Quinoa: o grão de ouro

Quinoa: o grão de ouro

Inclua esta semente com super poderes na sua alimentação.

Rica em vitaminas e minerais, a quinoa é um alimento com elevado valor nutricional. Saiba mais sobre o grão que ganhou fama de ser um superalimento.

Consumida pelos Incas, há mais de 8 mil anos, a quinoa era o alimento principal do povo das montanhas. Foi sempre muito usada em países sul-americanos como a Bolívia, o Chile ou o Peru e, de há alguns anos para cá, tendo vindo a conquistar muitas pessoas na europa.

Este grão cultivado na Bolívia, Peru e Chile é reconhecido pelo seu alto poder nutritivo, tanto que já foi apelidado de superalimento ou de “grão de ouro”.

Com a capacidade de se adaptar a diversos climas, desde temperaturas negativas a calor tórrido, bem como a diferentes solos, a quinoa está a ser introduzida em vários pontos do planeta, sobretudo em regiões com condições agrícolas áridas e altas taxas de malnutrição, onde a fome continua a matar.

Superalimento, porquê?


A Organização Mundial de Saúde considera a quinoa o “alimento perfeito” devido à sua excelente qualidade nutricional. Sendo um alimento de alto valor biólogo, este grão possui todos os aminoácidos essenciais que o nosso corpo precisa para funcionar corretamente.
 
Obtenha um Plano Alimentar Personalizado
Perca peso de forma saudável e não o volte a ganhar! Fale já com a nutricionista online!

Apesar de pertencer ao grupo dos cereais, a quinoa destaca-se pelo seu conteúdo equilibrado em proteínas.

Possui um elevado teor de ácidos gordos ómega-3 e ómega-6, bem como de vitaminas A, C e E, conhecidas pelas suas propriedades antioxidantes, essenciais na prevenção e no tratamento de doenças cardiovasculares e vários tipos de cancro.



Uma opção saudável


Para além das propriedades já mencionadas, a quinoa é também uma boa fonte de gorduras polinsaturadas, minerais e fibra, sendo ideal no combate à obesidade. O seu poder de saciedade é superior ao do arroz e do trigo, no entanto, é necessário ter cuidado pois trata-se de um alimento calórico.

Cada 100 gramas de quinoa correspondem em média a 350 calorias, pelo que deve ser consumida de forma controlada. 

À semelhança dos cereais, a quinoa fornece ainda um bom aporte de hidratos de carbono. Fonte de vitaminas e minerais, a introdução do “grão de ouro” na alimentação tem uma importância que não deve negligenciar. Como é um alimento isento de glúten (proteína encontrada no trigo ao qual muitas pessoas são alérgicas), pode ser consumido por celíacos ou intolerantes ao glúten.

É também um ótimo alimento para desportistas devido ao alto valor de hidratos de carbono (amido), o principal substrato energético utilizado na prática desportiva, e aos aminoácidos essenciais que são muito importantes para o sistema imunológico, formação de músculos e na recuperação das fibras musculares. 



Outros benefícios


Mas as vantagens no seu consumo, não ficam por aqui. Aos benefícios já enumerados juntam-se ainda outros, como:

 
  • Ajuda a prevenir doenças oncológicas e cardíacas, a osteoporose e outras alterações decorrentes da menopausa ou da carência de estrogénio;
     
  • Ajuda no combate a anemias, problemas urinários e doenças hepáticas;
     
  • Fortalece o sistema imunitário;
     
  • Ajuda a regularizar o sistema cardiovascular;
     
  • Auxilia na cicatrização e regeneração de tecidos;
     
  • Indicada para casos de obstipação, devido à elevada quantidade de fibras;
     
  • Além de ser de fácil digestão, contém baixos índices de colesterol e de gordura;
     
  • Ideal para quem quer emagrecer, prolongando a sensação de saciedade.



Versátil, diversificada e saborosa



Nos últimos anos, a quinoa tem vindo a ganhar popularidade não só por ser uma excelente alternativa para os doentes celíacos ou intolerantes ao glúten, como também pela versatilidade na sua utilização na cozinha. 

Disponível sob a forma de grão, farinha, massa e cereal, esta é uma semente da qual se conhecem mais de oito mil variedades. De sabor suave a noz e uma textura fofa, leve e macia, semelhante à do cuscuz, a sua cor varia do branco ao preto, passando pelo vermelho e pelo castanho.  

No entanto, as variedades branca, vermelha e preta são as mais cultivadas e comercializadas.



Como consumi-la?


A quinoa tem um sabor muito suave e, por isso, é fácil de introduzir na alimentação de adultos e crianças, podendo ser incorporada em saladas, sopas ou como acompanhamento da refeição principal e ainda utilizada como farinha para confeção de pão, bolachas, tostas ou massas.

É um alimento que está presente tanto num prato principal como pode fazer parte de uma sobremesa, adaptando-se a quase todo o tipo de alimentos. É, por exemplo, um ótimo substituto do arroz ou um cereal para acrescentar quando consome leite, iogurtes ou batidos. 

A quinoa pode ser ingerida e cozinhada de variadas formas. Antes de a confecionar, deve lavar bem as sementes para remover qualquer resíduo  de resina natural que permaneça. O ideal é torrar as sementes numa frigideira seca, durante cinco minutos para torná-las mais saborosas. Depois, é só confecionar, como se de outro cereal se tratasse.
 
Se precisa de algumas ideias sobre como cozinhá-la veja as nossas sugestões aqui.

Este alimento pode ser adquirido tanto em lojas de produtos naturais como em lojas gourmet e até mesmo nos hipermercados.
 
Obtenha aqui um plano alimentar personalizado !
 

Veja também: