ombros. Exercícios de respiração profunda também são recomendados para quem tem que estar sentado durante muitas horas seguidas.
 


2. Mude de posição

Enquanto estiver sentado mude de posição com regularidade, para potenciar a estimulação muscular. 
 


3. Desloque-se pelo escritório

Quando tiver de usar o telemóvel, por que não aproveita para caminhar pelo escritório? Tenha apenas cuidado com o volume da conversa para não perturbar os colegas de trabalho.
 


4. Opte pelas escadas e deixe o elevador

Se sair para almoçar utilize as escadas em vez do elevador. Caminhe um pouco durante a hora de almoço também. Esta é uma ótima oportunidade para se exercitar. Além disso, se trabalha ou vive num edifício com muitos andares, sugerimos que use o elevador por dois ou três pisos e faça o resto do trajeto pelas escadas.
 


5. Pratique exercício físico regularmente

Uma investigação apresentada no American College of Sports Medicine, em 2013, apurou que as pessoas são cerca de 30% menos ativas, em termos globais, nos dias em que não praticaram exercício físico. Tente contrariar esta tendência!
 


6. Caminhe sempre que puder

Quando chegar a casa, todos os dias, deverá ter caminhado 10 000 passos - adquira um pedómetro e tente atingir este objetivo. Estamos demasiado habituados ao uso do automóvel, por isso, sempre que puder, deixe o carro em casa e vá a pé. Assim, beneficia a saúde e evita o stress do trânsito.
 

A ausência de exercício físico reduz a expectativa de vida, acelera o envelhecimento, enfraquece os músculos e aumenta a incidência de doenças nos ossos. Por isso, faça mais por si mesmo e pela sua saúde. 

 
Receba aqui o seu plano de treinos!
 

Veja também: